Recentemente, Asus e HP anunciaram laptops com processador Snapdragon 835 que prometem um dia de bateria. A LG anunciou que sua linha Gram de notebooks terá autonomia semelhante, mas com processadores Intel.

O LG Gram virá em três tamanhos diferentes, todos com peso semelhante: 13,3 polegadas (965 g), 14 polegadas (995 g) e 15,6 polegadas (1.095 g). Eles possuem corpo de liga metálica — um composto de carbono e magnésio — usado na indústria aeroespacial, e resistência MIL-STD 810G a impacto, pressão e temperatura.

Eles têm um corpo fino e bateria de 72 Wh; e são equipados com processadores Intel Core i7 e i5 de 8ª geração e armazenamento SSD. A ventoinha “é ainda mais silenciosa e emite menos calor do que antes”. Desta vez, temos um teclado retroiluminado, opção de touchscreen, leitor de digitais e Thunderbolt 3.

A fabricante ainda não revela todos os detalhes — saberemos mais na feira CES, em janeiro — mas adianta alguns benchmarks. O LG Gram de 13,3 polegadas dura até 22,5 horas com base no MobileMark 2014. O modelo de 14″ aguenta até 21,5 horas de uso; enquanto a versão de 15,6″ chega a 19 horas.

O MobileMark é um teste peculiar. Ele simula o uso do computador em um escritório, com programas do Microsoft Office, Adobe Acrobat, WinZip (!) e Google Chrome. No entanto, o laptop não pode estar conectado à internet: o Wi-Fi precisa estar ativo, mas conectado a uma rede que não leva a lugar nenhum.

Dado que o principal uso de laptops é acessar a internet, esse teste não deve ser muito preciso. De fato, segundo o LaptopMag, há uma discrepância de pelo menos 50% entre a autonomia prometida pela fabricante e o que o usuário obtém de fato.

No ano passado, a LG prometia que seu Gram 14″ duraria até 23 horas (usando um benchmark antigo para a bateria). A autonomia real, segundo reviews, ficava entre 10h15min e 15h40min.

Será que, desta vez, teremos laptops com processador Intel que realmente duram quase o dia todo? Saberemos ao certo no ano que vem, quando o LG Gram (2018) chegar ao mercado.

Com informações: LG, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lidio
Eu tenho o Gram 2017, o branco. A bateria é muito menor que a do modelo americano. Na prática dura cerca de seis horas. No geral é uma máquina excelente, muito rápida e conveniente de levar para lá e para cá. Esse modelo que virá com os acréscimos e atualizações deverá brigar no andar de cima com os melhores tipo XPS, MacBook, Yoga 910 e outros.
Gabriel Brito
Se a questão fosse só a bateria... a Qualcomm colocou os PCs no século XXI, fez bem mais do que isso.
rocarmo
Que em 2018 a LG não faça o que fez em 2017, em que trouxe para o Brasil um Gram com bateria menor que a utilizada no modelo internacional (60 Wh vs 34 wh).