Início » Jogos » Google pode lançar plataforma de streaming de games

Google pode lançar plataforma de streaming de games

Emerson Alecrim Por

Streaming de jogos não é um conceito novo, mas poucas iniciativas do tipo deram certo até agora. Com o Google seria diferente? Talvez a gente descubra em breve: de acordo com o site The Information, a companhia está preparando uma plataforma de games por assinatura chamada Yeti.

Sim, por assinatura. Seria algo nos moldes do PlayStation Now ou do GeForce Now, da Nvidia: o jogador pagaria uma mensalidade para ter acesso a um amplo catálogo de títulos, todos transmitidos remotamente. O processamento seria feito pelos servidores do google, assim, o usuário só precisaria de um dispositivo para se conectar ao jogo e controlá-lo.

O dispositivo seria um smartphone? É possível, mas o Android já tem uma base considerável de games. O plano do Google com o suposto projeto, aparentemente, é o de levar os títulos da plataforma para o público que prefere jogar em consoles ou PCs.

Algo como o Asus Nexus Player, talvez?

Algo como o Asus Nexus Player, talvez?

Para tanto, a companhia estaria trabalhando com duas possibilidades: simplesmente compatibilizar o Yeti com o Chromecast ou desenvolver um dispositivo específico para acesso à plataforma.

A última possibilidade faz bastante sentido, afinal, o usuário vai precisar de um joystick para jogar. Como o processamento pesado ficaria a cargo das nuvens — provavelmente, a área de games da Google Cloud Platform —, o equipamento não precisaria de hardware avançado e, portanto, não seria caro.

Fontes próximas ao Google disseram ao The Information que o projeto do Yeti existe há pelo menos dois anos. No plano original, o lançamento da plataforma seria realizado no final de 2017, mas, por razões que não ficaram claras (quem sabe, o fato de um serviço como esse exigir conexões muito rápidas), o Google decidiu adiar a estreia.

Na verdade, nada está claro. O Google não comenta o assunto. Mas há boas chances de o Yeti ser real. Para começar, a companhia tem infraestrutura (e dinheiro) para colocar uma plataforma como essa em funcionamento. Além disso, o Google contratou recentemente Phil Harrison, nome conhecido por quem acompanha a indústria dos games: ele já atuou na Sony (divisão do PlayStation), na Atari e na Microsoft (com o Xbox).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

BlankStatement

as outras empresas que tentaram não tinham a grana, infra estrutura e marca forte do google.
also a internet a alguns anos atrás estava pior do que atualmente.
e mesmo com todas essas limitações, funcionava, só que funcionava em poucas regiões.

porque insistir? no caso do google, pq ele vai precisar de jogos se quiser que o ChromeOS faça sucesso

Elcobos
Cara, quem iria imaginar que em 2018 teríamos um computador no bolso de cada pessoa? A tecnologia evolui muito rápido, não dá pra subestimá-la.
ばか

Lá pra 2050 talvez.

Git Gud
Lá pra 2050 talvez.
Elcobos
pq um dia vai dar certo
Flavio Toledo
Ele esta correto tem muito modelos diferentes de roteadores no mercado alguns sao dual band com bom alcance do sinal porem rede cabeado supera de longe estabildiade conexao. E o que sempre digo produtos fica em lugares fixo melhro deixa no cabo rede deixa rede wifi livre para notebooks/celulares.
JackCrazy5
Não sabemos oficialmente o que é, se é um console, streaming ou uma Steam da vida.
Alessandro Johnny
E porque eu e tantas outras pessoas por aí conseguem fazer streaming de Plex e Netflix em 4K usando Wi-Fi?! Quanto a jogar (streaming PC -> celular), muita gente também consegue, seja com Parsec ou nVidia Streaming no celular ou notebook, em uma rede 5Ghz, com resolução [email protected] Eu entendo que o protocolo CSMA/CA possa adicionar latência (não de uma forma que você simplesmente não consiga usar/jogar), mas ao ponto de não conseguir rodar um vídeo por streaming?! Uma simples troca de canal na rede 5Ghz pode resolver o seu problema. Ou trocar o radio fisicamente de posição. Ou pode ser algo no seu roteador/access point também.
DG

top

Zanac_Compile
Não é na minha rede Wi-Fi, é uma limitação de performace característico do protocolo CSMA/CA que não existe numa rede Ethernet. Tu não consegue ter tempo de resposta suficientemente rápido em uma tela espelhada na TV, nem no Chromecast, nem no Apple TV via WiFi, a não ser que use um cabo ethernet.
Magnosama
Ando com uma descrença terrível com qualquer lançamento do Google, tudo feito por essa empresa é feito com desleixo e mal acabado, tsc...
Marcos Soares Santos
Preferiria que houvesse uma compatibilização com o Chromecast, afinal a base de usuários ja existe, ai dando uma possibilidade de usar gambiarricamente o próprio celular como joystick ou comprando um joystick oficial ou licenciado.
Alessandro Johnny
Mas dá pra ver que o problema está na sua rede Wi-Fi. E o Google dá a possibilidade pra você usar o Chromecast como segundo tela e não apenas mirror, e assim usar o celular como controle, mas não tem muitos jogos que funcionam assim.
Felipe Silva
Se eu vou comprar o jogo então eu compro o PC ou console para jogar, no caso eles só alugam capacidade computacional.
Zanac_Compile
Pq os apps de jogos convencionais não dão suporte ao Chromecast ? O problema é o tempo de resposta, bastante lento em rede wifi, no ChromecastUltra que dá suporta a cabo de rede, talvez role melhor, mas muito pouca gente conectaria dessa forma. Eu precisei ligar o Chromecast por cabo ethernet pra conseguir de fato ter suporte a filme em 4k no PLEX... senão, no WiFi, o Plex nunca dava largura de banda suficiente para 4K. No Apple TV é a mesma coisa, ligo via cabo Ethernet e fica ótimo jogar de tudo na TV, espelhando via Airplay do telefone, até HORIZON CHASE. Mas se coloca na rede WIFI cheio de colisão, não rola tempo de resposta pra jogos.
Exibir mais comentários