Início » Gadgets » DJI Mavic Air é um drone compacto que grava vídeos em 4K

DJI Mavic Air é um drone compacto que grava vídeos em 4K

Felipe Ventura Por

A DJI anunciou hoje seu mais novo drone: o Mavic Air custa US$ 799, consegue gravar vídeos em 4K, e é pequeno — quando dobrado, ele é tão alto e largo quanto um smartphone. Confira os detalhes.

Suas dimensões são 168 × 83 × 49 mm quando dobrado, e 168 × 184 × 64 mm quando está pronto para ser usado. Apesar do tamanho, ele consegue voar por até 21 minutos com uma só carga. A bateria é recarregada via USB-C.

O drone tira fotos de 12 megapixels e grava vídeo 4K a 30 quadros por segundo (ou Full-HD a 120 fps). Temos aqui estabilização de três eixos para imagens mais fluidas. Ele possui sensor CMOS de 1/2,3 polegada com lente grande-angular (24mm f/2,8).

A DJI acrescentou alguns modos adicionais de câmera. O “Asteroid” cria imagens panorâmicas esféricas de 32 megapixels; e o “Boomerang” segue o mesmo trajeto de voo que um bumerangue, filmando o espaço ao redor do usuário.

Além disso, o ActiveTrack acompanha objetos automaticamente, mantendo-os sempre centrados no enquadramento. O Mavic Air é capaz de detectar vários objetos ao mesmo tempo, e você pode selecionar entre eles manualmente.

Você pode controlar o drone usando gestos com a mão a até 6 m de distância; e com um app de smartphone a até 80 m de distância (se não houver obstáculos no meio). Usando o controle remoto embutido, no entanto, você pode pilotar o Mavic Air a até 4 km de distância graças a um novo design da antena.

Mavic Air dobrado

Ele atinge velocidade máxima de 68,4 km/h, e é capaz de aguentar ventos de até 35 km/h. Há um sistema com sete câmeras para evitar colisão com obstáculos, e um sistema de ventilação reprojetado para evitar superaquecimento.

O Mavic Air custa a partir de US$ 799. Há também um kit de US$ 999 com duas baterias, hélices adicionais, um hub de carregamento e uma bolsa de viagem. Ele já está disponível em pré-venda nas cores branco, preto e vermelho; e será entregue a partir de 28 de janeiro.

Com informações: Engadget, TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ecarvm
Não seria melhor Spark 2? Daqui a pouco fica uma salada assim como a Samsung e seus Galaxys
O Corno Profeta
Conheço gente que trabalha na área. 20 minutos é tranquilo para fazer um voo que dê 10 minutos de imagens para usar em uma propaganda ou análise por exemplo. Muitas propagandas e até reportagens usam drones para ilustrar as mesmas. O custo é muito mais barato em relação a antiga prática de voo de helicóptero. Quem trabalha na área também cobra caro (desde que habilitado e certinho). Não o mesmo que um piloto de helicóptero + fotógrafo especializado. Mas pesa um pouco no bolso. Quem trabalha direto com isso compensa gastar até uns 5 mil em um Phantom 3 Pro / 4 Pro ou Mavic.
Nilson Barbosa
Se um dia for trabalhar com gravação/fotográfia/aventure irá entender que meros 10min é muita tempo para gravar uma certa ação!
Renan Alves
até hoje nao vi utilidade para um drone que voa só 20 minutos, tenho um heterotélico que paguei 50 reais e voa a mesma quantidade....
DG
US$ 799,00 já no brasil .... da pra trocar meu celta 2011/2012 nele. ;