Início » Mobile » Xiaomi Redmi 5 é um smartphone intermediário com tela infinita

Xiaomi Redmi 5 é um smartphone intermediário com tela infinita

Por
07/12/2017 às 11h13
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

As telas infinitas, com bordas finas para aproveitar o máximo da parte frontal, foram a grande tendência para smartphones de 2017. A Xiaomi saiu na frente com o Mi Mix, e agora está levando displays 18:9 para sua linha intermediária.

O Redmi 5 possui tela IPS de 5,7 polegadas com resolução HD (1440 x 720) e proporção 18:9. Por dentro, temos um processador Snapdragon 450, combinações 2 GB/16 GB e 3 GB/32 GB de RAM e armazenamento, e bateria de 3.300 mAh.

Enquanto isso, o Redmi 5 Plus possui tela IPS de 5,99 polegadas e resolução Full-HD (2160 x 1080), também com proporção 18:9. As especificações são melhores aqui: processador Snapdragon 625, combinações 3 GB/32 GB e 4 GB/64 GB de RAM e armazenamento, e bateria de 4.000 mAh.

Ambos possuem câmera traseira de 12 megapixels com abertura f/2,2 e pixels de 1,25 μm; câmera frontal de 5 MP com flash; leitor de digitais; e carregamento rápido 5V/2A de bateria por microUSB.

O Redmi 5 e Redmi 5 Plus serão lançados inicialmente na China em 12 de dezembro, nas cores azul, rosa, ouro e preto, por valores entre R$ 400 e R$ 640. Claro, eles não devem chegar oficialmente ao Brasil, porque a Xiaomi desistiu daqui há tempos.

Vale notar que, assim como determinadas fabricantes, a Xiaomi vem lançando muitos modelos de smartphone. Em 2017, tivemos pelo menos treze, sem considerar as variantes regionais:

  • Redmi Note 4 (Note 4X na China)
  • Mi 5c
  • Mi 6
  • Redmi 4 (4X na China)
  • Mi Max 2
  • Mi A1 (Android One)
  • Mi Mix 2 (não confundir com o Mi Max 2)
  • Mi Note 3
  • Redmi Note 5A (Note 5A Prime na China, Y1 na Índia)
  • Redmi Y1 Lite
  • Redmi 5A
  • Redmi 5
  • Redmi 5 Plus

E claro, essa estratégia vem dando certo: no terceiro trimestre, as vendas da Xiaomi cresceram 87% em relação ao ano anterior. Segundo a consultoria Canalys, ela esteve em quinto lugar no ranking global de smartphones.

Com informações: Android Authority.

  • Vin Diesel

    de um lado parece o s8 e do outro o iphone 8…

    • leoleonardo85

      A frente parece muito os ultimos LG

  • Russo

    Ainda não sei quem teve a brilhante ideia de chamar essas telas com pouca borda de tela infinita.

    • Gertrudes, a Lhama

      A Dell chama de “Borda Infinita”, o que faz menos sentido ainda.

      • Wesley Cruz

        hahaha QUE NOME. Se levado ao pé da letra era pra ser só borda kkk

      • Programador Front-End

        em breve teremos o smartphone infinito

      • Ed. Blake

        Borda infinita é como deveriam chamar os primeiros aparelhos da ASUS. Aquilo sim era borda que não acabava mais!

    • Ed. Blake

      A SHARP, inventora do conceito, em 2014.
      Agora você sabe. 🙂

    • Bora lá, eu sendo chato, o conceito de infinito por sí só já é abstrato, fisicamente impossível, é uma definição matemática de algo que não pode ser contato, não tem “limites”, fisicamente é apenas um valor muito grande (ou muito pequeno). Ou seja, tem definição variável, portanto pode ser tratado da maneira que quiser dentro de certas características. Se querem chamar de bordas minimas de infinitas, então que chamem! Kkk, é melhor do que em física falarmos que o Universo é ” Infinito mas limitado”!!!

      • Russo

        Sei lá, parece nome pra enganar consumidor trouxa, com essas nomenclaturas pomposas. É como se o fabricante pegasse uma bateria que dure mais tempo que uma bateria comum e chamasse de “bateria eterna”.

    • Eu não sei é quem teve a brilhante ideia de olhar prum telefone com tanta borda como qualquer outro… Mas só pq é 2:1 fala que tem menos borda.

