Início » Jogos » Hackers conseguiram rodar Linux no Nintendo Switch

Hackers conseguiram rodar Linux no Nintendo Switch

Paulo Higa Por

Um grupo de hackers deu mais um passo rumo ao desbloqueio do Nintendo Switch: eles conseguiram rodar o Debian Linux no console ao explorar uma vulnerabilidade no processador do videogame. E parece que a brecha não pode ser corrigida pela Nintendo tão facilmente.

Os membros do fail0verflow contam ao TechCrunch que existe uma falha de segurança na ROM de boot do Nvidia Tegra X1. Sempre que você aperta o botão liga/desliga do console, essa ROM é acionada e chama o sistema operacional proprietário da Nintendo. No entanto, ao explorar a vulnerabilidade, é possível rodar um software não desenvolvido originalmente para o Switch.

Como a ROM de boot é armazenada no processador da Nvidia e não pode ser alterada, o grupo afirma que a falha não pode ser corrigida pela Nintendo com uma atualização de software, por exemplo. A única forma de consertá-la seria fabricando novos chips Tegra X1, o que significa que apenas novas revisões do Switch seriam afetadas.

O exploit ainda não é público e os detalhes para explorar a falha não foram divulgados. Se forem, a Nintendo pode ter problemas com games piratas no futuro.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Schüng
Até porque a Nintendo não guarda senhas dos usuários numa pasta chamada: "PASSWORDS"
PS: Não defendendo a Nintendo é claro!
Carlos Pacheco
Se não me falhe a memória, a Nintendo fez isso no N64. É o CIC 6102, sem ele, sem jogo... E não adiantou muito, tem Everdrive (com o socket DIP para os eventuais microcontroladores PIC "clones" e até para o verdadeiro CIC 6102!!) e teve dump de roms...

O fato é que não existe sistema livre de falhas, sempre haverá um método para burlar isto. Pode ter certeza que haverá uma gambiarra para os cartuchinhos... Infelizmente.
Fred
Ninguém quer usar Linux nem nos PCs onde é fácil instalar, imagina comprar um Switch e modificar pra ficar pior ainda de usar hehehehe
Tá, eu sei, essa parte é só um passo na direção da pirataria do console, mas o título poderia refletir isso, e não o rodar o Linux em si...
Catena's Beauty Atelier
No 3DS se usa uma versão modificada do sistema. Devem fazer o mesmo com o Switch
Alberto Prado
Agora com isso em mãos vai fica bem mais rápido para descobrir a nova chave. Com o Wii foi a mesma coisa. A chave foi atualizada diversas vezes durante a vida do console e assim foram descobrindo. E o HW do Wii era até mais complicadinho, já que era um Power Pc.
Eu acho a Nintendo meio estranha nesse aspecto. Já que juridicamente ela mete medo e todo mundo. Mas em questão de evitar pirataria ela parece deixar a desejar no desenvolvimento do HW e SW pra evita isso.
Eu acho que ela poderia ter feito mais nesse sentido.
Tori
Matheus, erros de hardware são normais em um console novo.
PS4 e Xbox já tiveram isso no seu lançamento. Não essa coisa de "estava pronto pra ser lançado", eles focaram muito em software, mas esqueceram de uma simples "fenda" que a NVIDIA deve ter deixado de propósito para o pessoal.
Isso não ira prejudicar as vendas do mesmo.
Wilde(r)
isso é, mas pong e tetris dá pra 2 player, funciona bem pra tela pequena
Wilde
isso é, mas pong e tetris dá pra 2 player, funciona bem pra tela pequena
farias
dos que eu citei eu so nao usei em nenhum momento rom hack e cheats. servidor ftp e backup e flash de saves eu uso ate hoje, joguei MUITO cave story e doom pelos portes nao oficiais e eu acho que joguei mais emuladores do que jogos de 3ds no meu sistema

ja que voce perguntou por nomes eu uso ROMs injetadas no virtual console pra GB, GBC e NES e o emulador blargSNES pra jogos de SNES, ja que o meu e um o3DS e nao suporta SNES no VC. de SNES eu zerei no 3DS alladin, earthbound, a link to the past e super mario world umas tres vezes, sem contar os jogos que nao joguei ate o final.

