Início » Web » YouTube prepara serviço de streaming de música

YouTube prepara serviço de streaming de música

Segundo fontes, o Google já até fechou parceria com a Warner Music Group

Por
08/12/2017 às 10h21
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Pode ser que vejamos mais um grande serviço de streaming de música em 2018. Estou falando do YouTube Remix, que, como revelou a Bloomberg, pode ser a terceira tentativa do Google para emplacar assinaturas em sua plataforma de vídeo.

Segundo a revista, o YouTube Remix deve chegar em março; o Google já teria fechado parceria com a Warner Music Group e estaria conversando com a Sony Music, Universal Music Group e a Merlin, consórcio de gravadoras independentes.

O Remix deve misturar algumas características do Spotify com o próprio YouTube, como a integração da música com videoclipes. Alguns artistas já teriam sido contatados para ajudar a promover o novo serviço de streaming.

O YouTube Music é um app para escutar músicas no YouTube.

Apesar de fazer streaming de vídeo, o YouTube é bastante usado para ouvir música: um estudo (PDF) da Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI) mostra que 85% das pessoas que visitaram o YouTube no período analisado escutaram alguma faixa de música.

A criação de um serviço de streaming dedicado também pode ser uma maneira de aumentar a receita dos artistas que disponibilizam músicas na plataforma. A IFPI aponta que a receita por usuário no Spotify é de US$ 20, enquanto a do YouTube não chega nem a US$ 1.

Segundo a IFPI, 55% das pessoas usam serviços de streaming de vídeo para ouvir música (o YouTube fica com 46%). Os outros 45% usam o Spotify, Apple Music e outros serviços especializados, pagos ou gratuitos. Neste ano (e nos anteriores), os clipes dominam os 10 vídeos mais vistos do YouTube, acumulando bilhões de visualizações individualmente (Despacito já tem 4,4 bilhões de views).

O Remix, aliás, não seria o primeiro serviço de streaming do Google: o Play Música, lançado em 2011, funciona até hoje (você conhece alguém que usa?). Já o YouTube Music Key, que cobrava assinatura para não exibir anúncios, foi substituído pelo YouTube Red, que permite baixar vídeos offline e reproduzir música no background.

Indícios não faltam para o serviço ser lançado; as assinaturas do Play Música e YouTube Red já são unificadas. E, no ano passado, o YouTube contratou Lyor Cohen, ex-executivo da Warner Music para articular melhor as negociações do serviço com as gravadoras. Será que agora vai?

  • Jose X.

    hmmm, será que não seria melhor comprar (se deixarem comprar) o spotify ?

    • Vin Diesel

      o dedo podre do google… ah eu iria rir muito se eles comprassem… daria uns 8 meses pro serviço acabar…

  • Eu uso o Google Play Music, usava Spotify, mas a muito tempo vinha deletando todas as minhas músicas salvas e deixando somente as playlists, e após muita procura na internet, não achei nenhuma solução, apenas dezenas de outros casos iguais. Então no começo do ano o Spotify reduziu o volume máximo, e foi o que me fez de vez mudar para o Google Play Music.

    Além disso, muitas músicas que escuto não tinham no Spotify e tem no GPlay, além de não precisar instalar outro app. Único contra que vejo é que o Spotify é bem mais bonito que o design do Google

    • Kodos Otros

      Tem duas coisas que o Spotfy ganha de lavada:

      1- O design do app. Não que o Spotify seja algo sensacional, é bom, mas sim pq o GPM é tenebroso;
      2- Aquele recurso de continuar ouvindo em vários equipamentos. Chego em casa ouvindo no cel, ele detecta na hora o Google Home, Chromecast e Xbox e pergunta se quero continuar em algum deles.

      De resto acho a base bem parecida.

      O que o GPM ganha pra mim é poder upar 50.000 musicas, de graça (sem nem usar o espaço do Google Drive) e elas se unificarem com a base online.

      • Exato, o design do GPM é bem ruim.
        Como só ouço música no celular e no computador, esse recurso não faz diferença pra mim.
        Esse lance de poder upar as músicas é sensacional. Outra coisa que o spotify tem de frescura, é que só pode baixar 3333 músicas pra ouvir offline, no GPM não existe esse limite, ou pelo menos nunca consegui chegar nele.

