Início » Negócios » Elon Musk será pago cada vez que o valor da Tesla aumentar em US$ 50 bilhões

Elon Musk será pago cada vez que o valor da Tesla aumentar em US$ 50 bilhões

A meta é fazer a companhia valer US$ 650 bilhões em dez anos

Emerson Alecrim Por

Elon Musk é considerado um empresário moderno não só por criar negócios disruptivos, mas também por conseguir liderar diversas companhias. Mas nem sempre isso é visto como vantagem. Há uma preocupação crescente entre acionistas de que ele deixe de dar a devida atenção à Tesla.

Como que para provar o contrário, Musk fez uma proposta inusitada: não vai receber salários ou bônus, só compensações se conseguir fazer a companhia valer US$ 650 bilhões.

Elon Musk

O plano também é visto como uma estratégia de Musk de amenizar a desconfiança com relação ao futuro da Tesla. A companhia não passa por um bom momento. Sequências de prejuízos no último ano e dificuldades de produção do Model 3 são alguns dos problemas.

Apesar disso, o valor atual de mercado da Tesla é de aproximadamente US$ 60 bilhões (há seis anos, ela não valia nem US$ 4 bilhões), o que a deixa próxima do patamar da General Motors, estimado em quase US$ 62 bilhões. Com a proposta, Musk quer fazer a Tesla valer US$ 650 bilhões nos próximos dez anos, um desafio complicado até para quem está acostumado a executar ideias ousadas.

A valorização será progressiva. O primeiro passo é atingir US$ 100 bilhões e, depois, ir incrementando em US$ 50 bilhões até que, após uma década, o valor de mercado da Tesla esteja em US$ 650 bilhões, o que a tornará uma das maiores empresas do mundo.

Se conseguir bater as metas e continuar como CEO da Tesla durante todo o período, aí sim Musk será recompensado. Ele vai receber o equivalente a 1% de ações para cada etapa de valorização atingida: primeiro para os US$ 100 bilhões, depois para os incrementos de US$ 50 bilhões. Somando esses papéis com os 20% de ações que Musk já possui, depois de dez anos, o empresário será dono de pelo menos US$ 200 bilhões.

Model 3

Model 3

Carros elétricos e autônomos serão mesmo mandatórios na indústria nos próximos anos, mas, além de superar as próprias dificuldades, a Tesla vai enfrentar concorrência pesada. É por isso que a proposta de Musk é vista como algo que beira o impossível.

Mas é provável que Musk não seja tão ambicioso assim. Alguns analistas de mercado, como Adam Jonas, da Morgan Stanley, acreditam que, no fundo, este é um plano para melhorar a imagem da Tesla e, com efeito, atrair mais investidores e talentos para a companhia. O empresário não vai perder os 20% que possui, portanto, qualquer valorização o fará ganhar muito dinheiro.

Seja como for, a proposta de Elon Musk precisa ser aprovada pelos acionistas da Tesla. A votação será realizada em março.

Com informações: The Verge, USA Today, Reuters.