    • Natthan Fruche Terzi

      A única tela que realmente deve ser chamada de infinita é a dos galaxy s8 / s8+ e note 8. Você realmente sente que a tela é infinita, não tem borda nas laterais, não tenho esses aparelhos, só peguei na mão no shopping, e também não gasto mais do que R$ 1500,00 em um aparelho que pode quebrar tão fácil. Mas que realmente são bonitos são.

  • Jeffersom

    Tapa na Cara da LG com aquele q6

    • Filipe Alberto

      Tapa !!!
      Ta mais pra um soco de direita bem dado.

    • Ed. Blake

      Um troço tão irrelevante quando o Q6 não vale os 2 segundos de duração de um tapa na cara.

    • Pontapé bem dado na boca.

  • Vanderlei Busnardo Filho

    Alguém sabe se esses celulares serão bloqueados pela Anatel se forem comprados para usar aqui?

    • Gertrudes, a Lhama

      Não. Os que serão bloqueados são os celulares piratas mesmo, que possuem IMEI inválido. Os HiPhones vão parar de funcionar, mas aparelhos normais, mesmo que não sejam vendidos aqui, como Xiaomi, Huawei, etc, continuarão funcionando normalmente.

    • Felipe Coutinho

      Não serão. Só serão bloqueados aparelhos com o IMEI inválido.

  • Ed. Blake

    Este Redmi 5 Plus será um monstro em eficiência tal qual o Redmi Note 4X. É um absurdo um dispositivo que facilmente atinge 48hs de autonomia com mais de 10h de tela em um ciclo.

    Ps. O Redmi Note 4X é a versão global com Snapdragon. A variante chinesa é o Note 4 com SoC MediaCrap MediaTek.

    • Elerson Carvalho

      Na verdade a Redmi Note 4X é a versão snapdragon destinado ao mercado asiático e europeu, a versão global se chama Redmi Note 4 Global.
      Na compra deste smartphone é melhor se atentar ao soc antes de concluir a compra. O MTK não é ruim, o desempenho é até superior, mas o snapdragon dará mais horas de bateria e longevidade e ao produto.

      • Ed. Blake

        Peguei o meu no início da semana. A estatítica de uso do primeiro comentário é o meu uso hahaha. Outros usuários também tem esta mesma média.

        Obrigado pelo update. Essa salada da Xiaomi é meio confusa hahaha.

        O Anúncio onde comprei dizia Note 4X e veio como Note 4 na caixa mas com SoC Snapdragon. Quando vi a caixa antes de abrir gelei.

        • Elerson Carvalho

          kkkk
          O seu não veio com etiqueta de global?
          O meu é um redmi note 4 global, um baita smartphone, nunca pensei que a duração de bateria fosse tão boa. Eu não dava valor a este quesito, mas após ter um smartphone que não preciso recarregar a cada 4~6 horas e que me acompanha o dia todo, que chega ao fim do dia com 40% de bateria este virou um pré-requisito obrigatório para mim. O comodismo e praticidade ao nosso dia-a-dia é enorme.

          • Ed. Blake

            Ele veio com a etiqueta escrito global na tampa, mas vi que em vários reviews o relevo da tampa também estava 4X, no meu só 4.

            Realmente, é um P*TA aparelho! Desempenho sem igual, bateria monstra e eficiência animal! Amanhã desbloqueio o bootloader e mando a MIUI pra vala pela Lineage Os 15 rodando Android Oreo! hahaha Aí sim o bicho vai ficar perfeito.

    • Raphael

      Esperei até essa semana o lançamento do Redmi 5 Plus contando que lançaria com um sensor sony na câmera… fail.

      Eu iria comprar o note 4x, mas quando perguntei na gearbest e falaram que o sensor era samsung resolvi esperar, e pra minha decepção nem mencionaram o sensor do redmi 5/5 plus, o que provavelmente significa ser samsung ou omnivision ou sei lá que troço pior. O jeito vai ser comprar algo por aqui mesmo.

      • Ed. Blake

        O sensor do Redmi Note 4X já não faz feio com a operação padrão, mas se você tem espírito livre, pode desbloquear seu bootloader depois de 72 horas de ativação do dispositivo, instalar o Root Magisk para ativar a API camera2 com HDR+ e usar o app de câmera do Google.

        Se você der uma olhada no XDA há várias comparações de imagens feitas no app padrão com API antiga e no app do Google com HDR+ e API camera2. A diferença chega a ser absurda.

  • Felipe Coutinho

    A cada lançamento da xiaomi é um soco no estômago do brasileiro que paga mais de R$800 é um moto G5.

