O burn-in é um problema que costuma afetar telas OLED. Trata-se de um “fantasma” após exibir a mesma imagem por muito tempo, que pode ou não ser permanente.

O site coreano de tecnologia Cetizen decidiu testar as telas OLED do iPhone X, Samsung Galaxy Note 8 e Galaxy S7 Edge para medir o burn-in. Para isso, os aparelhos exibiram uma imagem estática com o brilho no máximo por 510 horas — muito além de um período normal de uso.

O iPhone X começou a mostrar sinais de burn-in após 17 horas, com uma retenção de imagem que não era muito perceptível em uso normal. Enquanto isso, o Galaxy Note 8 levou 62 horas para exibir burn-in, porém de forma mais intensa.

Ao final do teste de 510 horas, todos os três aparelhos tinham burn-in. Como você pode ver, o Galaxy S7 Edge resistiu um pouco melhor que o iPhone X, enquanto o Note 8 sofreu a pior retenção.

Galaxy S7, iPhone X e Galaxy Note 8 após 510 horas de teste

A Apple diz ter implementado medidas no iPhone X para evitar o burn-in, sem revelar quais. E a Samsung também tem seus truques na manga: por exemplo, o botão Home virtual na tela de bloqueio se move de forma quase imperceptível, para não deixar um “fantasma” na tela.

Vale notar que, nos três aparelhos, a tela é fabricada pela Samsung. No ano passado, diversos usuários relataram problemas com a tela do Pixel 2 XL, fabricada pela LG: ela sofria burn-in após alguns dias de uso.

O Google lançou uma atualização para ocultar a barra de navegação, com os botões Voltar/Home/Multitarefa, após períodos de inatividade; e reduziu o brilho máximo da tela em 50 cd/m2 (nits) para amenizar o desgaste do painel P-OLED.

Com informações: Cetizen, Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

VolksW4GNER

Isso não é burn-in, é apenas retenção de imagem. O burn-in é algo permanente.

Thiago Szalyga

Eu aqui de boa com o Moto G5 Plus com quase 2 anos de uso e nem sabe o que é burn in. Acho que mudaram o fabricante de telas nesse modelo! kkk
Porém tem gente que facilita né? Brilho sempre no máximo, não desliga a tela manualmente ao acabar de fazer alguma tarefa, ficam vendo vídeos no YT com meia tela ao invés de tela cheia para o clipe ir mudando as cores e "descansando" os pixels.

Thiago Szalyga

Como o Maicon disse, as telas desses motorolas são da LG como os Moto G4 Plus. Meu G5 Plus está comigo desde 2017 e não deu nada, e olha que eu uso direto!

Kakashi Hatake

mesma coisa aqui com uma semana volto e levei hoje para conserta esse caralho segundo vez o problema

Gabriel Santos

17 Horas ? e o meu Motorola como fica ? menos de 2 minutos no youtube e a tela ja ta marcada rs... e o pior, levei na assistência pra trocarem a tela e o problema voltou com uma semana !

Gabriel Santos

O problema é meu Moto G5s Plus que com 2 minutos no Youtube já comeca a marcar...

Maicon Bruisma
Semanas
Roger

REeaxa, tu nao vai comprar nenhum dos dois mesmo.

Roger Martins
REeaxa, tu nao vai comprar nenhum dos dois mesmo.
Taylo Henrique
Foi só um dia, o suficiente para apresentar este problema, antes disto nem sabia que OLED tinha este tipo de problema. No dos android como a barra de notificação sempre fica muito tempo sem atualizar (fica os ícones das notificações/sinal/wifi/etc sobre um background escuro), acontece com muita frequência
Alexandre Roberto
uma rotina diaria por um longo periodo, ou tipo um dia nessa condicao ja deixou assim?
Natthan Fruche Terzi
Na verdade no final o note 8 perdeu, pois ficou muito intenso o burn in, mas a apple foi a tela que começou primeiro o burn in, 17 horas e já tinha burn in.
Alexandre Roberto
capisco...mas..repetia essa "parte estatica" seguidamente por semanas, meses.....ou algo de poucos dias?
VolksW4GNER

Burn-out

Vinicius Wagner
Burn-out
Exibir mais comentários