Início » Mobile » Moto Tab é o primeiro tablet da Motorola em cinco anos

Moto Tab é o primeiro tablet da Motorola em cinco anos

Por
14/11/2017 às 10h06
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Confirmando rumores, a Lenovo está lançando o primeiro tablet em cinco anos com a marca Motorola. Ele tem alguns recursos de produtividade, incluindo um acessório opcional de teclado ThinkPad.

O Moto Tab possui tela Full-HD de 10,1 polegadas, alto-falantes frontais Dolby Atmos, e um leitor de impressão digital. Ele tem uma câmera traseira e outra frontal, mas a Lenovo ainda não menciona os detalhes delas.

Por dentro, as especificações não impressionam. Temos aqui um processador Snapdragon 625, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento expansível por microSD. Essa configuração talvez não seja o bastante para jogos pesados, mas a bateria de 7.000 mAh deve durar bastante — o processador é eficiente em consumo de energia.

O tablet roda Android 7.1 Nougat com algumas mudanças voltadas para produtividade. Basicamente, há um modo que coloca os botões Voltar/Home/Multitarefa à esquerda e cria uma barra de tarefas para alternar entre os apps abertos.

Há também um acessório opcional de teclado ThinkPad que se conecta via Bluetooth. Ele possui um touchpad integrado, além de um kickstand para manter a tela em pé; e funciona como uma capa para o teclado. A bateria integrada tem 400 mAh.

É possível configurar até sete perfis de usuário diferentes, e registrar impressões digitais para cada um deles. Há também o Kids Mode, feito para crianças acessarem apenas alguns apps e sites específicos.

Além disso, a Lenovo incorporou alguns recursos de entretenimento. É possível deslizar para a esquerda na tela inicial ou tela de bloqueio para acessar o TV Mode; isto abre o app da DirecTV ou de outro serviço de vídeo. E temos um alto-falante opcional de 3W que se conecta ao tablet via USB Type-C e carrega o dispositivo.

Como nota o Android Police, o Moto Tab é bem semelhante ao Lenovo Tab 4 10 Plus: eles têm o mesmo design, processador e bateria. Há algumas diferenças, no entanto, em especial na RAM e no armazenamento.

Esta não é uma grande investida como foi o Motorola Xoom, mas as coisas mudaram bastante no mercado de tablets de 2011 para cá. O Moto Tab será vendido exclusivamente pela operadora americana AT&T por US$ 300, e estará disponível a partir desta sexta-feira (17).

Com informações: Lenovo, Android Police.

  • Tom

    O Android para tablet evoluiu ou continua sendo o mesmo do smartphone com zoom?

    • Emanuel Schott

      Melhorou bastante com a possibilidade de rodar apps em modo janela no 7.1.

  • 2GB de RAM. OK então.

    • Emanuel Schott

      Instalei o Android x86 no meu Asus T100 (ele vem originalmente com Windows) e mesmo só com 2GB de RAM tá funcionando muito bem.

      • Acredito que funciona, o problema é a Motorola lançar um equipamento desses com um hardware inferior a um Moto G5S Plus

  • McFake

    Eu tenho um Xoom até hj.
    Baita grana jogada fora!

    • Kodos Otros

      Eu comprei no lançamento, paguei acho que uns 1800 na época.
      Porcaria sem tamanho, mas era mais por causa do Android, que foi o 3 (o pior Android de todos os tempos).

    • Minha mãe usa meu Xoom até hoje, acredita?
      Só deu problema no carregador, mas ainda tá de boa.

    • Sidney Piesco

      Meu Xoom abriu o bico assim que acabou a garantia. Virou lixo.

    • Gedson Junior

      Já meu Thinkpad 8 da Lenovo ta firme e forte.

  • Senhor Bean

    Por esse preço temos o iPad 2017.

  • Trovalds

    Encalhe à vista.

