Início » Celular » Por que seu iPhone fica mais lento com o tempo

Por que seu iPhone fica mais lento com o tempo

Números indicam que a Apple realmente diminui a velocidade do processador de acordo com o desgaste da bateria

Paulo Higa Por

Assim que um novo iPhone é tirado da caixa, o desempenho impressiona: tudo é bastante fluido, os aplicativos carregam rapidamente e qualquer jogo roda suave como manteiga. No entanto, dois anos depois, parece que ele está mais lento. Será que o iOS ficou mais pesado? Ou é apenas uma impressão errada? Na verdade, a Apple realmente diminui a velocidade dos processadores dos iPhones com o tempo.

O assunto chamou a atenção do Reddit na semana passada. O usuário TeckFire afirmava que seu iPhone 6s parecia mais lento que o iPhone 6 Plus do irmão, o que não fazia sentido considerando o hardware mais potente do primeiro. Depois de rodar alguns testes, ele descobriu que sua bateria estava com 20% de desgaste e decidiu trocar a peça.

O resultado: a pontuação no benchmark sintético Geekbench quase dobrou. Antes da substituição do componente, o processador Apple A9, do iPhone 6s, atingia 1.466 pontos em single-core e 2.512 em multi-core. Com a bateria nova, o aplicativo passou a mostrar 2.526 e 4.456 pontos, respectivamente.

Mas será que não foi um caso isolado? Não. A Primate Labs, responsável pelo Geekbench, publicou nesta segunda-feira (18) alguns gráficos para mostrar a frequência de pontuações no benchmark. Os números indicam que, a partir do iOS 10.2.1 (no iPhone 6s) e iOS 11.2.0 (no iPhone 7), há alguns picos de pontuações, sugerindo que a Apple diminui propositalmente a velocidade do processador por software.

No caso do iPhone 6s, tudo parece normal no iOS 10.2.0. Há um único pico na pontuação do núcleo do processador, indicando que quase todos os aparelhos chegam a aproximadamente 2.500 pontos:

Mas, no iOS 10.2.1, vemos outros picos, perto dos 1.000, 1.500, 1.800 e 2.100 pontos, mostrando que vários usuários estão com desempenho abaixo da média:

E isso se agrava ainda mais na versão 11.2.0:

O mesmo comportamento está presente no iPhone 7, mas não na mesma versão. Até o iOS 11.1.2, tudo parece normal, com quase todos os aparelhos chegando a 3.500 pontos ao utilizar um único núcleo do chip Apple A10 Fusion:

No entanto, no iOS 11.2.0, vemos mais unidades atingindo 1.700, 2.200 e 2.600 pontos. Ou seja, na pior das hipóteses, o desempenho do processador pode chegar a metade do que ele realmente é capaz.

A Apple ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso. A Primate Labs afirma que o problema parece ser generalizado, e que piora de acordo com a idade do aparelho. A teoria é que a Apple desenvolveu um recurso que limita o desempenho do processador conforme a bateria se desgasta, evitando que o aparelho se desligue sozinho — um problema famoso do iPhone 6s.

O motivo é que, conforme a bateria se desgasta, a tensão fornecida pelo componente fica menor. Em determinadas condições, o processador consome mais energia do que a bateria é capaz de prover, o que faz o aparelho desligar inesperadamente. Então, a solução foi limitar o consumo (e consequentemente o desempenho) do chip.

Mas é claro que isso acaba nos levando ao assunto da obsolescência programada: a redução proposital de desempenho faz os usuários perguntarem se eles deveriam comprar um iPhone novo (e não uma bateria nova) quando o aparelho estiver mais lento. Então você já sabe: se o seu smartphone estiver dando algumas travadinhas, uma troca de bateria pode resolver o problema.

¯\_(ツ)_/¯

Atualização: a Apple confirmou oficialmente que reduz o desempenho de iPhones com baterias mais velhas e lançou uma atualização que dá a opção de desativar a redução de velocidade. Veja como descobrir se o seu iPhone foi afetado.