agora me explica qual o seu problema com homebrews ao ponto de querer provar que outra pessoa nunca usaria elas
Mario Silva
Ainda acho Switch vale a pena desbloquear, ele é uma maquina ideal para emulação, jogar vários consoles em qualquer lugar com facilidade é um sonho.
ochateador
Ainda lembro da invasão que a sony sofreu uns tempos atrás...
Problema deve ser a péssima ou inexistente gestão.
Trovalds
É normal sair versão do console revisada de tempos em tempos. Vide MS e Sony. Só que o "buraco" da Nintendo é mais embaixo já que não é só atualizar um firmware e pronto.
Romulo Pulcinelli Benedetti
Eu não estou falando especificamente de número de funcionários, dinheiro ou algo assim mas sim expertise e estratégia de mercado ao longo dos anos, a Sony pelo que imagino, deve ter gasto mais tempo em pesquisas envolvendo bloqueio de conteúdo.

Obviamente é uma suposição, eu realmente não sei qual das companhias tem mais falhas de pirataria e desbloqueio, nem se ou qual usou esquemas mais sofisticados de bloqueio. Mas existem exemplos deste tipo de "recurso incalculável" em diversos outros mercados, como o de Sistema de Arquivos, Não basta ter muita gente e dinheiro para fazer um FS como ZFS e BTRFS, você precisa de pessoas talentosas e de muito tempo empenhado, tanto destas pessoas como de muito mais do que 500 funcionários se você for considerar o tempo que um FS como o ZFS vem passando já por testes, debugagem e validação involuntária, muitas vezes em ambientes impossíveis de reproduzir por uma equipe de QA.

Desbloquear a modificação do sistema nem é um problema muito grave, você resolve esse problema com os fabricantes de jogos, criando uma cadeia cooperativa com atualização constante de chaves simétricas no entre fabricante e estúdios. Existem inclusive outras formas mais sofisticadas, como chaves privadas gravadas em chips DRM, mas não sei se ambas as companhias vão tão longe ou tem condições de manter instalações com um requisito tão grande de segurança interna contra vazamentos.

Enfim eu consigo imaginar uma infinidade de técnicas bem dispendiosas em temos de recurso como um todo, que podem ficar baratas se você já domina o processo, etc...
Zanac_Compile
Jura que tu usa de verdade tudo isso, hehehe.

Tu usa pra piratear ! :D Se não fosse possível piratear jogos, tu não desbloqueava. Me fala, qual emulador tu usou e quais jogos emulados tu efetivamente joga. A gente instala, coloca 1000 roms de jogos de ATARI, coloca 1500 roms de jogos de MEGADRIVE, e mostra para os amigos aquele negócio inusitado, relembra a abertura de um jogo, e nunca mais vai tocar naquilo, nem sempre é bem emulado, os controles nem sempre funcionam perfeitamente. Acho que vale mais a pena comprar UM jogo antigo, aquela que realmente tu quer jogar, por 10 reais na loja da Nintendo no 3DS, lá do MEGAMAN, GOLDEN AXE, que esta realmente portado e bem feito para o 3DS e efetivamente usar.

Não vejo nada que justifique desbloquear o SWITCH, a Nintendo não está sacaneando ninguém, não esta capando recursos, não estamos lutando contra injustiça alguma desbloqueando. O único motivo é praticar crime contra direito autoral.

