Início » Carro » Fabricantes de carros vão substituir espelhos retrovisores por câmeras e telas

Fabricantes de carros vão substituir espelhos retrovisores por câmeras e telas

Felipe Ventura Por

O espelho retrovisor foi criado no início do século XX para aumentar a segurança dos carros. Esse é um componente que você encontra em qualquer veículo, mas algumas empresas estão se preparando para substituí-lo por tecnologias do século XXI.

A Mitsubishi desenvolveu uma câmera veicular capaz de detectar objetos a até 100 m de distância. Ela usa inteligência artificial para alertar o motorista sobre obstáculos se aproximando, e quer ajudar a prevenir acidentes — especialmente ao mudar de faixa.

A câmera imita o comportamento da visão humana para focar em determinados objetos, e sabe distinguir entre pedestres, carros e motocicletas. A Mitsubishi diz que esse sistema detecta objetos corretamente com precisão de 81%.

Por sua vez, a Panasonic anunciou no ano passado a produção em massa de seu próprio retrovisor eletrônico. Ele tem campo de visão mais amplo que um espelho convencional; não é obstruído por passageiros no banco de trás; e exibe imagens nítidas mesmo em pouca luz — à noite ou dentro de um túnel.

Como explica o Japan Times, os espelhos eletrônicos prometem aumentar a segurança porque eliminam pontos cegos, usando câmeras grande-angulares e tecnologia de visão noturna.

Além disso, as montadoras podem melhorar a aerodinâmica dos veículos. A Exa Corporation, que desenvolve software para a indústria automotiva, estima que cada veículo consome cerca de 40 l de gasolina por ano só para transportar os espelhos. Removê-los poderia resultar em uma economia de 2% a 4% de combustível.

Em 2015, a ONU modificou sua Regulamentação 46 para autorizar fabricantes de automóveis a substituir espelhos por câmeras e telas. Os primeiros carros sem espelho retrovisor tradicional devem ser lançados no Japão até 2019.

A consultoria IHS Markit estima que cerca de 400 mil veículos abandonarão totalmente os espelhos laterais comuns, adotando substitutos eletrônicos, em 2025.

Com informações: Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Programador Front-End
boua referencia
Ed. Blake
Eles desesperam a você, a mim e especialmente aos motociclistas! hahaha
Fernando Jorge Mota
Bom, eu consigo ver esse problema sendo resolvido ao ter várias pequenas cameras em diferentes pontos na lateral do carro que no final formam uma grande imagem na tela, para o motorista, tipo "lado esquerdo", "traseira" e "lado direito". Felizmente, eu não trabalho com esse pessoal que projeta os carros para decidir isso. Mas imagino que ideias não faltem mediante tal mudança. :P
Pedro Cavalieri
Eu também, pqp... Pontos cegos me dão desespero!
Ed. Blake
Espero com todas as minhas forças que sim! haha
Pedro Cavalieri
Pode ser que as telas sejam acomodadas no painel de forma a mostrar a captura do vídeo o tempo todo, ou talvez estejam integradas na parte superior do console, onde naturalmente se buscaria a visão dos retrovisores laterais. Particularmente, acho a ideia sensacional, uma grande angular resolveria o problema de ter que ficar ajustando o espelho entre cada motorista diferente que usar o mesmo carro.
Pedro Cavalieri
O que não significa que o artigo não estivesse se referindo aos retrovisores externos também - pelo contrário, tudo dá a entender que os externos fazem parte da ideia da tecnologia.
Ed. Blake
Verdade, não tinha me atentado a este fato da aerodinâmica. Ainda assim não responde a pergunta de como verificaríamos os pontos hoje alcançados pelos retrovisores laterais sem que seja necessário qualquer interação do motorista (como ativar uma tela no painel ou através de comandos no volante).
Ed. Blake
O veículo da apresentação é um conceito. Raramente estes conceitos acabam se tornando algo mais do que uma inspiração de design.
Thiago Mobilon
Não é só por causa do espelho que o insufilm 100% não é permitido. Tem a questão da visibilidade do carro traseiro (ele precisa enxergar o que está acontecendo na sua frente) e depois tem a questão de fiscalização, de dar pra enxergar o condutor do carro...
Pedro Cavalieri
Além do que dito pelo Fernando, observe a foto do veículo no início do post, sem os espelhos laterais.
O Corno Profeta
A câmera, oras!
Marco Pacheco
Estive no salão do automóvel de Genebra em 2016 (ou 2017, já nao me lembro) e tinha dezenas de carros sem retrovisores e cheio de câmeras!
R0gério
Tipo em Time Cop do Van Damme? ;P
Jose X.
me lembro de ter lido sobre isso...sem aquelas incontáveis janelas de passageiros melhora a robustez estrutural da fuselagem
Fernando Jorge Mota
Olha.. Eu não vejo como o retrovisor interno poderia afetar a aerodinâmica dos veículos, visto que é um retrovisor....bem, interno. Dito isso, me parece fazer bastante sentido mudar logo todos os retrovisores por câmeras..melhoraria a aerodinâmica, o campo de visão e de quebra ainda economiza combustível. :P
Programador Front-End
eu acho é bom que façam
Tom
Nao as janelas dos pilotos, mas as janelas dos passageiros.
Ed. Blake
Aparentemente esta novidade só irá substituir o retrovisor interno, não os laterias. O Road Rash das grandes cidades tupiniquin ainda está a salvo.
Roberto
quando vão exigir crash test 5 estrelas de motos?
Roberto
Verdade... vai facilitar até a rigidez torcional... imagina? carros cada vez mais leves.
Roberto
ai falha alguma coisa e não tem como controlar, gênios. Melhor abolir os pilotos logo ueh
Tom
Querem fazer isso nos aviões.
Diogo
http://mantadearamida.com.br/2016/wp-content/uploads/2014/05/Carro-Forte.jpg
Renan
Os motociclistas vão chutar o que agora?
Programador Front-End
daqui a pouco nem vidro vai ter mais. bota um monte de camera e faz o carro todo fechado
Renan Barbosa
Isso é muito bom, agora poderemos usar películas de 100% no automóvel nas laterais e vidros traseiros.