        • Kodos Otros

          Eu já usei o GPM e penso até em voltar a usar.
          Gosto muito dele saber que to em casa e mostrar playlists com musicas que costumo ouvir naquele local e horário.

          Ah, tem gente que reclama que não tem pra desktop, mas usei o Google P M Desktop e po, não sentia falta nenhuma de um programa oficial.

          https://www.googleplaymusicdesktopplayer.com/

          Com rel. a função “flow”, faz muita falta pra mim! Vc pode usar o Spotify como controle remoto também….

          • Quando uso no computador uso pela extensão do Chrome, não sinto falta nenhuma de um aplicativo específico pra ele. Mas tenho que dizer que meu uso principal é no celular mesmo, seja no carro, transporte público ou mesmo em casa, via caixa de som JBL.

            Ah, e fica a dica caso for voltar para o GPM e quiser levar sua coleção de músicas do Spotify, eu usei um script chamado Portify para migrar.

          • Kodos Otros

            Eu não sei pq estão demorando tanto em reformular o app.
            Até o site está bem melhor, sem aquele laranja horroroso.

          • Poxa, eu gosto do laranja e me acostumei tanto com a interface que acho super difícil usar o Spotify.

          • Kodos Otros

            Cara, eu acho muito tenebroso.
            Eu sempre achei que deveria seguir a linha de como está o site atualmente. Branco com letras laranjas e a opção de um tema escuro pra quem gosta.
            Mas eu acho que devem fazer isso lá pro ano que vem.

          • Então, eu queria só que tivesse quase um modo “negativo”, fundo preto, porém mantendo o laranja.

          • Root já tenho, mas to sem tempo/paciência pra ver como faz isso. Aliás, to até pensando em tirar, porque o netflix não ta funcionando (aliás, nem aparece pra download na Gplay).

          • Alberto Prado

            Eu li outros usuários falando que tem como esconder dos apps que seu smart tem root. Dá uma olhada.

          • Gesonel o Mestre dos Disfarces

            Magisk.

          • Kodos Otros

            Tá pelo Xposed?
            Eu usava um módulo que modificava as cores do app, mas ele não é mais compatível com as últimas versões do GPM.

            EU queria só retirar o laranja, deixar branco mesmo.

          • Felipe Oliveira da Silva

            Você pode usar o Substratum com o tema Swift Black não é necessário root.

          • Jamais, pelo jailbreak. Rsrsrs. Procura “Springtomize 3 similar in Xposed”. Daí tem a modificação pra você alterar todos recursos visuais.

          • Vin Diesel

            eu uso deezer e open soptify no desk… flow é o que eu mais uso no deezer

          • Kodos Otros

            Eu uso muito isso também.

      • Vin Diesel

        design nao me importa… é play e por no bolso, na mesa… mas esse recurso de varios equipamentos ja deveria estar em todos… o que precisa ser copiado os programadores nao copiam…

  • Alberto Carneiro

    Eu uso o Google Play Music. Salvei minha coleção de CDs no serviço e ainda tem espaço pra caramba. Além disso, tenho o plano família (foi o primeiro a disponibilizar aqui) e tenho amigos que também usam!

    • lobisomem

      Também uso. Tenho mais 30.000 musicas da minha biblioteca. Uso o plano família. O app para celular é uma bosta, mas a versão web é meu daily driver. Esperando uma interface tipo Deezer pro Android.

    • Esse foi o motivo que me fez sair do Spotify e assinar o Play Music. Eu curtia a interface, mas comecei a me irritar com a sensação de app “parado no tempo” (o recurso de podcasts ainda não chegou no Brasil), o que me fez mudar pro Spotify logo depois que lançaram o plano familiar. Na volta, percebi a diferença de ter um player muito mais rápido, menos bugs e uma infinidade de playlists. O recurso de subir músicas não me faz muita falta.

      • Mas spotify tem recurso de enviar músicas do seu pc pra ele.

        Eu upei toda minha galeria, normalmente..

        • Yuri Lima

          Também fiz isso mano, ouço muito Hip Hop, e alguns vem de Mixtapes que muitas vezes são gratuitas e não estão nas plataformas de streaming.Pra ouvir eu envio do meu notebook. É um processo muito simples.

        • Diogo

          Tem? Onde?

