Início » Aplicativos e Software » Q# é a linguagem de programação da Microsoft para computação quântica

Q# é a linguagem de programação da Microsoft para computação quântica

Por
2 anos atrás

A Microsoft acredita que a computação quântica vai mudar toda a indústria tecnológica e está se preparando para ela: a companhia disponibilizou o primeiro preview público da Q# (leia-se “Q Sharp”), linguagem de programação que está sendo criada especificamente para lidar com algoritmos quânticos.

Na verdade, o que a companhia liberou é a prévia de um kit de desenvolvimento que, além da linguagem, inclui um simulador de computador quântico e outros recursos para ajudar o desenvolvedor a criar os primeiros códigos. Tudo de graça: basta preencher um formulário para ter acesso ao Quantum Development Kit.

Microsoft Quantum

O elemento central da computação quântica, explicando rapidamente, é o bit quântico ou simplesmente qubit. Na computação que usamos hoje, temos como base o bit “normal”, que, no modelo simbólico criado para facilitar a nossa compreensão, assume o valor 0 ou 1. Já um qubit pode assumir 0, 1 ou uma superposição de ambos os valores. Por aí você já começa a entender o interesse crescente de organizações e instituições de ensino pelo assunto.

A linguagem Q# tem a missão de juntar conceitos tradicionais de programação com sintaxes específicas para computação quântica. Para facilitar a união desses dois mundos, digamos assim, a Microsoft integrou a linguagem ao Visual Studio. Assim, programadores com experiência nesse ambiente de desenvolvimento não deverão ter (tantas) dificuldades.

No kit também é possível encontrar documentação, bibliotecas e códigos de exemplo. O simulador que faz parte do pacote tem capacidade para lidar com algoritmos que requerem até 30 qubits. A Microsoft oferece ainda um simulador baseado na plataforma Azure (nas nuvens) com suporte a até 40 qubits.

O Quantum Development Kit deverá ser atualizado ao longo dos próximos meses com base no feedback obtido. Com a iniciativa, a Microsoft espera atrair o interesse de cada vez mais desenvolvedores para o assunto, assim como aumentar a compreensão acerca do conceito.

A computação quântica é vista como a resposta para problemas altamente complexos e desafiadores, como aplicações que medem mudanças climáticas e sistemas avançados de inteligência artificial. Isso porque computadores quânticos poderão resolver em horas ou mesmo minutos problemas que, na computação clássica, exigiriam anos.

Acesse a página do Microsoft Quantum Development Kit para download e mais detalhes.

Com informações: Ars Technica