Início » Internet » Facebook Marketplace permite comprar e vender produtos no Brasil

Facebook Marketplace permite comprar e vender produtos no Brasil

Felipe Ventura Por

Em 2016, o Facebook criou um local centralizado para seus usuários comprarem e venderem produtos. Agora, o Marketplace está chegando ao Brasil para concorrer com OLX, Mercado Livre e semelhantes.

A partir desta segunda (22), você poderá acessar o endereço facebook.com/marketplace; clicar em "Marketplace" na barra lateral do desktop; ou tocar no ícone de loja no iOS ou Android.

Você pode filtrar os resultados por nome, local, preço ou categoria. Segundo o Facebook, as três principais categorias de Marketplace nos três últimos meses foram veículos, móveis e computadores & eletrônicos. Também é possível adquirir ou anunciar livros, móveis, videogames, celulares, entre outros.

Para criar um anúncio, basta seguir estes passos:

  • tirar uma foto do item;
  • inserir o nome, descrição e preço do produto;
  • confirmar seu local e selecionar uma categoria.

As pessoas poderão entrar em contato com você através de um botão do Messenger, para "chamar inbox" e negociar o preço e as condições de entrega.

Há também algumas recomendações de segurança, como encontrar o comprador/vendedor em um local público, fazer/receber o pagamento via PayPal ou dinheiro, e denunciar anúncios suspeitos. E, claro, alguns produtos são proibidos, como drogas, armas, animais e... criptomoedas.

O Facebook diz que 550 milhões de pessoas visitam grupos de compra e venda todo mês, por isso resolveu criar um local especializado para tanto. O Marketplace está ativo em 47 países; fora dos EUA, ele é mais popularmente usado em Santiago (Chile), Cidade do México e Londres.

Se você ainda não consegue acessar o Marketplace, espere um pouco: o Facebook diz que ele está sendo "disponibilizado gradualmente" para usuários no Brasil.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel Santana
Muito bom. Antes da olx ter limitado a quantidade de anuncios, eu vendia ate bem, depois foi cada vez pior. Ainda bem que pra mim ja foi liberado e tenho gostado bastante do resultado. Adeus olx.
Cazalbé
kkkkk
Marsupial radical
Isso aí Lucas, explica certinho pro Lucas que não sacou ali.
Otávio
Também desisti de denunciar anúncios fraudulentos. A resposta era sempre a mesma: "O anúncio não viola as normas". Outro problema é o vendedor ter dezenas de anúncios do mesmo produto no mesmo preço (preços diferentes por questões de categorias de anúncios até vai, pois a tarifa muda). Fica aquela bagunça pra achar o mais barato já que você rola 2 páginas de anúncios e todos os itens são idênticos e do mesmo vendedor.
Muriel
Além de ter mais concorrência o ML ta cada vez pior, principalmente no taggeamento de anúncios. Anuncio com o produto taggeado como novo e no próprio titulo diz que é usado, dai você denuncia e dizem que está de acordo com as normas. Se eles não fizerem alguma coisa logo vão começar a perder clientes(isso se já não começaram).
Tiago Menezes
O chute no saco do mercadolivre é essa parceria com os correios, que está atrapalhando (e muito) a experiência de compra e venda no site. Itens não chega, ou são roubados, ou atrasam muito além do prazo estipulado... Está realmente uma bagunça.
Jose X.
o que poderia dar errado ?
Lucas Macedo ?????????
Sorry, got it. "Se você ainda não consegue acessar o Marketplace, espere um pouco: o Facebook diz que ele está sendo “disponibilizado gradualmente” para usuários no Brasil."
Lucas Macedo ?????????
Esse endereço do marketplace dá "Este conteúdo não está disponível no momento." pra mim.
Marsupial radical
HAHAHAHAH, pensei a mesma coisa. "Oi, faz um desconto de 12,7%?"
Lucas Carvalho
O facebook só ajuda no anúncio. Pagamento e entrega é negociado e feito entre as partes diretamente.
Emanuel Schott
Recebe como na OLX: cada um por si. Não é como no ML onde o site cuida dos pagamentos.
Luca
O facebook vai competir com o OLX, que serve apenas de ponte entre vendedor e comprador, mas não com o ML, que gerencia as transações e se responsabiliza por resolver tretas. Pelo menos por enquanto.
lobisomem
Acho que a "reputação" do Mercado Livre é bem sólida, acredito que a médio prazo não seja uma ameaça para o ML. O Facebook está mais como uma ameça para o OLX do que para o ML. Ainda, o ML acertou em cheio no sistema de pontos.
Krosna Terrestre
E como recebe o dinheiro da venda, o Facebook realizará depósitos bancários?
Gertrudes, a Lhama
Costumo anunciar na OLX/Facebook mas dizendo que só aceito pagamento através do ML. Assim o cara pode parcelar, e é mais seguro. Ninguém precisa andar com dinheiro na rua e as chances de ser só alguém querendo me esfaquear e roubar o celular diminuem, porque o cara já teve que realizar o pagamento
Renan
Expansão da Amazon e agora Facebook no ecommerce. 2018 não começou bem pro Mercado Livre.
Cobalto
Que tipo de pessoa bota um item pra vender por 276 dinheiros E QUE TIPO DE PESSOA oferece 263 pra pechinchar?
LekyChan
ainda prefiro o ML, acho mais seguro, além da possibilidade de parcelar.