Nós dependemos cada vez mais da nuvem: é lá onde estão nossos e-mails, fotos, backups, entre outros. Claro, você pode manter esses arquivos localmente para quando estiver sem internet, ou para quando o serviço estiver fora do ar.

No entanto, a situação fica mais complicada se você possui um gadget que depende da nuvem para processar seus comandos. O que acontece quando os servidores são desligados, ou quando o serviço é encerrado?

Essa é uma situação que donos do Logitech Harmony Link terão que enfrentar. A empresa vai encerrar o serviço da nuvem para o dispositivo, inutilizando-o após 16 de março de 2018.

O Harmony Link, lançado em 2011, transforma seu iPhone ou Android em um controle remoto universal para TV e home theater. Você envia o comando pelo smartphone — aumentar o volume ou mudar de canal, por exemplo — , então ele é processado nos servidores da Logitech, transferido via Wi-Fi para o Link, e disparado via infravermelho.

Sem a nuvem, o Link não tem como funcionar. Um funcionário da Logitech explica nos fóruns da empresa: “existe uma licença de certificado de tecnologia que vai expirar no próximo mês de março. O certificado não será renovado, pois estamos concentrando recursos no Harmony Hub”.

O Harmony Hub é a evolução do Link, permitindo usar o smartphone para controlar sua TV, home theater e também dispositivos de casa conectada — incluindo lâmpadas, termostatos e fechaduras inteligentes.

A Logitech está oferecendo um Harmony Hub de graça para quem adquiriu o Link no último ano. Para os clientes fora da garantia, ela dá 35% de desconto para comprar o dispositivo.

Revolv

Isso lembra o caso da Revolv. Ela vendia um hub de US$ 300 que se conectava via Wi-Fi, e funcionava como um controle remoto para os dispositivos inteligentes da sua casa.

No ano passado, a empresa avisou que iria encerrar seus serviços, inutilizando o hub. A Revolv foi adquirida em 2014 pela Nest, que pertence à dona do Google.

Após uma reação negativa dos clientes, a Nest disse que lidou caso a caso “com o pequeno número de clientes da Revolv” para determinar a melhor solução, incluindo reembolso do valor pago.

Às vezes, é possível atualizar um gadget para que ele continue funcionando sem a nuvem. É o que a Pebble fez após ser adquirida pela Fitbit: seus relógios seguem na ativa após a empresa desligar os servidores.

Mas isso nem sempre é possível. É uma pena, porque significa que não temos controle sobre alguns gadgets que integramos ao nosso dia a dia.

Com informações: The Verge, The Next Web.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Kodos Otros
Exatamente o que o da Xiaomi faz. Além de poder sincronizar com os outros produtos dentro do MiHome, chego em casa e quero que a TV ligue e ar condicionado apenas e mais uma infinidade de configuração que quiser. Ele é uma mão na roda, da pra configurar qualquer botão de qualquer controle remoto. Esses gadgets são muito úteis!
Christian Tavares
Sugiro comprar o Broadlink RM Mini 3 Black Bean Smart Home (http://bit.ly/2yQeI6Q). Vc controla praticamente qualquer aparelho com controle remoto IR de casa. E o melhor, é que vc controla até de fora de casa, pela rede 3G ou 4G do seu smartphone. Tenho e recomendo.
Christian Tavares
Tenho um Boxee Box que aconteceu algo parecido. Desde 2013 sem atualizações e a esperança era a compra da empresa pela Samsung, que matou o serviço de vez no mesmo ano. Além disso, a Samsung fez o mesmo com o serviço dela, o SmartHub que permitia assistir a DVDs remotamente. Simplesmente parou de atualizar e largou o serviço. E a Pogoplug foi par ao mesmo lado. Pelo menos o app foi atualizado para 64Bits ano retrasado e funciona ainda no IOS 11.
Baidu feat MC Brinquedo
SO DEUS PODE MIM JUGAR, OTARIOS!
Kodos Otros
Inglês, é só configurar no app.
Kodos Otros
Vírus é essa cara feia sua.
Jorge Luis
a interface do app é na língua chinesa ou tem inglês também? Já adicionei no meu carrinho, rs
Baidu feat MC Brinquedo
NÃO CLIQUEM, É VÍRUS! Mudou a foto do meu profile após clicar.
Kodos Otros
Ele é um receptor IR. Você configura todos os botões de qualquer controle remoto diretamente no aplicativo MiHome, escolhe o tipo de aparelho (TV, Ar, Ventilador, TV a cabo etc) e pronto. Pelo app vc tem o total controle dos aparelhos configurados.
Diogo
Como esse tipo de aparelho funciona? É como se fosse um "servidor" conectado à internet que controla os aparelhos que funcionam por infra-vermelho?
André Kittler
Meu coração parou por uns instantes.. tenho um HUB, gloria que ele permanece. Isso no meu ver se chama CLOUD. Porcaria de palavra bonita que basicamente ferra todos os usuários, mas vendem como se fosse fantástico e todos se acham modernos pois "meu controle remoto funciona via cloud". A culpa é do povo. Do cliente. O Harmony Hub podia muito bem funcionar offline e ter a função cloud opcional (que permite que eu gerencie meus aparelhos sem estar na mesma rede - ou seja, nunca ninguém usa). Mas não. Vendem um produto que necessita acesso constante a um servidor sem cobrar mensalidade, e em 5 ou 10 ou 35 anos quando resolverem matar o servidor... morreu.
Kodos Otros
Para quem tem interesse nesse tipo de equipamento e não tem um celular IR, existe o controle universal da Xiaomi. Possuo um e funciona perfeitamente bem, controlo tudo, tv, ar condicionado, home theater etc, inclusive quanto to fora de casa e esqueço algo ligado, desligo, ou quero ligar o ar antes de chegar. Foi uma bagatela. https://www.gearbest.com/power-strips/pp_229556.html
Tom
Ainda bem que não comprei essas tranqueiras.
Maico Andrade
IR É VIDA!
LekyChan
eu faço isso tudo com um app no meu celular xD é bom já ter IR de fabrica, controlo até o ar condicionado de onde trabalho por ele.