Andy Rubin é o cofundador da Android Inc., que criou o sistema operacional extremamente popular do Google. Seu projeto mais recente é o Essential Phone, com boas especificações, tela com “notch” e encaixe para acessórios modulares.

Concorrer com Apple e Samsung em smartphones high-end não é tarefa fácil. Segundo a IDC, apenas 88 mil unidades do Essential Phone foram distribuídas em 2017, durante seis meses no mercado.

Isso é muito menos do que a Essential previa. No ano passado, o diretor de operações Niccolo de Masi disse ao TechCrunch: “nós teremos uma trajetória de crescimento similar provavelmente ao que você viu na abordagem da Apple para o iPhone. Eles venderam um milhão no primeiro ano. Não porque não existisse demanda por mais, mas porque não conseguiam fabricar mais do que isso”.

O Essential Phone foi lançado por US$ 699. Alguns meses depois, o preço foi reduzido permanentemente para US$ 499, e chegou a US$ 399 em uma promoção na Black Friday. Nos EUA, onde as pessoas costumam comprar smartphones na operadora, ele está disponível apenas na Sprint.

Os reviews foram, em geral, positivos. No entanto, a qualidade das fotos era meio decepcionante, e o app da câmera tinha problemas de estabilidade. A Essential preparou atualizações de software nos últimos meses para resolver isso.

Além disso, a concorrência é forte demais. A Apple vendeu 1 milhão de iPhones 8/8 Plus/X por dia no último trimestre. Ainda assim, a empresa criada por Andy Rubin vale mais de US$ 1 bilhão, e diz que tem planos para os próximos dez anos — será que ela consegue durar até lá?

Com informações: TechCrunch, Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Novais

só 88 mil ? kkkk o cara vendeu exclusivamente no site dele, não encontra em lugar nenhum, eu achei que vendeu dentro do esperado. quando for pra sites como aliexpress, e etc, vai vender pelo menos 300% a mais, porém no site dele ele não divide o lucro com ninguém, e se livra de taxas

Programador Front-End

Mas pra quem quer concorrer com Apple é lá que tem que brigar né (PS: não manjo de economia, mas estou aqui comentando mesmo assim)

Basquens

Por 500 dolares melhor pegar o Oneplus 5T

leoleonardo85
Vendeu 88mil ou foram distribuídas 88mil unidades para as lojas?
Rod
Pra brigar com iPhone, Pixel e o Galaxy S, não pode pecar na câmera. Foi o que aconteceu.
tuneman
Vendeu melhor do que o Kin
Je Suis Harambe
Eu queria comprar um só pela ótima qualidade dos materiais dele, nenhum smartphone chega perto titânio, vidro de ótima qualidade e pureza etc se o dólar baixar eu compro um, se bem que pagar 500 dólares num smartphone assim é complicado 1650 mais frete...
Maicon Bruisma
Menos que a Microsoft no mundo mobile
Gustavo Calanzani

O fato de estar atrelado apenas a Sprint é complicado. Se fosse com a AT&T ou a Verizon venderia muito mais.

ghccalanzani
O fato de estar atrelado apenas a Sprint é complicado. Se fosse com a AT&T ou a Verizon venderia muito mais.
tuts
O mundo ficou babando, mas tinha que importar.
Leonardo de Pádua
Estratégia de vendas foi errada, estrear exclusivamente nos EUA, se tivesse mirado nos Emergentes teria vendido mais.
Rookie naz
Muito caro pro que oferecia, mesmo com a redução de preço a câmera queimou as vendas dele.
Gertrudes, a Lhama
Vendeu mais que o Surface Phone
Gertrudes, a Lhama Morta

Vendeu mais que o Surface Phone

Exibir mais comentários