    • Aline Rosa

      Uma pena eles não terem ficado por aqui.

      • Felipe Coutinho

        É só importar. CxB sem igual

        • O no dia que precisar consertar um botão de volume por problema de contato, você joga o aparelho fora e compra outro pois não acha quem dê manutenção.

          • Felipe Coutinho

            Não acha? Haha é o que mais tem. Mas é questão de gosto. Quem quer algo oficial pague 850 reais em moto G5.

          • Só se for aí na civilização.
            Aqui no mato já tive “técnico” rejeitando até Alcatel.

            Isso pq eu já cheguei com a peça, só para instalar pq não tinha a peça no comércio e tive que comprar na internet.

            Essas chinesas, nem olham.

          • Já vi técnico rejeitando Blu, imagina Xiaomi.

          • Tem gente que faz manutenção aqui, não oficial mas faz.

          • Skeeter Valentinho

            Kkkkk vish talvez um da Caterpillar ajuda

          • Abner

            Nunca tive problemas todas peças se encontra no mercado livre busca lá e me diz
            Também para quem não tem pressa só pedir pelo Aliexpress

          • Helio Almeida

            Pode ser que dê um pouco mais de trabalho, mas não é assim.

        • Aline Rosa

          Mas e assistência? Morro de vontade de trocar o asus pela Xiaomi.

          • Skeeter Valentinho

            Cara só se vc for a pessoa com o menor zelo por smartphone que existe aí não compensa….tenho o Redmi 3S e deixo minha filha de 2 anos assistir YouTube e ela derruba várias vezes de tela(claro que tem aquelas capas que a borracha ultrapassa a carcaça um pouquinho) só troco a película.
            Já derrubei na água enquanto assistia YouTube até a voz da transmissão zuou(deu até um aperto no meu core) mais aí bati nele para tirar a água e coloquei no sol por uma hora e voltou ao normal.
            O que mais pesa é que a Miui não é vantagem mais, na época do Galaxy S2 vc instalava Miui nele e tinha várias funções legais da ROM.
            Hj ela parece uma Rom infantilizada muito colorida e tem aqueles após Cleaner que eu acho de índole questionável
            Os moto G tem vantagem de ter Custom Rom Lineage OS e ser quase Android puro e etc, nem todo Redmi tem.
            Eu uso um Port chamado Viper Os e é bem mais rápida que a Rom oficial.
            Desculpa o textão foi só para esplanar a qualidade.

          • Prazer,
            Metade dos meus amigos me chamam de “mãos de sabão”, a outra metade de “mão furada” e a outra metade xinga minha mãe quando eu derrubou as coisas deles.

          • Denis Belo

            Estou usando DotOs aqui no Note 3 Pro, rodando muito bem e no 7.1.2. Também uso essa capa com a borda acima da tela, e esse celular já caiu tanto, e toda vez que cai alguém que está perto faz aquela cara de “agora quebrou” e está ok ainda. Sim, eu sou muito desastrado, minha mulher não me deixa esquecer. ¯ _ (ツ) _ / ¯

          • Skeeter Valentinho

            Essas capas com borda acima da tela salva, esteticamente mata a beleza de qualquer smartphone…mas.
            Dot Os não conheço essa Rom.
            Vc disse Galaxy note 3 Pro?

          • Denis Belo

            Não especifiquei hahaha é o Redmi Note 3 Pro. Descobri essa ROM essa semana, no XDA e até o momento estou gostando bastante, só o sensor de digitais que as vezes demora um pouco pra responder, mas é um bug conhecido que estão trabalhando pra resolver.

          • Skeeter Valentinho

            Note pro top aparelho.

          • Jairo 😎🍺

            Ué, so vc comprar o Mi A1 que vem com Android quase puro, si vem com o app da camera da xiaomi.

