Após arrumar altas confusões com os deuses gregos, Kratos está de malas prontas para conhecer (e, provavelmente, destruir) outras mitologias. A próxima edição de God of War levará o lendário guerreiro às míticas terras nórdicas. Porém, segundo Cory Barlog, diretor do novo jogo, as aventuras de Kratos podem ir ainda mais além.

“Os games gregos foram a Era Grega de God of War. Seguindo em frente, a próxima crença mitológica que a franquia vai interagir é a era nórdica.”, disse Barlog em entrevista à revista Game Informer. “Mas, no futuro, podemos acabar indo para a era egípcia, para era maia, e assim por diante”.

“O que tornou-se evidente para nós é que estávamos vendo a franquia diminuir um pouco”, disse o chefe do estúdio Santa Monica, Shannon Studstill. “Estava ficando velha. A história de Kratos sendo o cara durão – eu acho que as pessoas estavam começando a se perguntar “Tá, e agora?”. Senti que, para se reinventar, nós realmente precisávamos transformar várias coisas”.

No entanto, a ideia de levar a série a explorar outras mitologias ainda está sendo estudada. Até mesmo a produção do novo game, que será exclusivo para PlayStation 4, não foi uma decisão fácil. “Várias pessoas em toda a organização queriam que [God of War] descansasse”, comentou Studstill. Barlog completou dizendo que foi “uma batalha” convencer a todos a produzirem o novo God of War.

Os planos, porém, são ambiciosos. A ideia, segundo Barlog, é elevar a franquia ao mesmo patamar de outras grandes séries que se passam em diversas localidades, como Assassin’s Creed e Uncharted. “Queremos fazer a franquia crescer de verdade”, completou.

A matéria também trará novas informações sobre outros aspectos do jogo, como novas mecânicas com enfase na exploração, um combate menos “caótico”, e a provável duração total da campanha, de 25 a 35 horas. A edição da Game Informer com o novo God of War na capa chega às bancas dos Estados Unidos em fevereiro. No Brasil, a publicação é distribuída pela Editora Europa.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinicius Macedo

https://www.youtube.com/wat...

Uma série de god of war 1 para quem é fã do game!!

Willian
Vai ser massa
Elton Alves Do Nascimento
Meu sonho
zoiuduu .
exatamente, até a física ficou mais humanizada kkk
Lucas Santos
Isso é questão da física. A comparação que Rodolpho fala é sobre o comportamento e sentimentos. Tipo Tommy era um criminoso durão e completamente frio, não lhe importava nada além de seu objetivo. Já Nico apesar de frio tinha sentimentos em relação as pessoas próximas e isso provocou mudanças durante a história. No caso de Kratos era básicamente "é minha vengança!", "você desafia o deus da guerra?" mesmo sabendo que o que ele pretende fazer destruirá o mundo, mas agora ele se importa com uma pessoa, e talvez ele até fugirá do inimigo em alguma parte da história pra proteger seu filho.
zoiuduu .
pessoal do gta tb, tommy vercety era atropelado e não morria , já niko bellic se o carro encosta no homem, ele cai e fica todo bobo no chão, ao invés de levantar e sair correndo dos tiros.
zoiuduu .
Não há mitologia brasileira, há apenas folclore.
zoiuduu .
Se ele arranja uma passagem pra jerusalém. aiai
leoleonardo85
Esperando chegar na Mitologia brasileira
Rodolpho Camargo
Isso de o personagem principal acabar sendo "humanizado" e mais fragilizado já acontece há um tempo, desde o fim da década de 2000 no mínimo (me lembro bem de Batman: O Cavaleiro das Trevas e o reboot de Tomb Raider, só pra citar alguns).
Caleb Enyawbruce
Boa! Torcendo por mais noticias de games por aqui :)
Rafael F. Silva
Já existe esse game, mas acho que não é o que você espera, haha! http://store.steampowered.com/app/342580/12_Labours_of_Hercules/
Ed. Blake
Concordo. Kratos fazia sentido no God Of War pois poucos percebiam que a história era contada pela perspectiva do vilão (Kratos) que vencia no final. Talvez no próximo o [nome do melequento dele aqui] já seja adulto, continue as chacinas aventuras do pai e as coisas possam ser diferentes sem perder a essência da série.
Lucas Santos
Como dito, Kratos já enjoou. Sete jogos só dele. Mas discordo nessa parte do jogo começar a ir pra um estilo de aventura, pois já há uma variedade de jogos nesse estilo e acho difícil God of War conseguir reinventar nesse ramo.
Lucas Santos
Outra podia ser um jogo de Héracles(fuck Hercules) e seus trabalhos.
Exibir mais comentários