A Apple está preparando uma versão mais potente de seu computador tudo-em-um: o iMac Pro tem processador Intel Xeon, placa de vídeo de 11 teraflops e tela 5K. E segundo diversos especialistas, ele também virá com um coprocessador para sempre ouvir o comando “Ei, Siri”.

O desenvolvedor brasileiro Guilherme Rambo descobriu referências à Siri no software da Apple que deve acompanhar o iMac Pro. Dessa forma, você não precisa pressionar uma tecla ou clicar no botão da assistente para ativá-la. Isso é semelhante ao “Ei, Cortana” que pode ser ativado em PCs com Windows 10.

Segundo Jonathan Levin, especialista em engenharia reversa, o iMac Pro terá uma versão simplificada do processador A10 Fusion — cuja versão original foi lançada no iPhone 7 e 7 Plus — que funcionaria mesmo quando o computador estiver desligado. O desenvolvedor Steve Troughton-Smith acredita que esse chip vai cuidar dos processos de boot e segurança.

Não seria a primeira vez que a Apple coloca um coprocessador ARM em seus computadores. Os modelos mais recentes do MacBook Pro com Touch ID e Touch Bar possuem um chip personalizado chamado T1.

O iMac Pro tem processador Intel Xeon de 8, 10 ou 18 núcleos; placa de vídeo Radeon Vega com até 16 GB de VRAM; e 128 GB de RAM ECC que não pode ser removida pelo usuário. Ele será lançado em dezembro, custando a partir de US$ 4.999.

Com informações: Engadget, The Next Web.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@Sckillfer

Desligado não, mas em sleep provavelmente. E se for mesmo um A10, poderá servir para outras tarefas no power nap, já se for só pro "hey Siri", provavelmente seria só um núcleo de baixo consumo igual os da Motorola pro "Okay Florentina".

@Sckillfer

Precisa, se não fica igual o Windows 10, que desabilita a suspensão pra poder ter o "Hey Cortana".

Sckillfer
Precisa, se não fica igual o Windows 10, que desabilita a suspensão pra poder ter o "Hey Cortana".
Sckillfer
Desligado não, mas em sleep provavelmente. E se for mesmo um A10, poderá servir para outras tarefas no power nap, já se for só pro "hey Siri", provavelmente seria só um núcleo de baixo consumo igual os da Motorola pro "Okay Florentina".
@Sckillfer

Disseram desligado, mas o mais coerente seria em suspensão

Sckillfer
Disseram desligado, mas o mais coerente seria em suspensão
Guilherme Madaleno
Tem que arrumar uma desculpa pra aumentar de preço, uai ?
FUSCAYOU

Morri

Leandro Nascimento

acho que a CAIXA vai financiar em 80 meses...

Leandro Nascimento

seems legit hahaha

Gabriel Antonio

não viagem, só vai funcionar como um coprocessador, se fosse o A11, até diria que funcionaria como uma npu

LekyChan

vai custar só uns 40 mil reais

Vitor Luis

Exato! No mundo da minha imaginação, o ARM cuidaria deste processo, alocaria a memória necessária, gerenciaria a conexão e etc.

Agora se você quer ouvir uma musica, que precisa do iTunes, ai ele já precisa despertar o irmão maior!

Thiago Lopes

Acho que desligado era em relação ao processador Xeon e à placa de vídeos (maiores comedores de energia em um computador moderno). Talvez uma espécie de super hibernação...

Thiago Lopes

Pode ser, sei lá. A Siri de hoje ia conseguir no máximo isso e setar o alarme, mas talvez estejam mirando em funcionalidades futuras...

Exibir mais comentários