Início » Negócios » Bitcoin chega a cair mais de 50% em um dia no Brasil

Bitcoin chega a cair mais de 50% em um dia no Brasil

Por
30 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Se a queda sem explicação no preço do bitcoin chamou a atenção no mundo, imagine no Brasil. As casas de câmbio nacionais chegaram a negociar a criptomoeda com uma desvalorização de mais de 50% na tarde desta sexta-feira (22), voltando ao patamar de menos de R$ 30 mil por bitcoin.

Foto por Marco Verch/Flickr

O Tecnoblog apurou que o maior tombo foi visto no Mercado Bitcoin, que afirma ser a maior empresa de moedas digitais do Brasil e da América Latina. Na exchange, um bitcoin foi negociado por R$ 28.971, ou 53,3% a menos que a máxima de 24 horas, de R$ 61.999. No momento da publicação deste artigo, o Mercado Bitcoin havia suspenso todas as operações de compra e venda com criptomoedas.

Também houve queda acentuada na Bitcointoyou. Em 24 horas, a criptomoeda foi do máximo de R$ 58.500 para um mínimo de R$ 27.648, uma baixa de 52,7%. O site oficial da casa de câmbio afirmava que 503 bitcoins haviam sido negociados no último dia, o equivalente a R$ 16,6 milhões.

O mesmo movimento foi visto em outras empresas brasileiras de compra e venda de bitcoins, com queda de 43% na Foxbit (de R$ 59.009 para R$ 33.910) e 48% na NegocieCoins (de R$ 63.100 para R$ 33.000). A Foxbit bloqueou novos cadastros até o dia 8 de janeiro depois de ver o número de pedidos de criação de conta triplicar.

A queda fez o bitcoin ser vendido no Brasil por preços significativamente menores que no resto do mundo. Enquanto a moeda valia R$ 31.999 (equivalente a US$ 9.727) no Mercado Bitcoin, a média em exchanges estrangeiras era de R$ 39.574 (aproximadamente US$ 12.031). Nos países que embarcaram na febre do bitcoin, como a Coreia do Sul, a moeda ainda valia US$ 15.800.

Tecnocast 071 – Vale a pena investir em bitcoin?

Não é por acaso que tanta gente vem falando sobre Bitcoin. A criptomoeda bateu recordes históricos em 2017, e muita gente acredita que ela não apenas continuará essa subida exponencial, como um dia poderá substituir a moeda que nós temos.

Calma! Será que vale a pena investir em bitcoins? O que é minerar? Esta será a moeda corrente mundial? Como uma blockchain vive, se alimenta e se reproduz? Dá o play que a gente conta tudo!

Mais sobre: ,