Há alguns anos, falamos por aqui sobre o Plastc: uma solução tudo-em-um para substituir seus cartões de crédito, débito, fidelidade e gift cards. Ele tinha uma tela e-ink, se conectava ao seu smartphone via Bluetooth, e… era bom demais para ser verdade.

Depois de arrecadar mais de US$ 9 milhões na pré-venda, a Plastc não conseguiu lançar o produto e declarou falência. Ela foi adquirida por uma empresa chamada Edge, que promete dar continuidade ao projeto do cartão tudo-em-um.

O CEO Peter Garrett diz ao The Verge que fazer esse supercartão é como “criar o primeiro iPhone”: toda a tecnologia existe, mas o desafio é colocá-la em um dispositivo pequeno — neste caso, com 1 mm de espessura.

Além do hardware, há outros problemas que a Edge precisa resolver: por exemplo, ainda falta uma parceria com empresas de cartão de crédito, incluindo Visa e Mastercard.

Mas desta vez, os clientes não terão que arriscar o próprio dinheiro: o produto chegará ao mercado graças a um investimento de private equity, e não dependerá de pré-venda. Quem comprou um Plastc receberá um desconto de US$ 50 no site da Edge.

O sonho de um supercartão

Será que agora vai? Pouco a pouco, os smartphones estão assumindo o papel de armazenar nossos cartões. Pode não ser algo tão comum no Brasil, mas nos EUA, 17% dos consumidores realizam pagamentos móveis com frequência; a proporção é ainda maior em alguns países da Europa, como Itália e Espanha.

Além disso, o sonho de um supercartão vem sendo constantemente frustrado. Em 2012, o Geode registrava seus dados financeiros na tarja magnética de um cartão especial através de um case para iPhone.

O projeto arrecadou milhões e, depois de um tempo, sumiu do mapa: o produto não era muito durável, e parava de funcionar após certo tempo de uso.

Então, em 2013, o Coin prometia substituir seus cartões com outro cartão: ele tinha Bluetooth integrado, tela e-ink, e bateria que durava dois anos.

O produto foi lançado com atraso, e funcionava muito mal: as maquininhas não conseguiam ler a tarja magnética. A empresa por trás do Coin foi adquirida pela Fitbit, e seus serviços foram encerrados.

Mas ainda há alguma esperança. O Curve Card conseguiu realizar bem essa ideia: trata-se de um cartão emitido pela Mastercard, ao qual você pode associar cartões de débito e crédito (da Visa ou Mastercard), e usá-los até mesmo em caixas eletrônicos — algo que o smartphone não permite.

O app da Curve permite alternar entre seus cartões, e acompanhar seus gastos em uma linha do tempo. Além disso, se você fizer um gasto no cartão errado, pode “voltar no tempo”: o app faz um estorno e depois desconta o valor do cartão correto.

