Foram mais de seis anos de trabalho, mas a organização PCI-SIG finalmente concluiu as especificações do PCI Express 4.0. Na prática, teremos aquilo que a gente sempre espera de uma atualização desse tipo: mais largura de banda. Para você ter ideia, uma placa de vídeo no novo padrão terá velocidade de até 64 GB/s (gigabytes por segundo).

Placa-mãe com PCI Express

Estamos falando do dobro da capacidade do PCI Express 3.0, cujas especificações foram finalizadas em 2010 e servem como padrão da indústria até hoje. Chama atenção o fato de a versão 3.0 ter surgido quatro anos depois da 2.0 e as especificações 4.0 terem precisado de sete anos. O intervalo maior, de acordo com a PCI-SIG, é efeito principalmente das dificuldades técnicas para proporcionar o dobro de largura de banda e compatibilidade com as versões anteriores.

Mas agora está tudo ok. O PCI Express 4.0 traz, como prometido, aproximadamente 2 GB/s de largura de banda por linha (x1). Isso significa que dispositivos x16 podem alcançar taxa máxima teórica de 32 GB/s em cada direção. Como o padrão trabalha em modo full duplex (recebe e envia dados ao mesmo tempo), chegamos à taxa de 64 GB/s.

PCI Express 5.0Provavelmente teremos placas de vídeo tirando proveito de todo esse potencial. Mas convém ressaltar que há cada vez mais dispositivos de armazenamento de alta performance trabalhando com PCI Express. É o caso, por exemplo, da recém-lançada linha Optane SSD 900P, da Intel, que tem opções com PCI Express 3.0. SSDs e afins deverão ser os mais beneficiados com o novo padrão, portanto.

Não vai parar por aí. Como mostra o slide acima, a próxima grande atualização não deve seguir o extenso intervalo de lançamento do PCI Express 4.0. A PCI-SIG quer publicar as especificações finais do PCI Express 5.0 já em 2019. A promessa é a de que padrão chegue à largura máxima de 128 GB/s.

Com informações: ExtremeTech, Guru3D

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Joaopolemico

Melhor esperar o 5.0 do que pegar esse 4.0

LekyChan
SSDs e placas de rede Gb
ochateador
Uma vez li um artigo que dizia que mesmo você abusando das placas de vídeos mais recentes/poderosas elas não conseguiam usar toda a banda fornecida pelo padrão PCI Express 2....
ochateador
Alguma placa de vídeo realmente consegue utilizar toda a abanda da PCI Express 3 ? Ou algum outro componente consegue ?
João

Opa, assim sim. Queria ver uma evolução nas placas gráficas como foram com os SSDs.

Joaomanoel
Opa, assim sim. Queria ver uma evolução nas placas gráficas como foram com os SSDs.
Shrueak

Para que venda-se mais, o usuário tenha mais opções.
Um produto velho geralmente barateira diante da chegada do novo.

Arthur Estevam
Para que venda-se mais, o usuário tenha mais opções. Um produto velho geralmente barateira diante da chegada do novo.
VolksW4GNER

Hoje, zero.

Vinicius Wagner
Hoje, zero.
Denyse
Isso é só p/ mudar o slot e obrigar a trocar tudo. No papel é as mil maravilhas, mas se olhar os benchmarks de PCI-e, tem 1 ou 2 frames de diferença. E o mais bizarro é que dependendo da aplicação tem até pci-e 1.0 se saindo melhor...
leoleonardo85
Para Placa de vídeo qual a diferença que isso faz?
Trovalds
Pode ser que o padrão de fato nem chegue ao consumidor final. E até chegar ao mercado vão-se aí uns 2 ou 3 anos.
Trovalds
Os SSDs PCIe usam a totalidade da largura da banda. Pra esses é bastante interessante uma largura de banda maior. E está pra sair (se não saiu) as interfaces de rede cabeada 100GBps, que não são realidade porque a largura de banda do PCIe 3.0 não é suficiente pra trafegar toda a totalidade de dados que o padrão vai ter.
João

Será usado lá pra GTX 9080, né? Até hoje a versão 3.0 mal tem seu potencial usado.

Exibir mais comentários