Em junho, o Google anunciou que o Chrome teria um bloqueador de anúncios nativo, em uma cruzada contra as propagandas de “má qualidade”, que se sobrepõem ao conteúdo ou ocupam espaço excessivo na tela. A empresa deu um tempo para que os sites se adaptassem, e acaba de anunciar uma data para ativar o recurso: 15 de fevereiro de 2018.

Imagem por geralt/pixabay

Como notou o VentureBeat, é provável que a ativação do bloqueador de anúncios seja feita remota e gradativamente pelo Google, já que a data não está ligada a nenhuma versão específica do navegador: o Chrome 64 (que silencia vídeos com autoplay) está previsto para ser lançado em 23 de janeiro, enquanto o Chrome 65 só chegaria em 6 de março.

Claro que nem todos os anúncios serão bloqueados, afinal, eles são a principal fonte de receita do Google. Deixarão de ser exibidos no Chrome os banners e pop-ups que não se enquadrarem no Better Ads Standards, que define os padrões de boas experiências de publicidade na internet.

São considerados anúncios de má qualidade os vídeos que tocam automaticamente com som; banners grandes e fixos na parte inferior da tela; anúncios que ocupam mais de 30% de toda a página; propagandas que aparecem antes do carregamento do site e só permitem fechá-las depois de uma contagem regressiva; entre outros. O Google publicou um guia para ajudar os sites a adotarem anúncios melhores.

A partir de 15 de fevereiro, todos os sites terão seus anúncios de má qualidade bloqueados pelo Chrome. Os sites que insistirem em violar as regras, exibindo propagandas invasivas por mais de 30 dias, terão todos os anúncios barrados.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Xavier
Pra mim, o pior são anúncio de 3, 5, 8 minutos. Às vezes monto uma playlist de vlogs e coisas do tipo, e deixo executando no celular enquanto faço outras coisas, mas tenho que parar pra pular, porque o anúncio é maior que o próprio vídeo.
Roberto Oliveira
É um inferno. Tá no meio do vídeo e aparece aquela propaganda bizarra com som no último. PQP!
Tom
O pior é quando toca no meio do vídeo ptqpriu
Rafael Oliveira
Sim faz.
Marsupial radical
"vídeos que tocam automaticamente com som" Anuncios em vídeo que dão play sozinho por si só já são Ads ridículos. Se não descontassem das franquias de dados, pensaria melhor sobre.
Jailson Effting
Pois é. Esses dias fui ver alguns vídeos no celular e só dá iFood e anuncio de videoclipe de banda chata
Jailson Effting
O ublock já faz isso, não?
Gertrudes, a Lhama
Anúncios no YouTube já causam efeito negativo pra mim. São MUITO chatos. Tipo, eu entendo que precisa gerar receita, inclusive pro cara que fez o vídeo. Mas os anúncios lá já deixaram de ser apenas um inconveniente; são irritantes. Todo santo vídeo tem propaganda do iFood, já até peguei raiva do serviço
Trovalds
Os antimalware (ou antivirus, como prefiram) que monitoram navegação já bloqueiam. Kaspersky, por exemplo. E se o site tiver uma política específica quanto a isso eu prefiro doar processamento do que ter anúncios.
Baidu feat MC Brinquedo
Totalmente apoio!
Luiz Claudio Eudes Corrêa
Seria legal se botassem bloquear de mineradores de moedas virtuais
Vinicius Wagner
Né.
Rodrigo Peçanha
O anúncio do YouTube vai sair então.