O Curve Card está disponível na Europa, apenas para pessoa jurídica no momento; uma versão para pessoa física será lançada “muito em breve”.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcelo Pietro
Mas a vida adulta já chegou colega.Ela me mostrou que não adianta ter vários cartões e receber apenas um salário.Uso apenas um cartão de crédito e um de débito.Mais de 10 anos que utilizo cartões e nunca paguei juros.Qualquer especialista em finanças pessoais lhe diria que essa conduta de ter vários cartões é muito prejudicial.A vida adulta me mostrou que preciso trabalhar e não posso ir ao clube qualquer hora do dia.
M1M Meu 1º Milhão
Esqueci: 1 cartao de acesso ao meu condominio
M1M Meu 1º Milhão
Quando a vida adulta chegar vc vai entender que não é uma escolha sua. É melhor vc carregar um cartao a mais do que gastar 10% a mais em cada lanche que vc faz, ou ter uma taxa de juros 2% menor pq vc optou por utilizar o financiamento do banco mais barato, ou ter conta em 2 ou 3 bancos populares pra atender seus clientes, ou vc se dá ao luxo de poder ir ao clube a qualquer hora do dia sem ter que se preocupar em como fazer pra entrar la, ou seja: A vida acontece!
M1M Meu 1º Milhão
A solução por pagar de app não eh pro aproximacao. Samsung Pay sempre da problema. A solucao sao apps estilo picpay e wechat (que já domina a China) que é feito tudo pela Internet! Se vc nao tem 3G, nao tem problema, conecta no Wifi da loja ou o vendedor compartiha a Internet com vc... Qnd eh pra receber, td mundo dá um jeito! Se o aparelho for roubado ou quebrado, paciencia. Todos esses apps so funcionam a base de senha/touch Id/Face Id. Entao seria o msm problema de roubar um cartao de credito: vc corre o risco de usarem ate vc bloquear a conta no aparelho.
M1M Meu 1º Milhão
Vc tá na loja querendo pagar com celular, eu te garanto que o vendedor vai te emprestar o powerbank/carregador/tomada o que quer que seja.
Arthur Soares
Beleza Power bank phone
Arthur Soares
Claro, no meio da rua é cheio de tomadas
Pedro Henrique Rodrigues
Eu penso que a solução esta nos smartphones. Tanto iOS como Android oferecem os apps Wallet. Basta as empresas aderirem. Alem de cartoes de credito e debito, cartoes de embarque, fidelidade e etc podem ser adicionado em ambos. Esses dias fiz uma carteirinha de estudante, e tive a oportunidade de adiciona-la ao Wallet do meu telefone, tendo a mesma validade da física. Seria interessante ter essas plataformas expandidas
Jessé Lima
Muito boa!
Cobalto
Colocou link externo? Pode ter ido pra moderação automaticamente e ninguém ainda fez questão de ir lá analisar.
Moshe Mauricio Marques
E lá vem outro Edge pra relançar algo que já morreu. kkkkkkkkkkkk
Douglas Paula
Comentei aqui sobre um cartão que já existe e é muito mais seguro e com mais vantagens que o citado na matéria e excluíram o meu comentário. Percebe-se que o interesse aqui é fazer um informe publicitário e não levar benefícios para os leitores
Douglas Paula
O Flye card está em fase beta nos EUA e acumula pontos, tem biometria, GPS, é à prova d'água e insere 8 cartões nele. Vai entrar no Brasil ano que vem
Douglas Paula

Esse supercartão já existe, chama-se Flye, e está em fase beta nos EUA (mas pode ser adquirido por usuários no mundo todo e já tem gente testando no Brasil também). Mais detalhes sobre ele:

- Produzido com tecnologia patenteada pela mesma empresa que produz os cartões dos congressistas americanos (Next Id)
- Armazena até 8 cartões de débito/crédito (possível expansão dessa quantidade para a versão definitiva)
- À prova d'água
- GPS incluso
- Ativação por biometria
- Emite som e luz LED em caso de perda (ativado pelo celular)
- Não possui nenhum dado escrito no cartão. A identificação é feita por uma tela do tamanho de um selo, que identifica o usuário e o cartão escolhido.
- Bloqueio automático caso nenhuma operação seja realizada em 10 minutos
- Experiências exclusivas em restaurantes e lojas parceiras
- Acumula pontos para viajar (além dos que já são acumulados pelo seu cartão de crédito inserido no supercartão)
- Só pode ser adquirido por representantes da Worldventures (empresa que comprou a Next, detentora da patente) ou por venda direta realizada por esses representantes.

Ou seja, o cartão é super seguro e ainda garante vários benefícios. Não temos dúvidas que será uma febre quando chegar no Brasil.

Caso se interessem, mandem um whatsapp para o meu número (21)991095173 que enviarei mais informações assim que for liberada a venda no Brasil. O site oficial da empresa é www.flye.com

antônio
é um xkcd sksmsmzm
Exibir mais comentários