Início » Computador Segurança » AMD vai lançar atualização de firmware para proteger contra Spectre

AMD vai lançar atualização de firmware para proteger contra Spectre

Por
12/01/2018 às 09h58
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A AMD anunciou nesta quinta-feira (11) que vai lançar atualizações de firmware para proteger seus processadores contra o Spectre, falha de segurança que permite o vazamento de dados entre aplicativos. A correção será disponibilizada para os chips Ryzen e EPYC ainda nesta semana, e chegará aos produtos mais antigos nas próximas semanas.

AMD Ryzen 3

O Spectre é uma vulnerabilidade que afeta os processadores da Intel, AMD e ARM. Ele ataca um recurso dos chips conhecido como execução especulativa, que tenta prever qual código será executado em seguida, adiantando o trabalho e acelerando o desempenho. Em determinadas condições, a tecnologia roda código malicioso, permitindo que uma informação sensível seja acessada indevidamente.

A empresa já havia afirmado que “existe risco quase zero para os processadores da AMD”. Mas o problema existe, portanto, a fabricante está “liberando atualizações opcionais de micro-código para nossos consumidores e parceiros com os processadores Ryzen e EPYC”. Elas serão lançadas pelas parceiras de hardware e empresas de sistemas operacionais.

Não está claro se a correção causa algum impacto no desempenho dos chips da AMD. Em nota, a empresa informa que trabalha em conjunto com a comunidade Linux no desenvolvimento da mitigação por software conhecida como Retpoline. Ela foi criada pelo Google e gera “impacto insignificante no desempenho”.

Com informações: The Verge

Mais sobre: , , ,
  • “A empresa já havia afirmado”…
    Sim, a afirmação permanece, ela era sobre o Meltdown que ainda não afeta os AMD, especialmente não os Zen.
    Essa “correção” (entre aspas) é para o Spectre.

    • Vitor Hugo

      Na verdade, ela não afirmou que existe risco quase zero sobre o Meltdown. Não existe risco nenhum sobre o Meltdown com os processadores AMD.

      O “risco quase zero” é pra segunda variante do Spectre (são 3 no total). A primeira é a que afeta e foi testada, a segunda afeta em teoria, mas até agora os pesquisadores não conseguiram usá-la nos processadores da AMD (daí o “risco quase zero”) e a terceira não afeta pela forma como a arquitetura funciona.