Dispositivos como o Nest ajustam automaticamente o ar condicionado de acordo com as suas preferências. Lâmpadas como a Hue deixam a iluminação do jeito que você gosta. A sua casa ainda não tem esses recursos? Sem problemas: você poderá experimentar tecnologias parecidas se hospedando em algum Hilton.

Hilton - app

Bom, não é tão simples assim, obviamente. Os hotéis Hilton são de alto padrão, portanto, dificilmente a gente consegue associar as diárias da rede ao conceito de barato. Mas, a partir de 2018, quem não tiver problemas com isso poderá se hospedar nos hotéis da empresa e “configurar” o quarto antes mesmo do checkin. Basta usar o aplicativo do Hilton.

A ideia é permitir que o usuário gerencie toda a estadia usando o próprio smartphone. Com o app, será possível definir a temperatura do ar condicionado, criar atalhos para os canais de TV favoritos e controlar a iluminação (deixando só os abajures ligados, por exemplo).

Também será possível usar o smartphone como chave digital para abertura e travamento da porta (recurso que já existe) e, claro, realizar procedimentos inerentes ao próprio checkin, como escolher o quarto (outra funcionalidade também já disponível).

O objetivo de todo esse aparato tecnológico, de acordo com o Hilton, é deixar a experiência de hospedagem mais consistente. Assim, um viajante regular pode aplicar as suas preferências de acomodação em qualquer hotel da rede. Se a pessoa gosta de um ambiente mais frio, por exemplo, poderá encontrar o quarto com temperatura mais baixa assim que entrar nele.

Hilton - quarto

Será assim em toda a rede, mas só se os testes convencerem. O plano é testar essa conectividade no Hilton de Memphis e, ao longo do ano, levar a tecnologia a outros hotéis da rede nos Estados Unidos. Unidades em outros países deverão ser contempladas só mais para frente.

Para os hóspedes que não quiserem usar o aplicativo, a rede promete uma alternativa: o controle remoto da TV será substituído por um modelo mais avançado que dará acesso a quase todas as funções do app.

Com informações: Skift

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zanac_Compile
Sempre do ALI, monitorando do MUAMBATOR
Kodos Otros
Pois eh! Tem que ter muita coragem pra comprar uma Hue tendo essas opcoes. Onde vc costuma comprar?
Zanac_Compile
Pô, que legal. Ambos são na mesma linha então. O Hub IR dela custa 60 reais, o mais completo com RF, custa 110, uma tomada Wi-Fi sai 28 reais. As lâmpadas são genéricas e custam nessa base ai e fazem o mesmo que as HUE.
Kodos Otros
Eu uso com o Google Home, tem suporte pra Amazon tambem. Nao sei como eh o ecossistema da broadlink, vou dar uma pesquisada. O da xiaomi tem tudo, absolutamente tudo pra montar uma casa inteligente, isso que me atraiu bastante, alem do preco, claro, Uma lampada com wifi por 30 reais, nao vi nenhuma outra com esse preco. Essa semana teve uma conferencia dela sobre iOT. Ela ta investindo muito, at'e desenvolveu uma tecnologia nova la que foi bem elogiada, vamos ver.
Zanac_Compile
Avaliei bem entre Xiaomi e Broadlink e achei o Broadlink mais completo, além de ser mais flexível para outras plataformas, usar com o Amazon DOT e com a Siri. Em preço, acho que ambas são baratas e dá no mesmo.
Kodos Otros
Olha, custo beneficio melhor do que a linha da Xiaomi nao existe. Eu automatizei praticamente tudo no meu ap (luzes, campainha, cameras, controles remotos, sistema de alarme e de incendio) e acho que gastei uns 800 reais. Agora vou partir pro aspirador de po, umidificador de ambiente e purificador de ar, tudo integrado ao MiHome.
Zanac_Compile
Broadlink + Amazon Echo é o melhor custo benefício e faz chover na automação residencial. Faz tudo isso ai em casa, com pouco esforço.