Início » Comportamento Web » O Facebook jura que não usa o microfone do seu celular para direcionar anúncios

O Facebook jura que não usa o microfone do seu celular para direcionar anúncios

Por
30/10/2017 às 10h49
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Facebook usa o microfone do seu celular para espionar suas conversas? Há quem acredite que sim. É estranho notar que, após conversar sobre determinado assunto, começam a aparecer anúncios relacionados no seu feed — mesmo que você não tenha pesquisado nada a respeito.

PJ Vogt, apresentador do podcast Reply All, reuniu uma série de histórias para seu episódio mais recente, sobre anúncios que apareceram no feed após determinados assuntos serem discutidos verbalmente.

Então, o vice-presidente de marketing Rob Goldman respondeu no Twitter: “eu cuido de produtos publicitários no Facebook. Nós não usamos — e nunca usamos antes — seu microfone para anúncios. Simplesmente não é verdade”.

Foto por Oliver Graumnitz/Pixabay

No ano passado, aconteceu algo semelhante. Kelli Burns, professora na Universidade do Sul da Flórida, fez um experimento: ela falou sobre alguns assuntos específicos próxima ao smartphone, e depois encontrou anúncios relacionados em seu feed do Facebook.

Na época, a rede social emitiu o seguinte comunicado:

O Facebook não usa o microfone do seu celular para direcionar anúncios, nem para alterar o que você vê no Feed de Notícias… Mostramos anúncios com base nos interesses das pessoas e em outras informações de perfil — não no que você está falando em voz alta.

Nós só acessamos seu microfone se você deu essa permissão para nosso aplicativo, e se você estiver usando ativamente um recurso específico que requer áudio, como gravar um vídeo.

Ainda assim, as pessoas não acreditam na rede social e acham que estão sendo espionadas pelo microfone.

O músico Bipul Lama disse este mês ao Mashable que fez um teste: passou dois dias falando sobre Kit-Kats e, no dia seguinte, só via anúncios do chocolate nos feeds do Instagram e Facebook. Segundo ele, o experimento foi repetido com sucesso ao falar sobre o desinfetante Lysol.

No YouTube, o usuário Neville Black explica que falou, durante uma hora, sobre ração para gatos com o iPhone da esposa nas proximidades. “Dois dias depois, o Facebook começou a exibir propagandas para comida de gato”.

Viés cognitivo?

Por que é tão difícil acreditar que o Facebook não está espionando a gente através do microfone? Isso pode ser culpa do fenômeno de Baader-Meinhof, também conhecido como ilusão de frequência.

O cérebro humano é especialista em reconhecer padrões; ou seja, ele lembra mais fortemente quando uma informação aparece mais de uma vez, em um curto espaço de tempo — por exemplo, quando um assunto discutido verbalmente aparece no Facebook.

Para fazer isso, a mente precisa ignorar tudo o que não é repetido, ou que não se encaixa no padrão — por exemplo, todos os assuntos que você discute verbalmente e que não correspondem aos anúncios do Facebook. Isso é descartado como informação irrelevante.

O professor de matemática David Hand, da Imperial College London, explica à BBC: “quando ocorre uma aparente coincidência, pensamos que deve haver uma explicação, que não pode ser acidental. Mas há muitas oportunidades para que essa coincidência ocorra. Se você tomar algo que tem uma pequena chance de ocorrer e lhe dar oportunidades suficientes, ela inevitavelmente vai acontecer”.

Há outro aspecto importante: “a forma como interagimos com outras pessoas no dia-a-dia é muito semelhante ao que fazemos online”, diz a pesquisadora Brandie Nonnecke, da Universidade da Califórnia em Berkeley, ao Mashable.

Mesmo sem perceber, nós indicamos determinados interesses ao navegar na internet. “Se eu estou discutindo com meu marido sobre ter um filho e vejo coisas no Facebook sobre crianças, é provável que eu esteja procurando outros assuntos que também indicam que estou tentando engravidar”, explica Nonnecke.

Além disso, há algo de invasivo no Facebook, na forma como ele consegue detectar nossas preferências e sugerir amigos com relativa precisão. Como os usuários não sabem os detalhes desse processo, eles sempre assumem o pior.

“As empresas estudam de perto seus usuários e não há transparência nesse processo, então eles assumem outras correlações — que na verdade são coincidências”, diz Ryan Calo, Universidade de Washington, ao Mashable.

