Em um relatório entregue ao governo dos Estados Unidos no meio do ano, a Microsoft definiu a inteligência artificial (IA) como prioridade para seus negócios. Não foi da boca para fora. Cada vez mais serviços da companhia estão sendo “turbinados” com IA. O mais recente é o Office 365.

Na verdade, o ecossistema do Office 365 conta há algum tempo com tecnologias de inteligência artificial. Elas são usadas, por exemplo, para fazer traduções de documentos, detectar atividades de malwares e permitir que o usuário dite texto em vez de digitá-los. Mas, agora, a IA estará mais implícita, digamos assim, tudo para melhorar a produtividade.

Insights - Excel

Começa pelo Excel. A ferramenta está recebendo uma função chamada Insights que utiliza aprendizagem de máquina para analisar planilhas complexas e extrair delas, automaticamente, padrões de dados que podem facilitar o trabalho do usuário. Com isso, será mais fácil identificar tendências ou valores atípicos que, como tal, podem revelar um problema.

O Word também vai ficar um pouco mais inteligente, embora só a partir de 2018. Para o editor de textos, a Microsoft promete uma funcionalidade chamada Acronyms (Acrônimos) que, com base no Microsoft Graph, ajudará o usuário a entender a taquigrafia (abreviações e símbolos que agilizam anotações) usada em seu local de trabalho indicando definições que foram encontradas em outros documentos.

IA no Word

É difícil falar de inteligência artificial na Microsoft sem lembrar da Cortana. A assistente também está presente na atualização, mas de um modo bem específico: foi integrada ao Outlook para iOS de forma a permitir que o usuário receba notificações com base nos compromissos agendados. A Cortana poderá, por exemplo, enviar uma notificação automática com um mapa descrevendo o trajeto até o próximo evento.

A Microsoft promete ainda melhorar a capacidade do OneDrive e do SharePoint de reconhecer conteúdo dentro de fotos, capturas de tela, recibos digitalizados e afins. A partir de agora, esse recurso extrairá automaticamente textos reconhecidos nas imagens para facilitar as buscas. Assim, se você tiver uma pasta com cartões de visita digitalizados, por exemplo, bastará pesquisar pelo nome para encontrar os dados de contato de uma pessoa.

Tecnocast 064 — Mitos e verdades sobre a IA

Existe uma certa afobação na comunidade em torno da inteligência artificial. E isso tem acontecido principalmente porque a ideia de máquinas inteligentes gera muita mídia, além de ser um prato cheio para filmes e séries de ficção científica.

Mas a IA ainda está longe de se tornar um ser autônomo, que pensa como um ser humano. O que temos hoje são várias IAs restritas, desenvolvidas para tarefas específicas. Esse é o tema do Tecnocast 064. Dá o play e vem com a gente!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Erico F.

Sim claro. Faz sentido. Uso o Office 365 e quando tem um documento do Word muito personalizado, com cabeçalhos, gráficos e rodapé, não fica muito bom na versão online. Acho que é por isso que criaram uma função na versão desktop de salvar automaticamente, o que fazemos na versão instalada, já vai salvando online no OneDrive. Esse avanço e outros tornam a Microsoft muito além, na minha opinião.

Felipe Costa Gualberto

Concordo que um aplicativo de lembretes pode ser uma exceção.
Não detalhei muito bem: estou falando de Excel e Word, que não produção pesada de conteúdo.
Talvez fique de fora dessa categoria OneNote, EverNote, PowerPoint e Project.

Erico F.

Cara, o "Office" da Apple pra ser implementado entre uma equipe, necessita de uma nova vida pra todos se adaptarem. kkkkk Acho que a Apple criou o iWork só pra dizer que tem um "Office". Eu tenho o Mac e instalei o iwork. Simplesmente não uso pra NADA.

Erico F.

Já ouvi várias coisas, o pessoal fala que o Google é uma tendência. Disso eu sei. Ninguém pode subestimar uma ideia do Google, mas, dizer que o "Office" do Googl

Erico F.

Eu tenho o Macbook com OSX e uso as ferramentas do Office 365 pra trabalho. Melhor ainda se eu tivesse um PC com Windows, mas, tenho o Mac.

Erico F.