          • Skeeter Valentinho

            Aí é sucesso

          • Abner

            Melhor coisa que você faz fiz o mesmo não me arrependo nem um segundo tenho hoje o Redmi note 4 64 GB pensa em um telefone maravilhoso ainda de quebra consegui um Tim Beta não trava o telefone de jeito nenhum

        • Natthan Fruche Terzi

          Eu importei um smartphone umidigi-crystal 64gb + 4 ram que saia em torno de R$ 500,00 ai paguei mais 200 de imposto, Total R$ 700,00. Analisando as specs achei que estava super no lucro, ai o aparelho chegou, vi que o processador mediatek, mesmo em teoria sendo bom não é fluido, por ele ficar desativando e ativando as frequencias o sistema não roda fluido, ai com 5 dias de uso a tela simplesmente apagou, acende o backlight, mas a tela não da imagem, entrei em contato com a gearbest, que me devolveu 30 dolares. pra arrumar vou ter que importar uma tela nova, que custa R$ 200,00 e pagar 50,00 pra um técnico trocar, ( celular lacrado – melhor mandar no técnico ). Tudo bem que sou azarado, mas pense R$ 950,00 dava pra comprar um ótimo celular aqui no brasil. Importar é um risco muito grande, por que mesmo tendo garantia de 1 ano, pra enviar de volta um aparelho sai muito caro e você fica meses sem o mesmo. Não recomendo a ninguém se arriscar como eu fiz.

          • Felipe Coutinho

            Por isso é preciso pesquisar bem antes de comprar, nunca compre por impulso e muito menos um mediaTek. Isso é um verdadeiro lixo. Gastei R$800 no meu rn3p (taxas, aparelho, películas e case), há 1 ano e meio atrás e está aqui até hoje com Android 8.1 fluído. Pesquisei bastante
            L.

          • Natthan Fruche Terzi

            Pesquisei bastante, mas infelizmente fui contemplado com uma saroba pra sentar em cima…

  • Minha única crítica aos Xiaomis é ela ter abandonado as telas (am)oleds.

    Motivo: Gosto pessoal.

  • Júlio César

    Esse plus aí está com um conjunto muito bom. A tela do Redmi 5 poderia ser FHD também, achei mt grande para uma resolução em HD. Mas olha o preço também…

    Alguém já comprou algum celular por esses sites chineses (ou qualquer outro)? Se sim, como foi?

    • Gertrudes, a Lhama

      Comprei 2 pela Gearbest. Foi bem tranquilo, por parte da loja, eles te mandam uma foto do pacote, é tudo bem transparente. Levam uns 2-3 dias pra enviar. Apenas lembre-se de sempre pegar um frete que possua rastreio.

      Em 5 dias chega no Brasil, aí fica entre 20-30 em Curitiba. Aí mandam pra tua cidade, tu vai no correio, paga a taxa e retira. Pode ter certeza que vão taxar, o valor depende do estado. Acredito que seja em torno de R$250, e se seu estado cobra ICMS, uns R$350.

      • Alexandre Roberto

        dica importante do frete c rastreio….ajuda a inibir pilantragem de certos funcionarios da estatal de entregas postais.
        nao tem um mes, na secao de defesa do consumidor do uol, um leitor mostrou o caso onde a agencia recebeu e o notificou p buscar…e quando chegou la p buscar….havia sumido
        resposta oficial da empresa estatal: contate o vendedor e peca reembolso ( serio)

    • Josenildo Araújo

      Comprei um Xiaomi MI5S em Janeiro e chegou com 34 dias corridos!
      Comprei na Gearbest, mas também tem a tomtop e a Banggod, faz uma pesquisa que vc vai ver que o preço é bem mais em conta que aqui no BR, e sobre o aparelho não tenho o que reclamar só elogios! e lembrando que a taxa de importação oficial é de 60% do valor do aparelho, mas na maioria das vezes eles cobram um valor padrão de R$ 200,00 independente do valor do aparelho, paguei R$ 207,00 na taxa do meu.

    • Alexandre Marchetti

      setembro do ano passado, comprei na gearbest um genericao chamado bluboo x9…promocao relampago por 72 doletas
      deu uns 40-42 dias…..a receita me taxou e o correios tambem…paguei mais 128 reais entre taxa e impostos….somando com os 230 reais q paguei nao chegou a 370 reais
      fiquei uns 4 meses com esse celular e passei para a frente…troquei em um xperia z1

      SOC mediatek….se vc usasse 3g + um jogo, fritava e ele mesmo pedia para desligar apos uns 40 mins nessa tocada
      Veio com malware de fabrica…..so resolvi substituindo a rom por uma lineage

  • Burnerman_X

    Xiaomi, maior consumidora de Snapdragon 625 do planeta.

    • Abner

      Quem quer Hélio x20

      • Maicon Bruisma

        Melhor o 625 mesmo

    • Maicon Bruisma

      Não reclama, até 2 anos atrás todas usavam o Snapdragon 400 cobrando mais que isso. O 625 pelo menos é bom

  • Nessa salada de letras e números, qual é o TOP DE LINHA da Xiaomi?

