A Microsoft está preparando um novo recurso para o Windows 10: chamado de “sets”, ele permitirá agrupar diferentes programas relacionados em uma só janela.

Segundo o The Verge, o Office terá suporte a sets no início de 2018. A Microsoft também planeja incluir abas em aplicativos como o Explorador de Arquivos e o Bloco de Notas. Até mesmo programas de terceiros, como o Photoshop, serão contemplados no futuro.

Doug Thomas, da equipe do Microsoft Office, explica no vídeo abaixo como isso vai funcionar. Você abre um arquivo do Word, e ele já aparece em uma interface com abas. Abra uma nova aba e você terá acesso a programas frequentemente usados, como o PowerPoint ou o navegador Edge.

Ao abrir o mesmo arquivo em outro PC, o Windows vai lembrar dos programas que também estavam carregados na mesma janela, e sugerir que você abra todos novamente. Além disso, a nova aba terá um recurso de busca universal na web e em seu PC.

Os sets podem ter um problema: a Microsoft está basicamente estendendo o Edge para o shell de todos os aplicativos no Windows 10. Lembra quando ela passou por escrutínio de órgãos antitruste por embutir o Internet Explorer no sistema?

Claro, haverá bastante tempo para discutir isso. Os sets chegarão nas próximas semanas para um subconjunto de Windows Insiders: Dona Sarkar diz no blog oficial que “uma porcentagem de vocês vai inicialmente receber alguns novos recursos nas builds, enquanto outros não vão recebê-los por um tempo”. A ideia é comparar o uso e o feedback desses dois grupos de usuários.

A Microsoft quer receber todo o feedback possível antes de lançar os sets; esse nome pode, inclusive, mudar no lançamento, que não tem prazo definido. “Nós vamos disponibilizar esses recursos para todos quando eles estiverem prontos, não necessariamente na próxima grande atualização do Windows 10”, explica Dona.

Ela também diz que a Timeline finalmente começará a ser testada. O Windows 10 terá uma linha do tempo com os aplicativos, arquivos e abas do Edge que foram abertos nas horas e dias anteriores.

Com informações: Microsoft, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alisson Santos Ali
? recurso idoso no campo de osx vai ser taxado como novidade no mundo windows... o windows demora demais para aceitar a evolução.
Vitor Mikaelson

Bastante, nao total se você quiser play services. Que é o ponto chave.

JN Marcos
Eu não gosto de corrigir escrita. Ma acho interessante falar isso: "vai ficar mais prático e vai de encontro ao aumento de" O correto no caso é "vai ao encontro de", pois é algo favorável ao que Nadella prometeu. Caso fosse totalmente o contrário, usa-se "de encontro a(o)" (o que você usou).
Fernando Val
Cara, reflita se não é você que é um fanboy e sente compulsão de sair em defesa dessa empresa tão perseguida e injustiçada.
Danilo Do Nascimento Ferreira
De forma alguma, é que o android é meio que vendido como "livre, grátis e aberto" na mídia, mas não é bem assim que acontece por trás dos panos.
Danilo Do Nascimento Ferreira
Eu já entendi qual é a sua, não importa a situação, vc sempre vai encontrar algo pra dizer que a vilã é a MS... Fazer o que, melhor vc ficar longe do ecossistema, ela pode abrir o código do SO e Office e entregar pra comunidade e vc ainda verá problema nisso.
Don Frye
A microsoft deveria focar um pouco mais em fluidez, leveza, robustez e usabilidade em vez focar tanto em design e frescuras inúteis para pelo menos 90% dos usuários. Um S.O que não quebra e que não deixa o usuário na mão....isso seria um sonho, será que é pedir demais !?
Fernando Val
Como assim tem que pagar uma licença? Você está se referindo aos royalties que as fabricantes de smartphones têm de pagar para poder usar o Android como SO em seus equipamentos? Acho justo, para poder colocar a Playstore, ter de pagar algo. Afinal quem banca a infra disso?Você quer almoço grátis?
Fernando Val
Da forma que eu acessava, com outros navegadores, que já existiam antes da Microsoft criar o IE. Os kits de acesso a internet dos provedores vinham com um browser para ser instalado, além do discador. Sim, a internet um dia foi assim. Ah! E sobre proibir a instalação de outros browsers, como ela faria isso? Impedindo que as pessoas instalassem programas no Windows? Mas, para vocês que acham que a MS é uma santa, vou contar uma historinha. Puxa a cadeira e senta. Lá pelos idos do Windows 3, a MS colocou um codigozinho bobo e tosco que detectava a versão do DOS rodando por baixo e, se não fosse um MS ou IBM, causava uma pequena pausa inocente no Windows. Isso era pra tentar dizer que o Windows rodava mais rapidamente sobre MS-DOS e IBM-DOS. Mas ele só ficava mais lento sobre DR-DOS (Digital Researcg) por causa desse codigozinho bobo e inocente que fazia um pequeno loop e travava o Windows por alguns instantes. E nem vou entrar no assunto que ela tentava sabotar a W3C o tempo todo.
Danilo Do Nascimento Ferreira
a barra de tarefa centraliza tudo, os sets agrupam janelas da sua preferencia, não necessariamente vai vai abrir tudo junto, acredito que poderá fazer agrupamentos diferentes, bem como usar janelas individuais como já usamos hoje em dia.
Danilo Do Nascimento Ferreira
Parece que só existe pecado no lado da Microsoft. Se não viesse IE no windows naquela epoca, de que forma as pessoas acessariam a internet? Ela nunca proibiu a instalação de outros browsers. Exigir isso dela seria o mesmo que pedir ao Google pra remover a barra de busca do android. Pedir pra Apple não usar o iTunes. Mas o pecado é só com a MS, todos podem promover seus próprios produtos ela não.
Danilo Do Nascimento Ferreira
Pra usar os apps do Google tem que pagar uma licença, caso contrario, nem loja de apps vem
Fernando Val
Dá. E muito facilmente. Ainda: não se esqueça que o que roda por baixo da GUI é um BSD e, com o "sudo", você apaga qualquer coisa do seu sistema. Até o próprio sistema operacional. E a remoção do Safari do seu macOS não vai causar uma pane geral, como acontecia com a remoção de DLLs do Internet Explorer que se integrava ao Explorer (gerenciador de arquivos). Que para ser feito exige inclusive boot em modo de segurança e edições extremamente complicadas no registro do Windows. Acho que você está confuso. Esse "Programas e Recursos" não desativa e nem impede o programa de continuar rodando como você imagina, só altera o programa "default" para determinadas ações.
Paul
Por acaso, dá pra remover o Safari do macOS? O IE no Windows, não dá pra desinstalar, mas dá pra desativar em "Programas e Recursos".
Paul
Mds... Kkkkkkk
Exibir mais comentários