Início » Carros » Elon Musk mostra túnel subterrâneo para transportar carros a até 200 km/h

Elon Musk mostra túnel subterrâneo para transportar carros a até 200 km/h

Por
37 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

No final do ano passado, quando Elon Musk disse que iria construir túneis subterrâneos para resolver congestionamentos, isso parecia uma brincadeira. Agora, o bilionário está mostrando seu túnel de testes em Los Angeles — e este é apenas o começo.

Falamos por aqui sobre o objetivo da Boring Company: basicamente criar um sistema rápido de metrô para carros, transportando-os em trenós elétricos a até 200 km/h.

A empresa adquiriu uma tuneladora (também conhecida como tatuzão) e começou a escavar no estacionamento da sede da SpaceX em Hawthorne, Califórnia. Em agosto, ela obteve uma licença para construir um túnel de testes em Los Angeles com 3 km de extensão.

No sábado (28), Musk compartilhou a primeira imagem de seu túnel subterrâneo em LA. Ele tem 150 m de extensão e está equipado com trilhos e outros equipamentos.

O empresário avisa no Twitter que o túnel deve atingir 3 km de extensão “em três a quatro meses”. Este será o trajeto:

O objetivo é conectar a rodovia interestadual 405 ao aeroporto internacional de Los Angeles, e depois chegar até a rodovia 101 em cerca de um ano. Como nota o Electrek, isso envolve escavar mais de 20 km, o que é bastante.

A ideia é criar uma rede de túneis embaixo da cidade, usando um elevador para levar os carros até os trilhos elétricos, e então transportá-los a até 200 km/h para seu destino. E graças a vagões especiais, o sistema também poderia levar pessoas e bicicletas.

Não é tarefa fácil obter aprovação de órgãos regulatórios, ou conseguir bilhões de dólares em financiamento para tirar esse projeto do papel. Ainda assim, a Boring Company está avançando: ela obteve autorização para construir um túnel de 16 km no estado americano de Maryland. Ele fará parte do hyperloop para transportar pessoas entre Nova York e Washington, D.C.

Com informações: Electrek, The Next Web, Mashable.