Se você acredita que o Facebook está usando seu microfone a todo momento, é possível impedir isso. No iOS, siga o caminho Ajustes > Facebook > Configurações e desligue a permissão Microfone. No Android (Marshmallow 6.0 ou superior), vá em Configurar > Aplicativos > Facebook > Permissões e desative a opção Microfone.

Ou, é claro, você pode tentar evitar o Facebook caso essa onisciência pareça assustadora demais. Infelizmente, essa não é uma tarefa fácil: a rede social reúne quase dois bilhões de usuários, e é dona do Instagram e do WhatsApp.

Com informações: The Next Web, Mashable.

Mais sobre: ,
  • Trovalds

    Quem chega a esse nível de paranoia não pode é ter rede social. Povo reclama de questões de privacidade mas tá lá postando foto de família em grupo de whats, no face e por aí vai…

    • Eduardo Ferreira

      Tópico encerrado. PRÓXIMO!!!

    • Aiman Jalil Sarraf

      Como uma foto compartilhada publicamente pode se equiparar com alguém ouvindo uma conversa privada no quesito privacidade?

      • Trovalds

        Posse de informação. Independente de ser voz, imagem, vídeo. A partir do momento que vai pro facebook (ou qualquer rede social, mensageiro, etc) você de cara já abre mão do direito sobre o conteúdo.

        • Marsupial radical

          Mas aí tu tá misturando as coisas. Ninguém tá gravando conversas privadas e postando no facebook.

          • Trovalds

            Vai lá e dá uma lida nos contratos do Facebook, Instagram e Whatsapp. Não há nada explícito sobre como eles tratam as informações trafegadas. Eles afirmam que há criptografia no whatsapp e só.

          • Marsupial radical

            Isso serve pra fotos, audios, vídeos, enviados explicitamente pelo usuário através dos apps deles. Aí sim, pra esses tu vai no contrato e olha o que tu aceitou que eles fizessem com os dados.

            Agora, isso não tem nada a ver com dar permissão pro app ficar monitorando teu microfone 24h, sem consentimento do usuário.

          • Trovalds

            Como eu disse: não tem nada explícito. Se o app pede permissão pra usar o microfone e você dá, eles usam do jeito que bem entenderem. Se tem como bloquear, então faça. É simples.

          • Marsupial radical

            Cara… a questão é exatamente essa. Invasão de privacidade, sem explicitar em lugar nenhum. Se na permissão do microfone ou contrato ou sei lá o quê, não disser que isso será feito, OU SEJA, sem o usuário concordar com isso, é crime por parte deles.

        • Aiman Jalil Sarraf

          A questão é que você esta PUBLICANDO a foto, por outro lado, sua conversa esta sendo gravada de forma INDEVIDA, SEM CONSENTIMENTO EXPLICITO do usuário.

          Eles pedem autorização para utilizar o microfone? Sim, o usuário aceita pois acredita, e acredito eu, estar descrito nos termos (caso não estivesse alguém já teria exposto), que é para a utilização das funções de comunicação por voz ou vídeo entre os usuários através da rede social, não que o aplicativo vai transcrever tudo que passar pelo seu microfone 24/7. Isso é irreal.

      • Jose X.

        exato

        e dado o nível de litigiosidade (se é que essa palavra existe) nos EUA não duvido que comecem a abrir processos contra o FB, com chances razoáveis de vitória

  • André G

    CUMBUCA!

    • Laercio

      Que horas CUMBUCA! são?

    • CUMBUCAGATE É REAL!!! SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER!!!!!

    • Que coisa, cumbuca, não?

    • Benício Pereira

      CUMBUCAGATE I BELIEVE

    • Juan Lourenço

      CUMBUCA!

    • Essa matéria merece ser citado o CumbucaGate e ter link para o podcast do B9

    • zoiuduu .

      o que é cumbuca?

    • Senti falta da Cumbuca citação ao Cumbuca Braincast

  • Kick

    Sinceramente, se eu falo sobre alguma coisa de meu interesse, e aparece depois um anúncio relacionado a tal coisa, eu não me importaria. Obviamente não passando desse nível de “espionagem”, não vejo problemas tão absurdos assim.

    • Marsupial radical

      O problema é isso estar lá, e negarem que está. Estar lá e ninguém saber como funciona. Estar lá, e por causa disso poder ser utilizado pra mais do que simplesmente espionar teus interesses…

  • Ano passado fiz uma viagem de carro de João Pessoa/PB para Porto Nacional/TO, e nas conversas com minha esposa durante a viagem brincávamos quantos Corollas tinham no percurso, e o destaque para a grande quantidade de Corollas brancos. Quando cheguei em casa (João Pessoa), na primeira tronada, o FB estava repleto de publicidade de Corollas, e a cor do carro no anúncio era a branca. Nunca pesquisa sobre esse veículo.

