Início » Negócios » Google completa aquisição de parte da HTC por US$ 1,1 bilhão

Google completa aquisição de parte da HTC por US$ 1,1 bilhão

Felipe Ventura Por

Em setembro, o Google anunciou que iria adquirir parte da divisão de smartphones da HTC. O negócio, avaliado em US$ 1,1 bilhão, já está finalizado.

Isso significa que 2 mil funcionários, principalmente em Taiwan, agora trabalham para o Google. Com isso, a empresa terá maior controle sobre o design e a fabricação de smartphones, e trabalhará mais de perto com os fornecedores.

O chefe de hardware Rick Osterloh diz à Bloomberg que o Google está preparando "chips personalizados" para seus produtos. O primeiro chip móvel da empresa foi um processador de imagem para a linha Pixel 2.

À medida que os smartphones adotam recursos como realidade aumentada e inteligência artificial, será necessária uma integração maior entre hardware e software. "Você precisa ser vertical em alguns casos se quiser entregar inovação para os consumidores", diz Osterloh.

Atualmente, o Google vende seus produtos de hardware em nove países. Após a aquisição, ela planeja se expandir para mais mercados, especialmente na Ásia. A empresa vai abrir um laboratório de inteligência artificial em Pequim, e também uma base em Shenzhen; além disso, ela fechou um acordo de licenciamento de patentes com a chinesa Tencent.

E a HTC? Ela diz em comunicado que lançará um smartphone flagship, e manterá seus esforços nesse segmento — além de realidade virtual com a marca Vive. Vale lembrar que a empresa ainda tem 8 mil funcionários.

Com informações: Bloomberg, TechCrunch.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Glauber Bernardes
a google irá participar da farra de escravização na ditadura chinesa,é a moda das empresas,á que lá o mercado é aberto e não existe nenhum empecilho como o no brasil e outros países.
João Castello
Não, pq no caso eles não compraram a divisão de smartphones por completo. A HTC irá continuar fazendo seus produtos sem a mão do Google. O Google vai ter apenas um compartilhamento de patentes, posse de alguns laboratórios, funcionários e fábricas
Glauco
Quando ela comprou a Motorola ela continuou usando a marca Motorola, agora ela tem marca própria e não comprou toda a divisão de celulares da HTC, a HTC continuará existindo e não será controlada pela Google.
Rafael Moreira
É um negócio bom essa parceria com HTC, aparelhos apresenta pouquíssimos problemas. A Google já teve muitas dores de cabeça com LG. Era comprar um Nexus e contar com a sorte para não apresentar problemas. Com o Pixel os consumidores voltaram a ter confiança em dispositivos Google, tirando o Pixel 2 XL da LG que é bugado rs.
Léo Oliveira
O interesse na motorola eram suas mais de 12 mil patentes
Kevin D.
"É um acordo diferente da Motorola por alguns motivos. Primeiro, a HTC vai manter sua marca e continuar desenvolvendo smartphones de forma independente. Segundo, a negociação envolve principalmente os funcionários; vários deles trabalharam na criação dos smartphones Pixel." citando o próprio Tecnoblog. A Google está mais interessada na mão de obra da HTC e a infraestrutura, já que pelo tudo indica, ela pretende começar a desenvolver seus próprios chips.
leoleonardo85
O que essa compra difere da compra da Motorola? O que garante que daqui 1 ano o Google não vai vender a HTC também?
Abraão Caldas
Motorola parte 2?