Tecnocast 075 – Antiobsolescência programada

No mundo da tecnologia nós sempre ouvimos falar da obsolescência programada, aquela tese de que as empresas deixam os produtos antigos mais lentos a cada atualização de sistema operacional para te obrigar a comprar um novinho em folha.

Mas olhando o copo meio cheio, algumas categorias de produtos ainda conseguem durar, basicamente, até o dia em que efetivamente param de funcionar. E isso entregando uma performance igual ou muito similar ao dia da compra. Neste programa conversamos sobre os gadgets que não atualizamos com tanta frequência. Dá o play e vem com a gente!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

BatRoger
Fez o hard reset? Tenho um retina 64 giga que está como o seu.
Jayme Ricardo
O meu não voltou não, troquei a bateria hoje continuou a mesma pontuação chula de 839 pontos single core em um 6
Jayme Ricardo
Troquei minha bateria hoje, achando que resolveria a lentidão do meu iPhone 6 baseado nessas notícias, me lasquei continua a mesma carroça, batendo 839 pontos single core no Geekbench 4... obsolencia programada sim !!!
Reiina
Agora, também vamos ver nosso canal de canal da web de forma gratuita e de qualidade, por exemplo, S.W.A.T. Under Siege HD >>>>>>> POPCORNHDFLIX.BLOGSPOT.COM
Giorgina
Agora também vamos visitar nosso site com facilidade, por exemplo, Free Fire HD >>>>>>> BOXOFFICESTUBE.BLOGSPOT.COM
Jonas S. Marques
Em primeiro lugar, a Apple não da a opção, ela simplesmente faz. Em segundo lugar, a queda de desempenho é de 40 a 50 %, é só ver os números do texto. Sim, se fosse uma opção que eu pudesse marcar tudo bem. E se fosse também um controle que eu pudesse definir. As vezes eu não quero que o processamento diminua pela metade, mas sim uns 10 ou 15 %. E tudo bem se a bateria ainda acabar 10 % mais rápido, é só ate´eu comprar uma nova.
Renato Bessa
Qual seria um bom app para testar minha bateria? Meu aparelho é um iPhone 6s
Abraão Caldas
Então você está tirando uma conclusão com base em um "Até onde sabemos"?
Natthan Fruche Terzi
O que da mais dinheiro? iludir o consumidor, fazendo ele acreditar que o aparelho está defasado, e acabar comprando um novo. Ou avisar para ele trocar um componente e ficar com o aparelho antigo.
Natthan Fruche Terzi
Desligar seria a melhor opção, assim você pode levar a um técnico para ver, e não simplesmente reduzir o desempenho para criar uma ilusão de obsoleto, afastando a chance de ser reparado.
André Silva
Você não deve ter lido ou não entendeu a matéria né? Os aparelhos desligavam abruptamente. A Apple lançou um update para resolver. Todo mundo ficou feliz. Pula 10 meses sem atualizar e a performance do aparelho caiu para metade porque o update que resolvia o problema de desligar, na verdade reduz o clock do processador.
André Silva
Eu fui sarcástico... não tem nada de vantajoso nisso, a não ser para a Apple.
André Silva
Esse aviso é sobre a performance da bateria, não do processador. Não tem nada haver com esse problema aqui.
André Silva
Vitor esse não é o problema aqui. Seu X2 desliga aleatoriamente mas a performance dele é a mesma. A Apple reduziu a performance (o clock) do processador conforme o desgaste da bateria. Você comprou um aparelho rápido e 1 ano depois ele está lento. Ela fez um recall pequeno de baterias e escondeu o problema criando outro que o usuário só resolve se pagar. Se você soubesse que a performance cai conforme a bateria envelhece, vc teria ido trocar a bateria de graça faltando 1 semana para acabar sua garantia. Mas ela escondeu isso de você e agora só pagando. Entendeu?
zoiuduu .
PUxa que safada essa companhia, reduz o poder do processador e nem avisa o pq.
Exibir mais comentários