    • Cássio Amaral

      Besteira, é “viés cognitivo”, disseram eles. Vários relatos afirmando o contrário, mas é só paranóia.

      • Abraão Caldas

        Relato != evidência.

        Agora, se alguém fizer um experimento, ai já é outra história.

        • Cássio Amaral

          Não é a primeira vez que leio sobre essa suposta invasão de privacidade de quem usa comandos de voz, acho que foi no Ars Technica que li relatos de publicidade sendo exibida anunciando os mesmos tipos de produtos mencionados nas conversas.

          Concordo que o ideal seria fazer um experimento com rigor e de maneira controlada, mas até lá, prefiro acreditar que os relatos sejam verídicos. Até porque tais relatos, se verdadeiros, não deixam de serem experimentos também, mesmo que de maneira informal.

          • Abraão Caldas

            O problema é que esses relatos são complicados, explico, primeiro que a pessoa não lembra de tudo que ela faz, você lembra te tudo que pesquisou no último mês sem recorrer ao histórico, provavelmente não.
            Além disso se um amigo seu pesquisa algo e vocês são amigos no facebook, ele poderia recomendar a mesma coisa para você se vocês tiverem um certo nível de afinidade (suposição minha!).
            Ouvir o microfone é muito perigoso para eles, se alguém monitora o trafego que o app manda para os servidores e alguém pega alguma coisa ia ser uma bomba nuclear caindo na sede do facebook no segundo seguinte.

  • Rafael

    Mas concordo com os relatos da matéria. O facebook realmente usa o microfone para enviar publicidade. Outro dia na faculdade comentei com um colega sobre excel, em fazer cursos, e 10 minutos depois apareceu um anúncio patrocinado no meu feed sobre cursos de excel.

  • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    E quem desgraças acreditaria em alguma coisa que o suckerberg fala?

  • Infelizmente quando optamos por ter redes sociais, e aplicativos dessas redes sociais, não temos como fugir das permissões! Quem não deve, não teme!

  • Diogo

    Sinceramente, nesse caso eu dou a razão pro Facebook e acho que é mais provável que seja coincidência, ou essa tal de ilusão de frequência. Principalmente porque em redes sociais nós estamos bem mais suscetíveis a propagandas (e de forma dinâmica) do que em outras mídias.

    • John Smith

      Eu já não consigo acreditar na história do Facebook. Não existe “ilusão de frequência” dependendo do caso: por exemplo, eu nunca pesquisei na minha vida sobre detergente de cozinha na internet nem recebi anúncios sobre isso. Se eu começar a falar sobre uma marca X repetidamente perto do meu celular e os anúncios começarem a aparecer em curto prazo, terá sido realmente uma coincidência?

      • A questão é, você olha para TODOS os anúncios que aparecem pra você com atenção, ou so da atenção de verdade (e por conseguinte lembra deles) pra alguns anúncios que te interessam ou chama atenção?

        • Se são tantos anúncios assim, a ponto dele não conseguir prestar atenção a todos, não seria muita coincidência justo o anúncio de detergente aparecer logo depois dele falar sobre isso?

          • Mas seria o caso de que agora ele esta mais atento a esse anúncio (conscientemente ou não). Pelo menos é essa a teoria. O cérebro filtra esse tipo de coisa. Um exemplo: eu uso adblock em quase tudo, mas alguns poucos sites eu tenho liberado. Quando eu comecei a assistir Deuses Americanos (na Amazon Prime) eu comecei a perceber anúncio sobre a série em tudo quanto é canto (e olha que eram poucos sites)… talvez porque, claro, foi na mesma época. Mas o ponto é, antes eu nem sequer prestava atenção e agora que era de meu interesse eu percebi.

          • Não adianta ele estar atento e o anúncio não aparecer. Se fosse um daqueles anúncios que são onipresentes na internet, como o 99 ou o iFood, até daria um desconto, mas de detergente é muita coincidência.

          • Na verdade eu não coloco minha mão no fogo pelo facebook nunca (eu nem mesmo uso). Não duvido que façam algo realmente.

  • Bruno Dantas

    CUMBUCA!

  • Alexandre Roberto

    isso rolaria usando o app, ou se entrar via browser tambem estaria sujeito a tal situação?

