Início » Negócios Web » Até o fundador do Tumblr decidiu deixar o serviço

Até o fundador do Tumblr decidiu deixar o serviço

Por
25 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Tumblr já teve ótimos momentos, tanto que, em 2013, o Yahoo topou pagar US$ 1,1 bilhão pelo serviço. Foi uma compra mais cara que a do Instagram, que custou US$ 1 bilhão ao Facebook. Só que o Yahoo não soube o que fazer com o que tinha em mãos. Provavelmente, a falta de perspectiva é um dos fatores que levaram David Karp, fundador e CEO do Tumblr, a decidir abandonar o posto.

Tumblr

Houve uma onda de pessimismo quando o Tumblr foi vendido porque, naquela época, o Yahoo já carregava a fama de “estragar” os serviços que adquiria, uma clara referência ao Flickr. Mas também havia gente que não se preocupava (muito) com a venda do Tumblr porque David Karp seria mantido à frente do serviço e, portanto, não deixaria o serviço perder a essência.

Bom, a essência pode até não ter sido perdida, mas o Yahoo comprou o Tumblr já sabendo que o serviço não era lucrativo — apesar de popular — e não soube encontrar uma fórmula de rentabilidade para ele. Além disso, o formato de blog com rede social do Tumblr foi ficando “sem graça” à medida que outras plataformas de conteúdo ganhavam relevância.

David Karp

David Karp

No início de 2014, o Tumblr registrava média de 106 milhões de postagens por dia. Hoje, a média é de 35 milhões de posts diários e continua caindo. Pode até ser que, nos últimos anos, alguém dentro do Yahoo — talvez o próprio Karp — tenha tido alguma ideia para frear esse declínio, mas as crises com a polêmica administração de Marissa Mayer deixavam o clima inóspito para qualquer passo ousado.

Agora o Yahoo (ou o que sobrou do Yahoo) faz parte da Oath, empresa de mídia pertencente à Verizon. A situação também não é das mais confortáveis por lá. A Oath tem feito demissões e restruturações em praticamente todos os serviços que assume em uma tentativa de encontrar equilíbrio financeiro. Os detalhes não foram revelados, mas é possível que esse cenário tenha preparado o caminho para a saída de Karp.

Em carta direcionada aos funcionários, o fundador do Tumblr diz que tomou a decisão depois de meses de reflexão sobre suas ambições pessoais. Foram quase 11 anos à frente do serviço. Ele fica no cargo de CEO até o fim do ano e, depois, passa o bastão para Jeff D’Onofrio, atual diretor operacional do Tumblr.

Boa sorte para o futuro CEO. Ele vai precisar.

Com informações: TechCrunch

Mais sobre: , , ,