Coisa boa pagar bem pago, por um jogo que vai te trazer meses de diversão e reconhecer o trabalho de quem dedicou aquilo.
Lucas Rinaldi
É verdade, a Sony possui uma quantidade enorme de instalações dedicadas aos mais diversos segmentos. No entanto, a falha encontrada se deve ao Tegra em si, e, além disso, instalar e rodar o Linux já é possivel no Ps4 há bom tempo.
Zanac_Compile
Estou pra te contrariar hoje ! kkkkk

Mas numero não é qualidade ! A Nintendo pega 1% desses 5 mil e forma um time de segurança focado, dedicado, especializado, somente naquilo que ela faz e muito bem, a garantia de ser bem feito é muito maior.

Acho que o que a Nintendo faz é negligenciar isto mesmo. Não é dificuldade por falta de recursos. É estratégia mesmo ! Vem de cima, não perder tempo com isso....

A Sony teve um escândalo com segurança na rede PSN, a Sony teve outro escândalo com vazamento de filmes. É uma das piores gestão de segurança da informação que já se viu na história, mas ela faz um trabalho bem feito da proteção e bloqueio de direito autoral, pelo menos nos jogos eletrônicos, inclusivo por ser um hardware 10x mais potente, com muito mais recursos para garantir proteções de pirataria.

No final é um hardware caro, com menos margem de lucro. Ela fatura menos, inacreditavelmente, tem menos lucro, mesmo fazendo tanto para bloquear pirataria. Garante mais desenvolvedores que vão para o ambiente dela que não tem jogo pirata, ela vende mais videogame, mas no final, o lucro é menor ! Que louco.
farias
na verdade ja tem tecnicas pra pirataria no ps4 sim, mas envolvem clonagem de sistema, e trabalhoso.

mas eu digo baseado no historico da nintendo, que pelo menos desde o wii/ds sempre tiveram consoles com pirataria rampante.
farias
eu tenho um 3ds desbloqueado e sim, foi trabalhoso, mas teria valido a pena mesmo se eu nao usasse para pirataria. teve temas personalizados, emuladores, custom virtual console, editor e backup de saves, varios ports nao oficiais como doom, quake e o cave story original, chat online, servidor ftp, patcher pra rom hack, cheat engine e varios outros. tudo que der mais controle para o usuario vai ter meu apoio 100%
Lucas Rinaldi
Nem tão "logo logo". Faz tempo que se pode instalar e rodar o Linux no ps4, e até agora nada de conseguir rodar jogos "piratas ".
Zanac_Compile
Concordo, mas não é tão simples, realocar time de segurança da TV da Sony para trabalhar no PlayStation, não é algo nada simples. Falo isso, pois um dos meus trabalhos é numa empresa de 14.000 empregados, que poderia fazer estas coisas, e simplesmente é insustentável, ficando cada um no seu quadrado. Acho pouco provável que a Sony tenha rotatividade dos seus empregados entre frentes de mercado distintas, só acho.
Zanac_Compile
Que nome bonitinho para o povo que quer rodar jogos ilegalmente sem pagar :D

Eu também acho legal, mas o trabalho é gigante, tu para de atualizar o videogame, tu fica refem do sistema pirata, tu fica vulnerável a malware. No Wii eu fazia isso, não tinha nada crítico que um malware pudesse roubar meu, mas na prática aquele monte de coisa pra rodar formato de vídeos diferentes, controlar a balança de forma personalizada, rodar DOOM inusitado, era tudo bonitinho mas não tinha utilidade pra nada ! É legal, é desafiador, mas é um trabalho e pouca utilidade do cão ! Fazer jailbreak no iPhone, desbloquear um Nintendo 3DS, é te deixar muito refém daquilo, um trabalho do cão e 99,99% faz para praticar pirataria, pra roubar direito autoral.

Chinelagem !!!
farias
Mas funcionarios podem mudar de projetos durante o ciclo de desenvolvimento dos consoles, sem contar que a area de video games pode usar tecnologias, patentes e contatos de terceiros que outros setores da empresa tem. Por isso que eu digo que a Sony ser maior da uma vantagem enorme pra ela sobre a Nintendo.
farias
Nao e questao do numero de funcionarios em si, mas a possivel expertise que eles possuem. Uma empresa com mais funcionarios provavelmente tem mais engenheiros especializados.