  • Herlyck Azevedo Barbosa

    Esse modelos já existia só atualizou e melhorou o dispositivo como o Android e resistência e alguns acessórios.
    Mas deixou a deseja a memória interna vamos ver quando sair a primeira versão aqui no Brasil.

  • Gabriel Amadeus

    opa ventura, blz? queria soh comentar que é mto relevante a informacao do tipo de tela (IPS) e seria legal se tivesse listado esse detalhe na review. uma pena que eles soltam um tablet fraco no mercado sem opcao de um tablet poderoso para os aficcionados. valeu a dica! mto obrigado!

  • Alexandre Copi

    Se saísse a uns R$1.500 aqui seria uma compra até que bem interessante. Mas é claro que SE sair vai ser muito mais, padrão…

    • Roberto

      Muito caro. A Samsung vende um modelo de 9,6 polegadas com quadcore, 1,5RAM e 8GB. 600 reais não justificariam este pequeno upgrade.
      999 estaria de bom tamanho, com 799 numa versão WIFI.
      Mas eu acho ideal o tamanho de +-8 polegadas.

      • Cesar Osvaldo Müller

        1,5 de ram em Android é quase heresia….

    • Kevin Silva

      1500 tá o novo iPad, q é bem melhor.

    • Emanuel Schott

      Quando é que vocês vão entender que preço de Android não se sustenta? As fabricantes colocam o preço de lançamento lá em cima porque sabem que vai cair em pouco tempo.

  • Daniel

    Não tão sabendo nem fazer smartphone…

    • Acho o Moto G5 plus um aparelho sensacional. Melhor mid-end que já tive. inclusive gostei mais dele do que dos Moto G antigos. Acabamento mais refinado, continua resistente, câmera boa, bateria dura bastante, dá pra remover a barra de tarefas e mexer com gestos no sensor de digitais… Mto bom mesmo.

      • Rafael Rocha

        É muito bom, mesmo. Um ótimo aparelho, que cumpre o que promete (e tem uma bela câmera).

        • Rafael Santana de Brito

          povo comenta bestira por que gosta

      • Skeeter Valentinho

        Esse lance dos gestos seria nativo?
        Ou por APK da loja?

        • Gabriel Simplício

          Nativo, por meio do app Moto.

  • betones

    Parei nos 2 GB de RAM.

    • Roberto

      Se for um modelo barato, acho razoável.
      O Moto G5 Plus tem o mesmo hardware e custa 900…

    • Emanuel Schott

      Moto Gs da vida tem 2GB e funcionam numa boa. Meu A5 tem 3GB e raramente usa mais que 2GB.

  • Kodos Otros

    Cinco depois e lançam essa joça?

  • David Diniz

    SDDS Motorola XOOM…

  • R0gério

    Continuo com meu Tab S 10.5, obrigado. Pena que não encontro opções equivalentes no Android se/quando o bichinho parar de funcionar, já que a Samsung resolveu “iPadizar” os Tab S a partir da segunda geração com aquela tela 4:3. Uma tela Amoled com proporção 16:10 ou 3:2 (como nos Surface), bom processador, 4GB e 32GB expansíveis não seriam nada mau…

  • helmygalindo

    Gostei do aparelho. A Motorola está numa ótima fase com excelentes aparelhos. Certamente este tablet deve ser uma boa alternativa aos iPads e Galaxy Tabs.

  • Victor Serrão

    Compraria por 1200.

  • Caio Bruno

    sou fã dos smarts da motorola. poré NUNCA MAIS compro qualquer outra coisa que não seja os smartsphones. lançam hoje e descontinuam amanhã. smartwatch e tablets que tive, são ate bonitos…mas de péssima qualidade. além da falta de suporte. fiquem espertos!

  • Sivaldo Ferreira

    Digo mais uma vez a Lenovo só está queimando mais ainda a marca Motorola, como pode um tablet com Snapdragon 625 só de 2GB de RAM e 32GB de ROM, isso é pra criança né, imagina o preço, Lenovo cês já foram melhores.