    • Deibson Wagner

      Mi 6

      • Valeu!

      • Gnull

        Bem mais fácil né. Ou seria o Mi Mix?

        • Filipe Alberto

          rapaz, o flagship da marca é o Mi6, o mimix seria o Note 8 da Samsung (o top, mas somente pra um nicho específico)

          • Gnull

            Hummm, entendi. Isso que sou usuário de um MI5. Tem muito aparelho

  • Trovalds

    Não chega oficialmente MAS na loja chinesa mais próxima já esgotou a pré-venda.

  • Era esse smartphone que devia ter vindo aqui!!!

    Aquele Redmi 2 foi zueira dela!

  • DumbSloth87
  • Programador Front-End

    da até uma tristeza ver noticias de smartphones de fabricantes que não vendem aqui.

  • Felipe Xavier

    Tenho um Xiaomi, mas desisti da marca. Ela lança um monte de aparelhos, mas simplesmente esquece de atualizar os lançados há 1 ano. Mimimi, ela atualiza a MIUI, mas não atualiza a versão do Android, pelo simples fato de não querer.

    • Humberto Machado

      Mas o foco da xiaomi é a interface em si, o MIUI…
      Ela também da foco nos aparelhos com Qualcomm.

      • Felipe Xavier

        Redmi Note 3 Pro, Qualcomm, lançado em fev/16 parou no Android 6. Ele recebeu a MIUI 9 com Android 6, porém todas as novidades dela, são especificamente do Android 7, a única coisa que mudou, foram as transições e tempo de animações. E o pior, ele já saía de fábrica com este Android, ou seja, ela não atualizou nem 1 versão, como é o que as fabricantes fazem. E nem dá pra culpar o hardware, pois isso ele tem de sobra.

        • Humberto Machado

          Tentou o beta? Geralmente no canal beta usam android 7

          • Felipe Xavier

            Sim sim. Uso a versão Beta desde janeiro deste ano. O único caminho é partir pra custom ROM, que já está no Android 8. Todos que possuem este aparelho estão decepcionados com isto.

  • Breno

    Uma dúvida, o conceito tela infinita n é quando a tela faz uma curva? Tipo o S8? Se n, qual é o nome da tela do S8? Já q infinita n é aquela curva?

    • jacob

      Sim é. O nome correto dessa feature do Xiaomi é tela bezel-less.

  • Marcos Soares Santos

    Ta quase pior que o LG Q6

  • Maicon Bruisma

    Custava fazer uma versão de 5.5″ de tela? Aí teria o tamanho do Redmi 4 Pro que tem 5″. Mas não, tacam 6 polegadas como se fosse pouca coisa. Ainda sim, estão bonitos

    • João Malaquias

      A proporção é 18:9. Tem a mesma largura (75.5x76mm) do RN4 de 5.5″ 16:9. O 5P só é mais alto. Já o 5 tem largura de 72.8 versus 70mm do R4. O propósito é aumentar a área sem aumentar a largura. Aí gostar disso depende.

      • Maicon Bruisma

        A questão é que o RN4 já é grande, tenho um OnePlus 3 que é do mesmo tamanho e é grande, ruim no bolso, apesar de ser bem mais fino. Um aparelho com tamanho menor e mesma tela seria show, já pegou num Umidigi Cristal? É maravilhoso

        • João Malaquias

          O Crystal tem a largura de qualquer 5.5 16:9, isso que eu não gosto nele e alguns de outras marcas, que são bezel-less na altura e “bezel-plus” nos lados. As fotos de divulgação dele são enganosas.

          • Maicon Bruisma

            Só que é menor, mesmo que pouco. A barra inferior é do tamanho das de outros aparelhos, mas a de cima e as dos lados são menores que o normal. Ainda sim, por ser 16:9 não é ideal. Um LG Q6 de 5.5″ é menor que meu Nexus 5x de 5.2″

  • Tori

    Xiaomi é legal, o que mata eles é a péssima camera que colocam em intermediários e seu microfone.

  • Thiago

    Só eu percebi que a Xiaomi recicla o snapdragon 625? Sempre usa ele em vários modelos 🤔

  • André Noia

    São celulares muito bonitos, mas todos os reviews que leio dizem que as câmeras são de medianas a decepcionantes. Alguns mostram até que os vídeos que eles produzem não tem estabilização e foco. Daí, acho que não vale tanto a pena ir aoenas por especificações.