Atualizado às 11:56.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mago Erudito®
Erro de digitação, culpa do estagiário. Corrigido.
Padilhaj
Lex Luthor, Mago "não tão" Erudito assim. Obrigado, De nada.
Tenente Figueiredo
Olha quantos anos a GM tem e olha quantos anos a Tesla tem. Vc realmente não entende nada de carros.
Danillo Nunes
Você entende o significado de “progredir a passos largos”? Eu não entendo nada de carros, mas o que você está falando (comparar um Bolt com um Tesla) não tem relação nenhuma com o que o David está falando. Se você quer contrariar o que ele disse, você deveria comparar um Bolt de agora com um Bolt de alguns anos atrás.
Marcos Guilherme
Poluição até onde sei acaba com ecosistema/natureza onde vivemos e sim pode afetar o planeta. Eles não são mocinhos incluse ressaltei aqui a falta de investimentos em tecnologia aqui no Brasil muitas vezes por esses setores estarem monopolizados. Sou a favor de um dia acabar com a combustao total em carros, bom... essa é minha opnião, sem combustão, híbrido no começo para em fim "libertação". Obrigado pelo feed vou ver o vídeo. Agora "demonizar", eles são o próprio demônio kkk. Gostaria que acabace era posto de gasolina de 10 em 10 metros como tem aqui na minha cidade, e inclusive existe lei que diz que não se pode fazer posto atrás do outro e precisa de uma certa distância não lembro qual exatamente, aqui mas um exemplo de que compram através de suborno nas prefeituras suas licenças e alvará. Outra coisa que fico triste é a falta de investimento em tecnologia aqui no Brasil, lembrei agora que na Alemanha até 2050 tem projeto para acabar com carros a combustão, bom essas iniciativas passam de longe aqui no Brasil devido a esses "demônios" monopolizadores. Bom essa é minha opnião.
Rogerio Lima
Acabar com nosso planeta, rsrs. Essa é boa. Acesso no youtube o vídeo, " A farsa do aquecimento global". Sobre o monopólio, sim, tá certo, concordo com vc, e dá pra todos conviverem simultaneamente, motores a combustão e elétricos. Não vamos aqui demonizar ninguém.
Marcos Guilherme
Deus te ouça e acabe de vez veículos a gasolina, espero um dia um mundo (diga-se Brasil) melhor sem veículos a combustão, acabe de vez com esse monopólio das empresas que só fazem lucrar e acabar com nosso planeta, muito não se investe ou desenvolve tecnologias por causas desses manda chuvas que não querem largar o osso e preferem destruir o meio ambiente do que perder um níquel se quer.
Mago Erudito®
Claro, por isso que quanto maior a empresa mais difícil inovar, pois precisa dar explicações aos acionistas e investidores. Google resolveu isso em parte comprando startups no atacado, mas realmente é complicado.
Tenente Figueiredo
Compara o bolt ou qualquer um desses ai com um tesla. UHauhauahuah É cada um que aparece...
David
Concordo, mas parece que a estratégia deles atualmente se resumi em apenas seguir as tendências do mercado, não inovam e nem sentem a necessidade pois continuam vendendo horrores. Como você mesmo falou a inovação a salvou da falência, ou seja, foi necessário que a empresa ficasse na beira abismo para haver uma reação da mesma. Coisa que está muito longe de acontecer atualmente dado a posição confortável da empresa.
Mago Erudito®
Eu sei que a Apple vende muito, mas pra continuar no topo precisa inovar novamente. Já se vai uma década desde a última inovação realmente disruptiva e que salvou a empresa da falência.
Programador Front-End
essa é a discussão que precisamos ter
David
O que faz a apple valer tanto não são suas inovações, e sim sua fatia de ganhos no mercado mobile, gerando lucros igualmente gigantescos. veja um balanço trimestral e veja o porque de valer tanto.
David
Volvo, GM Uber, Volks,BMW,Audi... todos já se programando para lançarem seus veículos autônomos de nível 4 em 2021, quando serão permitidos. E a maioria deles entraram nessa corrida tecnológica não faz nem cinco anos. Se isso não é progredir em passos largos eu não sei o que é.
Jose X.
o dono do site não é tão humilde assim :)
Mago Erudito®
A Apple é uma empresa de tecnologia que vale quase US$ 1 trilhão e não inova há 10 anos. Musk sabe muito bem que a Tesla valerá muito mais do que 650 bilhões, o potencial de crescimento é gigantesco.