    • Via browser ele pode capturar audio, no máximo, quando o browser está aberto na página do Facebook. Quando você sai ele já não consegue agir.

      • Alexandre Roberto

        eu no instalei o app pelo fato de ocupar um espaco enorme e deixa o cel lento. Veio um beneficio adicional nisso…como alguem disse acima…tem que ter uma razao para ocupar tanto espaco de armazenamento

  • Daniel

    Privacidade x Facebook duas coisas que não combinam!

  • O facebook não usa o microfone, ele pega áudios gravados pelo android e pelo google e analisa para fornecer anúncios, então, tecnicamente o aplicativo não usa o microfone :v

    Mas o que eu queria mesmo era um Datsun Go, belíssimo carro…

  • Leon
  • ̶Sergio Souza

    É verdade,tenho um amigo quer passa o dia todo falando do Bolsonaro,ai quando ele entra no face aparecem anúncios de venda jumentos,burros,asnos,jegues.

    • Paulo2000

      Não ofenda os jumentos, burros, asnos, jegues!!

  • zoiuduu .

    solução 100% efetiva : não usem facebook.

    • 100% efetiva nada. Eles tem formas de rastrear o que você acessa/pesquisa mesmo se não tiver conta lá.

      • zoiuduu .

        90% efetiva? pq eles rastreariam o que eu acesso, se não acesso face?

        • Porque mesmo que você não seja um usuário você ainda é uma pessoa. Teus dados de navegação são usados pra melhorar os algoritmos deles que são usados com os usuários.

          • zoiuduu .

            Ahh, deixa usar kkk eu não ligo.

            Mas é ruim mesmo pra quem liga.

      • Trodat 4924

        me diz pra que eles iam querer suas pesquisas se não vão te mostrar e ganhar dinheiro com isso ?

        • Mesmo que não ganhem dinheiro, o que importa são os dados, o histórico. Quanto mais dados mais preciso o algoritmo.

    • Rodrigo Cerqueira

      Nem Instagram, nem whatsapp né?
      Qual será o próximo app comprado pelo Facebook?
      E se descobrir que o Google faz o mesmo vai fazer oq? Deixar de usar o google, gmail, android, etc??

      • zoiuduu .

        Se eu considerar meus dados tão importantes assim, eu pararei de usar mesmo ^^

  • Luiz Gustavo Guimarães

    Tem um tal site ae…que “stalqueia”(RS)…o Facebook….sei que fui ver..tem fotos que já havia bloqueado e aparecerem lá..tipo outdoor!!!…nesse mundo Facebuquiano não duvido de mais nada!!!

  • KoiSTB

    Eu fiquei espantado o dia que, conversando com o meu cunhado ciclista, ele me explicou o que era uma mochila camelback porque eu nunca tinha ouvido falar disso. Eu nunca tinha buscado por isso usando meu computador, celular ou coisa do tipo. Eu sequer estava com o celular ou computador por perto (estávamos na cozinha e os aparelhos no quarto).
    Voltei para o computador logo em seguida e todos os anúncios, tanto no Facebook quanto nos banners em outros sites, tudo era mochilas camelback em Buscapé, Mercado Livre, etc.
    Até hoje fico intrigado com essa parada.

  • Skeeter Valentinho

    Quando Arnold Snowden falou sobre microfone e tal nego falou que não tinha nada para esconder (tudo é bom D+ para se preocupar).
    Ai o senhor Zuka é pego com microfone e câmera na fita isolante Tigre® e ou Amanco® ai todo mundo vai e se preocupa.
    Sei que a questão não tem haver porém vou acreditar piamente no dono da rede social claro deve ser Baader menhof…SQN

    • Jose X.

      I’ll be back

  • Keaton

    Curiosidade, o que faz o facebook precisar de 364MB de armazenamento? Essa coisa supostamente não era só para mostrar posts da rede social e coisas simpleszinhas? :I

  • Valdinei Dos Santos

    Desabilitei microfone do facebook, messenger e instagram agora vou conversar sobre um assunto bem especifico e ver o que acontece

  • Eliezer

    Mentira… outro dia fui numa Auto Peças compra um Homocinética pro carro do meu genro, conversa vai conversa vem com o vendedor, decido pela marca “X”, compre e tal… daqui a pouco vou acessar o Facebook, tá lá como sugestão de curtir a pagina da Marca “X”.. heheh..

  • Jose X.

    mesmo que o fb não use, com certeza outros sites usam