As câmeras de smartphones estão ficando cada vez mais avançadas. Depois do LG V30 ser o primeiro smartphone com lente ƒ/1,6, a Samsung apresentou o W2018, um smartphone flip que, não só tem lente ƒ/1,5, como possui abertura variável para ƒ/2,4.

Na prática, uma abertura maior faz mais luz passar pela lente da câmera, o que melhora a qualidade da imagem com baixa iluminação. A Samsung promete imagens mais nítidas mesmo com pouca luz, uma vez que o software não precisa aumentar a exposição (gerando fotos borradas) ou o ISO (aumentando o ruído).

É legal variar a abertura da lente pois nem sempre uma pequena profundidade de campo (encontrada em aberturas maiores, como ƒ/1,5) é desejada em todas as fotos. Além disso, a opção de fotografar em ƒ/2,4 deve ajudar a evitar possíveis aberrações cromáticas.

A troca de abertura na câmera do W2018 é feita com uma versão menor do diafragma fotográfico. A lente só troca de ƒ/1,5 para ƒ/2,4 e vice-versa — não há um meio-termo. De resto, a câmera é parecida com a do Galaxy S8, com sensor de 12 megapixels de tamanho 1,4 µm, tecnologia dual pixel e estabilização de imagem óptica.

Outro destaque do W2018 são as suas duas telas de 4,2 polegadas com resolução 1920×1080 pixels, uma de cada lado do flip. Fora isso, ele vem com especificações que você encontraria em outro topo de linha da Samsung: leitor de impressões digitais na traseira, processador Snapdragon 835, 6 GB de RAM, câmera frontal de 5 MP e ƒ/1,9 com leitor de íris, armazenamento de até 256 GB, assistente virtual Bixby e uma entrada USB-C.

O preço do W2018 ainda não foi anunciado, mas você pode imaginar um número bem grande: anunciado no ano passado, o W2017 custava US$ 3 mil.

Ainda que você tenha todo esse dinheiro, o W2018 não deve ser encontrado facilmente nem nos Estados Unidos: ele é feito especialmente para uma linha beneficente da China Telecom. De qualquer forma, quem sabe a gente não vê essa tecnologia de abertura variável no Galaxy S9?

Com informações: Engadget, Sina.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Carvalho

*dólares

Luan Santos
Se acha que isso vale 3 mil reais...
Tales Cembraneli Dantas
Eu gostava do meu Motorola Milestone, queria muito um celular moderno com aquele teclado
Danillo Nunes

Mas quando liga, é bom ter o flip para, numa discussão, você poder fechar o celular na cara da pessoa.

Maicon Bruisma

Se chegar no S9, o que provavelmente acontecerá, já sabemos que não estará pra brincadeira. Consegue um modo retrato quase sem software, com um bem trabalhado pode ser o melhor do ano.

Wagner

Ter celular de flip nos tempos atuais vejo como motivo principal somente o saudosismo. Alguém me informa alguma vantagem em ter um celular de flip em tempos que praticamente fazemos tudo com o celular, menos ligar para as pessoas.

arsenáutico

Somos dois!!!!

rjlgarcia

Eu lembro que o nokia N95, tinha uma abertura variável também

Jean Prado

Opa, verdade. Arrumei, tks :)

Ricardo - Vaz Lobo

Configuração muito maneira, mas só uma coisa: uma tela de 4,2 mais outra tela de 4,2, quando abertas, vai ficar meio trambolho?

Alexandre Copi

A melhor parte: "telas de 4,2 polegadas com resolução 1920×1080 pixels"
QUEREMOS

Cobalto

Um smart-flip-phone moderno (aka com configurações decentes pros dias de hoje) é meu maior sonho de consumo em quesito telefone.

Gostaria MUITO que isso viesse pro mundo todo.

Edit: Duas telas principais já acho besteira, podia vir com uma telinha igual o do V10 na parte externa e aproveitar o resto do espaço pra colocar MAIS BATERIA.

Emmanuel Carvalho

"É legal variar a abertura da lente pois nem sempre uma grande profundidade de campo (encontrada em aberturas maiores, como ƒ/1,5) é desejada em todas as fotos"

Quanto maior a abertura da lente, menor a profundidade de campo. Tá ao contrário aí Jean. =)

Samael Vinícius

Celulares flip tem um design bem estiloso e único, devia ter lançamento de modelos assim a nível mundial.

leoleonardo85

Gostaria de mexer algum dia, mas nunca teria