O valor de acoes ta relacionado com o lucro que a empresa da. Ter menos funcionarios gera menos custos operacionais. Nao existe uma correlacao tao forte assim entre tamanho e valor de mercado.
Zanac_Compile
DOOM e WIN95, os favoritos de se fazer rodar em algo inusitado.
Zanac_Compile
Na área de videogames acho pouco provável, devem ter tamanhos semelhantes ou a Nintendo deve ser maior no nicho videogame, visto que é dedicada somente a isso. Se a Sony for maior, é vergonhoso a péssima locação e gestão de recursos que ela faz.
farias
para os usuarios e. indica que a comunidade de hacks e homebrews esta ganhando controle sobre o console. logo logo haverao todo tipo de recurso nao oficial sendo desenvolvido.
Zanac_Compile
Pode ser, mas é sutil. Para proteger um videogame, tu não precisa de um projeto de mais do que 50 pessoas. Quer 100 ? 500 pessoas no cúmulo do exagero só para garantir a proteção de copyright? Ainda me parece números razoáveis para uma empresa menor garantir um projeto bem feito e eficiente. Até é mais fácil de gerenciar do que em uma empresa que fabrica de navios até medidor de pressão arterial ter que se organizar pra isso.

O mais incrível é o Whats com 4 pessoas valer 500 vezes mais que o Washington Post com centenas de funcionários e prédios, e que a SONY com uma mega infraestrutura, serviços, pessoas e chão de fábrica, valer menos que NINTENDO que lucra mais e vale mais, fazendo somente uma coisa, com dezenas de vezes menos pessoas.
farias
fabrica nao tem nada a ver com a questao, a gente ta falando do desenvolvimento do produto, nao das linhas de montagem (que provalvemente sao terceirizadas). sony e maior em numero de funcionarios.
farias
exatamente!
farias
a sony tem 128 mil empregados, a nintendo tem 5 mil. pelo fato da sony ser diversificada e ter varios segmentos nas areas de computacao, eletronicos e engenharia eles tem mais expertise pra desenvolver sistemas mais seguros.
Zanac_Compile
Não diria seguro, e sim, protegido heheh
Zanac_Compile
Parece uma estratégia suicida de alguma empresa fazer isso. Quantas outras vezes vimos um tiro no pé assim ? Depois de um ano de um produto caro e complexo (não estamos falando de um carrinho de plástico), a empresa lança uma nova versão, corrigindo defeitos da anterior vendida para uns dez milhões de clientes ? Insano :D
Matheus Viana
Lol. O Switch nunca foi lançado as pressas. O console já estava pronto para ser lançado no ano retrasado. O fato dos games ainda não estarem prontos foi oque impediu isso. Esse rumor foi gerado porque as pessoas não queriam aceitar que o OS do Switch não tinha todas as funcionalidades que elas queriam. A versão revisada não irá sair este ano. Versões revisadas são para quando o console começa a cair em vendas e se é lançada uma revisão para manter o fôlego e gerar novamente interesse. Fora isso, a tecnologia para fazer um die-shrunk do TX1 de forma a melhorar a vida da bateria e deixar o Switch menor só estará disponível em 2019.
Matheus Viana
Nope. Em questao de baixar e executar as isos, a Nintendo lança atualizações de software que são necessárias para executar o game. E na atualização 4.0, eles mudaram as chaves criptografadas do sistema, oque fez com que os grupos de homebrew ficassem parados no 3.0 por um tempo. Em questão de flashcarts, é impossível. A Nintendo colocou hardware nos "cartuchos" para evitar isso.
Trovalds
Agora vão acelerar o lançamento de uma versão revisada. OU lançar.

Na boataria do ano passado disseram que o Switch ia receber uma versão revisada em setembro por conta de terem lançado o console "meio às pressas". MAS como as vendas superaram em muito a melhor da melhor das expectativas resolveram deixar pra lá. Lembrando novamente: BOATO!

