Talvez você tenha se esquecido do ICQ, mas ele não deixou de existir. O serviço de mensagens é usado por 11 milhões de pessoas ao redor do mundo, e 6,7 milhões delas estão na Rússia. Um de seus usuários estava envolvido em uma botnet, e foi descoberto pela polícia.

A botnet Andromeda era composta por 464 botnets distintas que espalharam mais de 80 tipos diferentes de malware desde 2011. Ela foi derrubada após autoridades da Bielorrússia prenderem um de seus responsáveis, chamado Sergey Jarets.

Uh-oh!

Um bielorrusso de 33 anos, Jarets era conhecido na internet como “Ar3s”, e era bastante respeitado em fóruns online sobre crimes cibernéticos. Ele demonstrava ter experiência em desenvolvimento de malware e engenharia reversa de software.

A empresa de segurança Recorded Future descobriu que Ar3s divulgava algumas formas de contato, incluindo um número de ICQ que estava registrado em nome de Sergey Jaretz.

“Analisando a atividade de Ar3s em fóruns, padrões linguísticos e materiais fotográficos, a Recorded Future o identificou como Sergey Jarets ou Jaretz, um homem de 33 anos que mora em Rechitsa, região de Gomel, Bielorrússia”, escrevem os pesquisadores.

O perfil do LinkedIn mostra que Jarets era diretor técnico de uma emissora bielorrussa chamada OJSC “Televid” Tele-Radio Company, cuidando de manutenção das redes na empresa. Em 2012, ele obteve um diploma em engenharia de software.

E, por fora, ele estava envolvido com a botnet Andromeda, uma rede de computadores infectados controlada remotamente. Criminosos podiam usar essa rede para disseminar seus produtos maliciosos pagando a partir de US$ 150 na deep web. Eles também podiam atacar alvos específicos usando malwares existentes, como o Petya (ransomware), Neutrino (DDoS) e Lethic (spam).

A Andromeda foi derrubada em um esforço que uniu FBI, Europol, Microsoft, ESET e outras entidades. A Microsoft diz que, nos últimos seis meses, detectou ou bloqueou o bot da Andromeda em mais de um milhão de computadores por mês.

Com informações: Ars Technica, ZDNet.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ochateador
Dinheiro. O governo simplesmente pode fazer um acordo simples. 1 dia de trabalho = 1 dia a menos na pena, no máximo o governo oferece comida e alojamento. Pode até ter muitas pessoas melhores que ele, mas essas pessoas não estão presas e irão exigir um salário mínimo de 10 mil dólares mensais (ou até mais a depender do que precisar fazer).
Jonathan
Uma pessoa não confiável sendo chamado para o governo. Não, nunca vimos isso (ironic mode)
G. Croft
O cara é só mais um, com um diferencial que é um criminoso, nem um pouco confiável. Pra q qualquer governo colocaria alguém assim enquanto existem milhares de pessoas até muito melhores que o dito criminoso? É muito comum achar que o cara vai ser aproveitado, quando a realidade é outra. Vai ficar preso, pagará multa e ainda terá direitos cassados após cumprir a pena, como não poder usar computadores profissionalmente por algumas décadas. Em resumo, o cara que faz isso é burro pra caramba e jogou sua vida fora.
ochateador
Nem vai ficar no sistema prisional comum. No mínimo irá trabalahr para a parte de informática do governo que capturou ele.
Sergio Monteiro
Lembro do meu ate hj
G. Croft
Vai ficar muitos anos preso em um dos piores sistema prisionais do mundo. Será que vale a pena?
betacaroteno
Saudade, ICQ, UIN de 7 dígitos. :)
Vai ser contratado assim que tiver livre.. certeza... Foi um belo marketing ter o nome oficial agora nas redes...
ʞǝʌǝɥs

e o Stuxnet ? pelo jeito parece que os justiceiros não se preocuparam em ir atrás...por que será ?

Jose X.
e o Stuxnet ? pelo jeito parece que os justiceiros não se preocuparam em ir atrás...por que será ?