Início » Aplicativos e Software » Como usar o e-Título (título de eleitor digital)

Como usar o e-Título (título de eleitor digital)

Aprenda a usar o e-Título, o app da Justiça Eleitoral que pode substituir o título de eleitor impresso e conta com muitas funções

André Leonardo Por

Desde as eleições presidenciais de 2018, é possível usar o smartphone para consultar o número do seu título de eleitor. O aplicativo e-Título, funciona como uma versão digital para o documento de votação. Além de informações básicas, o app permite que você justifique seu voto, consulte suas informações junto à Justiça Eleitoral, entre outras opções. Veja como usar o e-Título e explore seus recursos.

Como usar o e-Título (título de eleitor digital)

Aplicativo e-Título (Imagem: Divulgação / TSE)

Como usar o e-Título (título de eleitor digital)

O e-Título pode ser usado para tirar diversas dúvidas sobre a sua situação na Justiça Eleitoral. Caso você feito a biometria, sua foto vai aparecer no aplicativo. Se você não fez cadastramento biométrico, não haverá foto na sua versão do documento no aplicativo. O app também possui um QR Code para validação na sua zona eleitoral.

É possível baixar o app para Android e iPhone. Para cadastrar seus dados no e-Título, faça o seguinte:

  1. Preencha seus dados básicos como nome e filiação;
  2. No campo “Tipo de documento” — Selecione “Título de eleitor”;
  3. Depois, o app vai gerar três campos de perguntas referentes aos seus dados cadastrais para confirmar sua identidade. Caso erre algum, será gerado outro campo com perguntas diferentes das que você errou;
  4. Cadastre uma senha e confirme;
Como usar o e-Título [título de eleitor digital]

Aplicativo e-Título (Imagem: Reprodução / TSE)

O título de eleitor impresso continua valendo, mas você precisará apresentar um documento com foto (como RG ou carteira de motorista). Se você tiver foto no seu e-Título, não precisará levar outro documento para se identificar.

Funções adicionais do e-Título

O e-Título conta funções como expedir sua certidão de quitação eleitoral, justificar seu voto entre outras. Vamos conferir as principais funções aplicativo.

As informações básicas como seu nome, número do título de eleitor, zona eleitoral e seção eleitoral estão logo na página principal do aplicativo. Os demais recursos se encontram no campo “Mais Opções”.

Como emitir certidão de quitação eleitoral com e-Título

  1. Vá ao campo “Mais Opções”
  2. Selecione “Quitação Eleitoral”
  3. O aplicativo vai gerar o documento. Clique no ícone com a seta para baixo e o arquivo PDF será baixado para seu telefone;

Fique atento em qual pasta o documento será baixado. Normalmente deverá ir para a pasta “documentos” ou “downloads”.

Como emitir Nada consta criminal eleitoral com e-Título

  1. Vá ao campo “Mais Opções”;
  2. Selecione “Nada consta criminal eleitoral”;
  3. O aplicativo vai gerar o documento. Clique no ícone com a seta para baixo e o arquivo PDF será baixado para seu telefone;

Como justificar o voto com o e-Título

  1. Selecione o campo “Mais opções”;
  2. Marque a opção: “justificativa de ausência”;
    Como usar o e-Título [título de eleitor digital]
  3. Selecione o período eleitoral que deseja justificar, depois preencha o campo com sua justificativa e o campo seguinte com seu e-mail;
  4. Coloque em anexo um documento que comprove a sua justificativa;

A opção de “justificativa de ausência” referente ao ano de 2020, será liberada a partir dos dias de eleição cada turno. Ou seja, nos dias 15 e 29 de novembro.

Como emitir a guia de pagamentos de débitos eleitorais usando o e-Título

  1. Selecione o campo “Mais opções”;
  2. Vá ao campo “Outras opções”;
  3. Selecione “Débitos Eleitorais”;
  4. Se houver alguma pendência com a Justiça Eleitoral, ela será exibida e você poderá baixar um arquivo referente à guia de pagamentos para regularizar sua situação;

O e-Título ainda conta com um campo de notificações em que a Justifica Eleitoral compartilha diversas informações sobre o processo eleitoral no país, alerta sobre fake news e mais funções.

Aproveite a praticidade do e-Título para esclarecer as dúvidas sobre sua situação eleitoral com facilidade e para justificar seu voto sem precisar ir até uma seção eleitoral, caso não possa votar.

Com informações: Justiça Eleitoral, TSE

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mar - Wise'

Queria é votar de casa mesmo.

Igor Antero

Baixei o app mas não consegui resolver nada. Tá tudo do mesmo jeito... Aparece uma mensagem informando que preciso ir ao TJE. 😡

Jambeiro
Ou isso
João
Poderia ser um aplicativo chamado e-Documento, nele estariam (quase) todos os documentos!
João
Não seria mais fácil a não obrigatoriedade da votação?
phsodre
Amigo a única fonte que eu vi concreta, foi a revista científica que um falecido funcionário da Secretaria de Segurança Pública daqui do Estado trouxe de Brasília. Pq ele inclusive era um dos envolvidos no projeto do "RIC", tendo em vista que o Maranhão já tem RG informatizado a mais de 10 anos. Por isso ele foi consultado e qnd veio de Brasilia trouxe para nós essa revista, que falava sobre a patente e que a Suíça e Rússia já fariam baseada nessa tecnologia!
mord4z
Adoro o nosso país com toda essa "burrocracia".
G. Croft
O governo federal não tem uma base com nossos dados suficientes para um registro civil. É necessário unificar as bases estaduais, o que já está sendo feito. SP, por exemplo, existem milhões de documentos que precisam ser digitalizados e isso demorará alguns anos ainda.
mord4z
Discordo totalmente de você. Como eu disse, o governo federal já possui uma bela base com os nossos dados, unir as bases de dados sairá mais barato que inventar documentos novos. além disso, o cpf não é documento "pra fins fiscais e só" como você disse, pelo menos não mais, ele também te identifica como uma pessoa única no país, não existem dois cpf com o mesmo número. No fim das contas, creio que falta é vontade política e capacidade técnica.
@Sckillfer

O título da matéria fala sobre "E-título", não "E-urna"

Drax

Deve ser, os The Jetsons no céu e os Flintstones na terra

Drax

Sério? Tem fontes?

Drax

Não era CU? rsrsrsr

Interessante que hoje é possível obter um RG diferente em cada estado, com números diferentes. O próprio governo facilita a ilicitude

Jambeiro

Lembro de ter lido que na Estônia (salvo engano) os eleitores votam pela internet. Seria um sonho fazer isso aqui no Brasil, só que a população de lá é menor que a do DF, aí fica fácil.

Bruno

Queria saber qual foi o custo de desenvolvimento desse app que provavelmente não é nativo iOS nem Android e deve ter sido feito com webview. Não consigo entender a necessidade de criar firulas quando tem tanta coisa mais séria acontecendo. =(

Exibir mais comentários