Início » Negócios » Livraria Cultura compra Estante Virtual

Livraria Cultura compra Estante Virtual

Paulo Higa Por

Faltando poucos dias para o final do ano, temos uma movimentação importante no varejo brasileiro: a Livraria Cultura anunciou nesta terça-feira (26) que está comprando a Estante Virtual, site mais conhecido por vender livros usados.

O valor do negócio não foi divulgado. A Estante Virtual foi inaugurada em 2005, vende 17,5 milhões de livros por ano e deve acrescentar quatro milhões de clientes à base da Livraria Cultura. O site cresceu conectando usuários a sebos e livreiros de todo o país, comercializando livros usados, raros ou esgotados. A loja vende livros novos desde 2014.

A Livraria Cultura afirma que a Estante Virtual “é uma empresa com foco em tecnologia e inovação, também dois dos pilares mais importantes da Cultura”, e que “acredita na importância de propagar a cultura do reuso no país”.

A notícia chama a atenção porque nem a Livraria Cultura anda muito bem das pernas: o faturamento vem caindo nos últimos anos (de R$ 460 milhões em 2014 para R$ 380 milhões em 2016), e havia rumores de que a empresa se fundiria com a Saraiva. Em julho, a Cultura surpreendeu o mercado quando anunciou a compra das operações da Fnac Brasil.

E, claro, a compra da Estante Virtual é mais uma arma contra o crescimento da Amazon no Brasil. Com a união, a Livraria Cultura passa a atuar com força no marketplace de livros novos e usados, uma das estratégias de crescimento da gigante americana por aqui.

Com informações: O Globo, Valor.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

LeuVendeu

Esta semana o mercado foi pego de surpresa com a notícia de que a Livraria Cultura irá vender a EV por não ser mais estratégica para a empresa. Alguns sebos e livreiros ao falarem sobre a EV pareciam que morreriam com a placa de patrimonio da EV colada na testa. Não se pode colocar todos os ovos na mesma cesta, velho ditado que se aplica a qq investimento. Ainda bem que surgiram outras empresa que aproveitarão desse limbo deixado e terão a oportunidade de começar a crescer nesse mercado único e exclusivo da EV. Entre eles está a Leu? Vendeu! (www.leuvendeu.com.br). Viva a liberdade, finalmente.

vinland
Ok a saraiva realmente fechou algumas lojas e reduziram algumas! Mas vc nao quer comparar o tamanho da franquia saraiva com a cultura nao e mesmo?! Em proporçoes a cultura fica mais desfalcada com fechamentos de loja, do que a saraiva. E livraria da vila nem devia esta nessa coversa, visto que eles nao tem competitividade nenhuma no mercado, principalmente online. A cultura na sua maioria, mantem os preços! Salvo algumas raridades, outas especiais que eles alteram alguma coisa. Agora mesmo estou pesquisando, e os preços da Saraiva e da Amazon, estao infinitamente mais baixos, e os da cultura nao estao nem proximos desses valores praticados pelas concorrentes. E outra... a cultura ter uma administraçao melhor, nao quer dizer que seja uma rival melhor que a saraiva. Isso demonstra que sao apenas mais organizados e cautelosos em certos aspectos.
Jaci Corrêa
Que continue com o excelente serviço prestado pela EV. Satisfação 100% em todas as compras efetuadas tanto de livros novos quanto usados. Parabéns Cultura pela excelente aquisição.
Caleb Enyawbruce
A Saraiva tem comércio de usados, como Cultura e Amazon?
Caleb Enyawbruce
A Saraiva tem comércio de usados como Cultura e Amazon?
felipecn
O setor todo anda mal, no mundo inteiro. A Saraiva e a Livraria da Vila também fecharam ou reduziram muitas lojas, geralmente saindo de espaços de 1000m2+ pra 500m2 ou até menos. (Cidade Jardim, JK Iguatemi, Iguatemi Alphaville, VillageMall... Todos shoppings com bom padrão e que certamente comportam uma livraria desse nível) E sinto que recentemente a Cultura tem procurado manter os preços próximos da Amazon. Volta e meia já pesquisei e o preço era igual, isso quando não vinham aqueles anúncios no Facebook com mais desconto depois. E a gestão da Cultura é considerada mais profissional que a da Saraiva, que tem tanto divisões na família sobre o melhor destino pra livraria como algumas tretas com investidores (tem um bom resumo da novela em https://www.istoedinheiro.com.br/por-que-saraiva-precisa-da-cultura/ )
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Preços subindo em 3...2...1

Mago Erudito®
Preços subindo em 3...2...1
Carlos Barbosa
Digam adeus aos livros de 5 reais, a moçada que estuda vai ter que voltar pras apostilas impressas na papeleira do seu zé.
Rafael F. Silva
Acredito que a Cultura vá nivelar por cima os preços da EV, afinal, ela não irá querer perder vendas para a concorrência, mesmo ganhando uns caraminguás em cima.
Anderson
Para os usuários do EV a torcida agora é que o site mantenha a sua qualidade e não tenha diferença principalmente nos valores.
Iza Junior
Definitivamente, não. A Saraiva é bem mais preparada, acredito eu!
vinland
O submarino caiu muito nesse segmento nos últimos anos. Hoje em dia, pra mim faria muito mais sentido a Saraiva fazer isso!
vinland
A maior concorrente da Amazon no Brasil é a Saraiva, no mercado de vendas virtual, e isso não se discute! O atendimento da cultura é bom nas lojas físicas, mas no atendimento virtual, eles são um dos mais burocráticos, e são os que têm o preço mais salgado do mercado! Se estivessem tão preparados, não teriam caído tanto assim no faturamento, e nem teriam fechado algumas lojas no conjunto nacional. Não sei se compra a EV foi bom negócio! Eu e varios amigos por exemplo, deixamos de comprar livros usados na EV depois, que a Saraiva, e a Amazon, começaram a praticar preços baixíssimos.
Caleb Enyawbruce
que tacada incrivel da Cultura... me parece uma das mais preparadas hoje pra enfrentar a Amazon (Se souber fazer bom uso da EV)
Exibir mais comentários