          • Eu conheço pelo notebook/pc. É uma área de transferência que quando seus spotifys estão abertos na mesma rede wifi, a música jogada nessa pasta é jogada no celular:

            1º- Com o spotify instalado no pc/note, abra as preferência (no ícone em cima ao lado da foto de perfil).

            2º- Desça até “Arquivos Locais/ Local Files”.

            3º- Na parte adicionar uma fonte/Add a source, você pode escolher entre iTunes, pasta de música, downloads. Ou todos.

            Pronto, vai aparecer todas músicas do seu pc no celular. Aí só ir nas playlists onde tem “Arquivos Locais” e ir adicionando as músicas de seus desejo nas playlists e clicar no “fazer download” pra não ficar usando seu 4G na rua.

            Até onde sei não há limites para upload. Tutorial oficial: https://support.spotify.com/us/using_spotify/features/listen-to-local-files/

      • felipelsp

        ja tem PODCAST no Brasil.. mas nao são todos brasileiros que estão no Spotify

  • David

    Se for mais caro que o spotify e mais feio que o play music, vai flopar.

    • Kodos Otros

      Mais feio que o Play Music é impossível.

  • Uso o Play Música, primeiro por que durante muito tempo só ele rodava no chromecast e aí só assim para ouvir música em casa com facilidade no home teather. Aí, tem a questão de subir seu próprio acervo e para terminar com chave de ouro, como ele é bem menos conhecido a TI não costuma bloquear seus caminhos e da para usar no wifi da empresa, coisa que o Spotify não rola… 😛

    • Vin Diesel

      mas é um TI de gordo tetudo, como o cara nao analisa o trafego?

      • Cara, sei lá. Se só tem uma pessoa requisitante pode nem chamar atenção dele.
        Sei lá, não sou de TI.

  • Andre Kittler

    Sabem neh que o google lança USA apenas por um BOM tempo…. muitas vezes o serviço nunca chega.
    Isso ocorreu claro como o Youtube Music key, que foi substituído pelo Red, que está sendo substituído pelo….

  • Eu tô usando o Google Play Music e tô gostando mais que Spotify… Ele identifica comportamentos com base na localização e sugere playlists. Um dia ele identificou que eu estava no trabalho até mais tarde e me sugeriu uma playlist da hora rs

  • Eu já usei o Play Music. Era o único que funcionava direito no celular da minha companheira — era bem antigo. Ele funciona muito bem, em termos de interface inclusive. É leve e a qualidade de audio, pra mim, ainda é a melhor de todos os outros serviços. Mas as rádios e as recomendações são tenebrosas. Gosto muito de descobrir músicas novas, artistas diferentes. Pra mim, não atende nesse aspecto — coisa em que o Spotify é maravilhoso.

  • Vitor Hugo

    Já usei o Play Música (por uns 4 meses). Gostava das recomendações de música dele (que está anos luz à frente das recomendações do Spotify). De resto prefiro o meu Spotify mesmo, tanto no aplicativo, quanto na qualidade sonora das músicas e na velocidade da transmissão. Sobre a oferta de músicas, de fato o Play Música tinha um acervo maior (pelo menos era o que me parecia).

  • Eu já usei o Google Play Música, mas voltei ao Spotify. No Play Música, pelo menos na época, não tinha uma oferta muito boa de artistas asiáticos, principalmente do Japão. Não que o Spotify seja ótimo neste quesito, mas encontro boa parte das músicas japonesas que eu procuro.

    Agora, olhando por este novo serviço, a principal vantagem de um serviço de streaming de música é o catálogo. É preciso ter um catálogo muito grande e vasto para chamar a atenção. Me pergunto ser haverá algum incentivo ou forma de remuneração especial por parte do Google para as gravadoras que irão também colocar seus artistas no YouTube Remix.

  • Marcelo Pietro

    “A IFPI aponta que a receita por usuário no Spotify é de US$ 20, enquanto a do YouTube não chega nem a US$ 1.”

    Como o Spotify chega a essa receita por usuário se a assinatura é mais barata?

  • Paul

    Não, obg. A julgar pelo GPM que tem uma das piores interfaces nesse tipo de app/serviço. O Spotify como um todo >>

  • Carlin

    Bom se já esta na terceira tentativa já da pra ter ideia das grandes possibilidades em não dar certo! Imagino que mais uma vez esse serviço não vai fazer frente aos demais serviços de streaming ja consolidados no mercado.