O negócio é: sabe-se que é possível transpassar os bloqueios e rodar software não desenvolvido pro console. Mesmo se o fail0verflow não publicar as suas descobertas agora vai começar uma corrida de outros grupos pra fazer igual (ou pior).
Felipe Ferreira Cardoso
opa! hora de comprar o switch então? antes q façam atualização no hardware?
Leandro Martins M
A Nintendo enquanto EMPRESA é maior. Empresa não é fábrica.

Empresa é pessoa jurídica.

Nintendo é a maior do Japão, a empresa mais rica daquele país.
Leandro Martins M
Tão minúscula que A Nintendo é a a empresa mais rica do japão.a Sony está em quarto lugar, meio distante da Nintendo mesmo atuando em vários segmentos tecnológicos. A Nintendo trabalha somente com games e é a maior empresa japonesa.
Edily Cesar Medule
Só pra constar, a distribuição que está na imagem parece ser o Slackware, e o artigo falou em Debian, mas sem crise, isso não afeta a notícia.
Romulo Pulcinelli Benedetti
Não necessariamente.
Alberto Prado
Mas não é o oq vai acontecer? Se afinal já se tem tudo isso...
Valerio panelo
É triste ver que noticiam isso como se fosse uma vitória. Tanto faz, isso não vai impactar em nada no desempenho do switch
Marcos
É triste ver que noticiam isso como se fosse uma vitória. Tanto faz, isso não vai impactar em nada no desempenho do switch
Claudio Alexandre Kruger de Ar
O que!?
Não entendi!
Deixa pra lá!
Romulo Pulcinelli Benedetti
acho que ele estava se referindo ao tamanho operacional talvez, por exemplo são 5 mil contra 100 mil + funcionários se não me engano, uma fabrica geladeiras, sistemas de som, navios, tomógrafos, consoles, etc, a outra fabrica consoles.

É um argumento plausível, DRM e bloqueio de conteúdo é um mercado todo a parte na Sony provavelmente e nesse sentido o PS4 deve ter desfrutado de mais homens/hora, e provavelmente desperdiçou mais recursos do ponto de vista contábil.
Lucas Rinaldi
Só pode kkk
Carlos Pacheco
Acho que ele queria tirar onda hehehe
Carlos Pacheco
o.O
Carlos Pacheco
De fato...
Lucas Rinaldi
Na verdade, a Nintendo tem um valor de mercado superior ao da Sony. Não apenas isso: suas ações valem quase dez vezes mais e também possui mais dinheiro em caixa.
Matheus Viana
Já fizeram tudo isso. Agora que você quer pirataria( flashcarts ou baixar uma iso e instalar) esquece.
Matheus Viana
O Switch é um console seguro. A diferença aqui é que foi-se explorado uma falha de hardware no Tegra em si para conseguirem fazer isso. A Nintendo não poderia fazer nada.
Romulo Pulcinelli Benedetti
No desenvolvimento de um software ou hardware qualquer requisito, funcional ou não funcional (como é o caso de segurança, DRM e afins), representa mais recurso gasto (tempo, dinheiro, mão de obra, etc), empresas pequenas geralmente tem menos recurso que grandes empresas logo é um motivo plausível, agora se realmente é este o motivo, só trabalhando para a Nintendo para saber, e sim, pode não ser esse o motivo.
Matérias Inexistentes
Mas o que isso tem haver com a facilidade de desbloqueio?
Alberto Prado
Hehehehehe, já era. Disso daí para conseguir roda programas de engenharia reversa e criar emulador e extrair roms é um pulo.
farias
Até porque a Nintendo é uma empresa minúscula comparada a Microsoft ou a Sony.
Carlos Pacheco
Interessante é que os consoles da Nintendo são sempre os mais fáceis de serem desbloqueados...
Wilde(r)
colocar tetris no switch ou pong
Wilde
colocar tetris no switch ou pong