Início » Jogos » PUBG vai barrar trapaceiros antes de começarem a jogar

PUBG vai barrar trapaceiros antes de começarem a jogar

Por
2 anos atrás

A PUBG Corp, responsável pelo PlayerUnknown’s Battlegrounds, está prestes a implementar uma nova atualização que visa combater o aumento do número de cheaters no jogo.

Segundo um post publicado no fórum oficial, o sistema fará uma varredura nos arquivos para detectar se programas de terceiros estão afetando o jogo ou interagindo com ele, e impedirá o PUBG de rodar caso tais programas sejam encontrados.

No entanto, a ferramenta anti-cheat também poderá afetar outros tipos de programas que não influenciam na jogabilidade, como gravadores de áudio ou video.

Um destes programas é o ReShade, utilizado para alterar a saturação, brilho, cores, entre outras configurações visuais dos jogos. No caso do PlayerUnknown’s Battlegrounds, tais configurações podem dar alguma vantagem aos jogadores, deixando os inimigos mais visíveis. O jogo não funcionará caso o programa seja detectado; porém, os jogadores que forem pegos utilizando o ReShade não serão banidos.

No caso dos outros aplicativos (como o Nvidia ShadowPlay), a PUBG Corp disse que trabalhará rápido para desbloquear qualquer programa não-malicioso que for bloqueado pelo novo sistema anti-trapaça.

A atualização estava prevista para ser liberada na última segunda-feira (5), mas foi atrasada devido a problemas de última hora. A PUBG Corp ficou de divulgar, em suas redes oficiais, a nova data e horário da liberação do patch.

A batalha, no entanto, é longa. Mais de 1 milhão de jogadores foram banidos da versão para PC de PlayerUnknown’s Battlegrounds só no mês de janeiro – mais de dois terços do total de banimentos de 2017 inteiro, de acordo com relatório da empresa de software anti-cheat BattlEye. Esse programa também é utilizado no jogo como uma das medidas para prevenir trapaças.