Início » Gadgets » HTC Vive Focus é um headset sem fio para realidade virtual

HTC Vive Focus é um headset sem fio para realidade virtual

Por
14/11/2017 às 12h40
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Existem dois grandes empecilhos para a realidade virtual conquistar mais usuários: a complexidade de instalar cabos e sensores; além do preço salgado. A HTC quer resolver pelo menos um desses problemas com o Vive Focus.

Trata-se de um headset sem fio e autônomo, ou seja, ele não exige um smartphone ou PC para funcionar — todo o hardware já está embutido. Ele usa um processador Snapdragon 835, tem bateria e usa uma tela AMOLED “de alta resolução”. Há câmeras na parte externa que rastreiam os movimentos do usuário.

O destaque fica para os 6 graus de liberdade (6DoF) de movimento: frente, trás, esquerda, direita, cima e baixo. Outros headsets sem fio, como o Oculus Go, têm apenas três graus de liberdade. “Isso não é muito diferente do Google Cardboard”, diz Alvin Wang Graylin, da HTC, ao Engadget. Mas com o Vive Focus, “agora você pode basicamente fazer a maioria das coisas possíveis em um modelo high-end”.

Além disso, ele pode ser conectado a outros headsets da HTC — incluindo o Vive original — para usuários interagirem entre si na realidade virtual. Por exemplo, os alunos em uma sala de aula podem ver uma demonstração feita pelo professor; ou você pode simplesmente assistir filmes com amigos em um cinema virtual.

O headset vem acompanhado por um controle. Infelizmente, a HTC ainda não revela uma série de detalhes, incluindo preço, data de lançamento, resolução de tela e duração da bateria.

Uma coisa é certa: o Vive Focus não deve chegar tão cedo aos EUA nem à Europa. A HTC está concentrando seus esforços na China, onde ela domina 80% do mercado de realidade virtual em PCs.

Inclusive, a HTC desistiu de lançar um headset sem fio “em mercados ocidentais” para a plataforma Google Daydream. A Lenovo continua trabalhando nesse projeto, no entanto, e deve lançar um dispositivo wireless ainda este ano.

Com informações: Vive, Engadget, Road to VR.

  • Ticano

    Achei que era no PC, mas é apenas um óculos com um celular embutido…

    Tenho um oculus rift e é fantástico. Realidade virtual é uma das melhores coisas já inventadas pra entretenimento e diversão com jogos e outras pessoas, impossível explicar pra quem nunca usou. Esses do celular são uma amostra grátis do que realmente é um hi end no PC, como o Vive e o oculus.

    • Difícil explicar também pra quem tem um dos olhos com só metade da visão do outro :/

      • Kodos Otros

        Mais ainda pra quem só tem um olho frontal.

        • Como você sabe se a Terra não é plana Kodos?

          • Kodos Otros

            Acabei de olhar pela janela da minha nave e vi uma bola!

      • Gertrudes, a Lhama

        Fácil, é só jogar algum líquido corrosivo no outro olho, assim a visão fica ruim igual nos dois.

    • Gertrudes, a Lhama

      Eu joguei num HTC Vive num evento que fui. Era um Tower Defense com arco e flecha, bem legalzinho. Funcionou super bem, achei demais. Mas nesse jogo se ficava parado, em outros que tinha que “andar”, dá um enjôo imediato e quase se cai no chão.

      Quando a tecnologia baratear, vai ser bem interessante ter um desses pra brincar. Mas continuo defendendo que VR/AR não substituem nada que existe hoje, são uma categoria nova. Uma hora se acertam nisso, e no que realmente fica bom, tipo os controles de movimento (no início queriam fazer tudo com motion controls, até perceberem que não ficava legal, então deixaram só onde realmente melhora a experiência, como por exemplo a mira no Splatoon e Zelda BotW)

    • Toda vida. O HTC para PC, pra mim é o melhor do mercado. Esses de celular são amostra grátis.