Parear um fone de ouvido Bluetooth com o Android não é uma experiência 100% conveniente: você pressiona um botão no dispositivo, seleciona-o nas configurações do smartphone, e torce que tudo corra bem.

O Google quer mudar isso com o Fast Pair: basta aproximar o fone de ouvido, e o smartphone vai detectá-lo automaticamente e fazer o pareamento com um toque. É bem semelhante ao que a Apple implementou em seus AirPods.

Funciona assim: com o Bluetooth ativado, o Android vai escanear transmissões BLE (Bluetooth Low Energy) nas proximidades e descobrir um dispositivo com Fast Pair.

O sistema consulta os servidores do Google para obter o nome e a imagem do produto, e até mesmo o app correspondente (se houver). Você recebe uma notificação para parear o dispositivo; basta tocar nela, e pronto.

O Fast Pair funciona nas versões Marshmallow 6.0 e superiores; elas estão presentes em 50% dos dispositivos Android. Isso também requer o Play Services 11.7+, que está sendo distribuído aos usuários.

Infelizmente, o dispositivo também precisa ser compatível com Fast Pair. No momento, ele está presente apenas nos Google Pixel Buds, Libratone Q Adapt e Plantronics Voyager 8200.

Ainda assim, este é um passo importante para facilitar o pareamento de dispositivos Bluetooth, à medida que as fabricantes removem a entrada tradicional para fones de ouvido — como o próprio Google fez com a linha Pixel 2.

Com informações: Google, Mashable.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Igor Silva

só colocar um chip de acordo com a fabricante do processador e fim. acho que seria mais pratico.

J_Eduardo
Na boa....O que preciso mesmo e que eles, desenvolvedores de tecnologia, é fazer o Bluetooth de Apple e do Android conversarem...Uma coisa tão antiga e ainda rola esta bobeira de não haver integração. Quem perde são os usuarios, que precisam adotar apps de terceiros para fazer a coisa funcionar.
betones
https://heavyeditorial.files.wordpress.com/2013/04/edaoq.gif?w=782
Jhon
Fone eu só uso um On Ear, ele pelo menos tem uma bateria ótima, agora intra eu não sei dizer.
Jhon
Com o tempo isso vira padrão, ai até os mais simples/baratos terão, mas leva tempo infelizmente.
Joseph Arimateias Diniz
Nunca tive que torcer para fazer um parlamento. Sempre foram de boa. Alguém já teve essa dificuldade descrita no texto?
leoleonardo85
Sim, é que tenho fone Bluetooth, queria aproveitar hoje ehehe
bruno santos

oi pessoal boa noite, a digital mobile esta com descontos em iphone, quem quiser comprar e so entrar no site e falar que veio pela divulgação da tecnoblog . . . . .

https://digitalmobiletecnol...

rmrw
Exatamente. Como deixo o Bluetooth do celular sempre ligado eu coloco os fones no ouvido, aperto o botão de ligar do fone, espero uns 2 segundos e ouço o bip do fone informando que conectou, pronto, conectado. Se isso não é 100% conveniente eu não sei o que é
Josiel Hen
O android já esta preparado para o fast pair, o difícil são as fabricantes dos dispositivos se interessarem em implementar /mais/ essa função.
Maxnoob
Mas se não tiver perde a emoção da matéria
Julio da Gaita ?
e a bateria dos fones? guenta legal? Essa é a minha primeira barreira pra investir em um intra bluetooth decente, a bateria sempre fica de lado nos intras ./
Kodos Otros
Realmente não é essa problemática toda, mas se pode facilitar, pq não? No momento em que retiram a entrada P2, ter esse tipo de facilidade é bem interessante. E sem falar que algumas vezes é um pouco demorado o pareamento, se esse novo modo for mais rápido, é melhor ainda!
Weller Santibanez
"O sistema consulta os servidores do Google para obter o nome e a imagem do produto" Isso é ruim para fones chineses, pois talvez não deem entrada no google (!?) para colocar as especificações.
John Smith
Tá mais pra Pair'n Play.
Exibir mais comentários