Início » Gadgets » Até o Baidu tem um alto-falante inteligente para ouvir seus comandos

Até o Baidu tem um alto-falante inteligente para ouvir seus comandos

Por
35 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Baidu é mais conhecido no Brasil pelo antivírus que costuma ser instalado sem que você perceba. Enquanto isso, na China, ele é o maior buscador web e segue os passos do Google: a empresa tem projetos de carros autônomos, inteligência artificial e computação na nuvem.

Desta vez, o Baidu anunciou seu primeiro alto-falante inteligente. Logo de cara, o Raven H se destaca pelo design: ele possui um visual curioso, diferente do que vemos no Google Home ou Amazon Echo — é um trabalho da empresa sueca Teenage Engineering.

O Raven H parece uma pilha de quadrados de plástico. Sua parte superior é sensível ao toque e pode ser levantada. Também é aí onde ficam as luzes LED para indicar que seus comandos estão sendo processados.

O dispositivo usa a plataforma de voz DuerOS do Baidu, e se integra aos recursos que a empresa oferece na China: streaming de música, previsão do tempo, resumo de notícias, entre outros. Graças a uma parceria com a Didi Chuxing — o Uber chinês — também é possível chamar um carro através da voz.

Além disso, ele se integra a dispositivos de casa conectada. Por exemplo, se o usuário pergunta quando será um jogo de futebol, o alto-falante responde e sugere configurar um alarme para o horário informado. Então, ele liga automaticamente a TV antes do início da partida.

O Raven H será lançado na China em dezembro pelo equivalente a R$ 840. Ele vai concorrer com alto-falantes como o Xiaomi Mi AI Speaker e o Alibaba Tmall Genie. A Teenage Engineering diz ao Engadget que planeja vender o produto em outros países.

O Baidu também anunciou o robô Raven R, com seis articulações para se mover com base nos comandos do usuário e “expressar emoções para aprimorar a experiência interativa”. Ele também funciona como um alto-falante inteligente. No entanto, ainda não há preço nem data de lançamento.

Com informações: Baidu, TechCrunch, Mashable.