Por que (minha opinião) o Office 365 veio pra ficar: pelo menos 90% das pessoas usam o pacote Office. Ainda mais com estas ferramentas online, atreladas ao Outlook, SharePoint, etc. Não conheço quem usa o pacote do Google (planilhas e documentos). Não acho uma opinião lúcida quando alguém fala que a Microsoft vai acabar por causa do Google.

Erico F.

Cara, nem sempre. Uso o Evernote offline e online quando estou em outro computador e é a mesma coisa.

Erico F.

O Office 365 hoje em dia é incomparável. Eu, pelo menos nos dias de hoje, ainda acho que o mundo está imaturo pra sair do pacote Office e ir para as ferramentas do Google. Uma empresa, uma vez, me falou que o pacote de ferramentas do GSuite é uma tendência. Fiz um teste uma vez e não dá certo. Você até trabalha online, bacana, mas quando vai compartilhar uma planilha ou documento, a outra pessoa não usa gmail e não consegue acessar. Com a chegada do Office 365, a Microsoft salvou-se com o avanço rápido do Google.

NTIW Solutions

Excelente post sobre o Office 365, Trabalhamos com essa ferramenta em nossa empresa e está facilitando em 100% os nossos processos! Nossa empresa se chama NTIW Solutions

Diego Rocha
Não consigo gostar do Office 365, a empresa que trabalho migrou e eu acho muito bugado. Tanto web quanto Android
Gertrudes, a Lhama
Uso o Visual Studio Code, Terminal, Spotify, Telegram e o Firefox. Trabalho de faculdade fazia no GDocs mesmo.
Cortana ?
Afinal, o que você faz no computador? Talvez você nem precise de um.
Gertrudes, a Lhama
Sobre o desempenho no Linux, vai variar muito por distro, acredito. Eu não gosto do Ubuntu por exemplo. Interface feia e lenta pra mim. O Mint é super rápido, mas não gosto da interface dele. Já o Deepin pra mim é rápido e prático. Esse recurso de timeline é muito legal, acho até incrível ele não ter existido até agora. Mas não o vejo sendo útil pro meu caso de uso. É mais um recurso que está lá mas não vou usar, entende? As 72827 distros diferentes de Linux são um dos grandes motivos de ele nunca atrair um grande público, mas pra quem vai a fundo entender isso é muito bom, pois sempre se acha a que casa perfeitamente com seu uso. (A não ser que você jogue/use muito Office/Adobe)
Cortana ?
Com o Linux eu já tenho o sentimento que ele não faz uso eficaz do hardware, com uma composição gráfica mais lenta. O Windows 10 não é mais um sistema standalone como era o XP, ele foi pensado para ser móvel, conectado com vários serviços online que se comunicam o tempo todo, assim como Android e iOS, mas não vejo queda no desempenho. Acho muito engraçado quando vejo uma pessoa plugando um pendrive ao notebook para trabalhar em uma planilha. Essas pessoas não conhecem o OneDrive? Outra ainda usa bloco de notas no pendrive para ter mobilidade com as anotações. Elas não conhecem o OneNote? Windows Timeline é a continuidade que todo trabalhador sempre quis: https://www.baboo.com.br/windows/windows-10/demo-windows-timeline-no-windows-10/ Não estamos mais nos anos 90, estamos conectados e em movimento o tempo todo.
Gertrudes, a Lhama
Entendo. O Windows 10 já foi pior, mas está melhorando (continuo usando no trabalho). Eu aprecio muito o sentimento de “limpeza” que tenho ao usar o Deepin Linux, a sensação que me dá é que ele só está rodando exatamente o que eu preciso. Não tem montanhas de código ou processos rodando pra coisas que não vou utilizar. Isso afeta na performance. A navegação web é muito mais rápida no Linux, não sei exatamente o porquê. Tenho uma internet bosta em casa, porque sou refem da Oi, mas no Linux os sites carregam muito mais rápido e a conexão cai menos. Realmente não entendo o porquê. A interface também não me agrada, parece que carrega o legado dos anos 90 e 2000(compreensível, quando tentaram mudar foram crucificados) Sem falar nas atualizações, que eu tenho que marcar minha conexão como limitada pra não correr risco de ele escolher uma hora inconveniente. Enfim cara, eu não acho ruim, só não é o melhor pra mim.
Exibir mais comentários