Mago Erudito®
Elon Musk: Homem de Ferro ou Lux Luthor da vida real?
tuneman
Assim como na china. A frota de taxis poderia beneficiar-se muito de carros elétricos.
tuneman
a Tesla tem uma tecnologia muito superior, mas peca em logística.
Gertrudes, a Lhama
Não que eu já não soubesse isso do TB, mas parabéns pela humildade e comprometimento com a informação correta ;) sempre bom ver que ainda existem sites assim
Jonas S. Marques
Outras montadoras vão abrir o caminho para a Tesla. Ainda que o Brasil não invista em uma legislação como a europeia, por exemplo, as montadoras não vão ficar projetando carros diferentes pra lá e pra cá. Esse ano já tivemos o primeiro Fusion Híbrido, pra chegarem carros elétricos aqui não falta exatamente muito. Aliás, as maiores cidades do Brasil já tem pelo menos 1 posto de recarga rápida, daqueles que carregam um Tesla em 20 ou 30 minutos. Não acho que em 10 anos estaremos tão pra trás assim.
Emerson Alecrim
Realmente, alterei o post já. Obrigado pelo toque.
Tenente Figueiredo
A concorrência está progredindo a passos largos? Veja os modelos da volvo, vw, gm e compare com os da Tesla.
Jose X.
não é isso que está no Ars Technica...pelo entendi do que está escrito lá suas compensações serão progressivas, sendo que o piso é o valor de US$100 bi "if the stock reaches a value of $100 billion—and the company either achieves revenues of $20 billion or earnings of $1.5 billion—Musk will get 1 percent of the company's stock, an award worth $1 billion." https://arstechnica.com/cars/2018/01/huge-pay-package-convinces-elon-musk-to-stay-at-tesla-for-10-more-years/
G. Croft
Alvo dos carros elétricos no Brasil é transporte dentro das cidades. Isso não teria problemas, visto que nas cidades o deslocamento não passa dos 100 km, 1/3 da carga de uma bateria.
O Corno Profeta
Não é só questão de infra, mas também de espaço de produção. Para ser rápido, parcerias ou compra de equipamentos de massas falidas funcionam bem melhor. A questão de alimentação de veículos elétricos geralmente vai estar atrelada a também uma coisa que pode ser lucrativa para a Telsa: instalação de sistemas de produção e distribuição de energia. Nisso, o "mexer os palitos" significa também fazer parcerias políticas para implantar locais de produção e distribuição de energia, tipo sistemas de captação solar, eólico e outros mais.
David
Nem nos meu maiores devaneios a tesla alcançaria esse patamar, além da concorrência está investindo bilhões e progredindo a passos largos em desenvolvimento de tecnologia autônoma e fontes renováveis, elas já estão estabelecidas nos quatro cantos do mundo.
Anayran Pinheiro
O problema de produzir em outros lugares do mundo são estes lugares investirem na infra necessária para haver o sentido da expansão para tal mercado. Brasil é um exemplo, se tornou um celeiro de produção de carros devido investimento (errôneo, por sinal) em rodovias. Para carros elétricos deveria pelo menos haver energia elétrica ligando todos os municípios, para não haver risco de você andar no cagaço do carro ficar sem energia antes de alcançar um ponto de recarga. E não há legislação definida em muitos lugares para essa expansão ser rápida, logo nosso amigo Musk terá que mexer os palitos bem bastante para expandir globalmente a Tesla (por parte dos consumidores não haverá este problema, mas dos burocratas sim).
O Corno Profeta
Podemos dizer que estes tipos de atos são uma espécie de jogo mesmo. É comparável. Pessoal que mexe com capital só quer ganhar, nem que para isso só viva blefando.
Jonas S. Marques
Uma coisa a gente não pode deixar de comentar, o menino é confiante, se bem que apostar em ser mais bilionário já sendo bilionário é fácil, queria ver ele confiar tanto em si mesmo assim sendo PEJOTINHA 1500. Mas, o caminho da Tesla é relativamente simples. Vender carros em mais lugares do mundo. Demanda até que eles tem, o problema e´a produção não dar conta. Se der errado ele continua bilionário, se der certo ele fica ainda mais bilionário, então tanto faz no fim.
André G
Até parece que está jogando poker pra apostar desse jeito