Tecnoblog
Início » Celular » Judy pode ser o flagship que ajudará a salvar a divisão de smartphones da LG

Judy pode ser o flagship que ajudará a salvar a divisão de smartphones da LG

Tudo vai bem na LG, menos na divisão de dispositivos móveis, que tem amargado prejuízos sucessivos. Mas uma reação é esperada em 2018. Ela pode começar com o suposto LG Judy, aparelho cujos primeiros detalhes foram vazados por Evan Blass. Ao que tudo indica, teremos um novo high-end da marca, mas que não será o sucessor do LG G6 ou do V30.

Evan Blass, ou simplesmente @evleaks, tem um longo histórico de rumores acertados sobre smartphones. Por conta disso, as chances de o LG Judy ser verdadeiro são grandes. Talvez o nome seja provisório, mas o projeto deve realmente existir.

De acordo com Blass, o LG Judy trará tela de 6,1 polegadas com proporção 18:9. Como telas quase sem bordas estão na moda, é de se presumir que o aparelho será pouca coisa maior que o LG G6 (5,7 polegadas), ou seja, terá display generoso, mas não ficará grandalhão.

Mas o detalhe que mais chama atenção é a suposta tecnologia da tela: MLCD+. É algo semelhante ao IPS LCD, mas baseado em uma matriz RGBW com um subpixel branco. Como tal, essa tela seria capaz de alcançar níveis de brilho de até 800 nits e, ao mesmo tempo, ser até 35% mais econômico no consumo de energia do que painéis LCD tradicionais. Será?

LG G6

Blass não vazou nenhuma imagem do suposto LG Judy, mas a fonte dele dentro da companhia falou sobre um novo design, ou seja, o smartphone provavelmente não será parecido com nenhum dos aparelhos atuais da marca.

As especificações básicas deverão corresponder ao mínimo que se espera de um topo de linha em 2018: processador Snapdragon 845 acompanhado de 4 GB de RAM (Blass considera essa quantidade um tanto decepcionante) e 64 GB de espaço interno para armazenamento.

O restante das configurações deverá incluir câmera traseira dupla, possivelmente com sensores de 16 megapixels, abertura f/1,6 e funções baseadas em inteligência artificial, certificação IP68 complementada com resistência de padrão militar (?!), saídas de áudio estéreo, carregamento sem fio, assistente virtual e reconhecimento de voz.

Não está claro se o Judy irá mesmo complementar as opções mais avançadas de smartphones da LG em vez de substituir o G6 ou o V30, tampouco se o modelo terá disponibilidade global. Mas há algum burburinho sobre lançamento em junho.

Talvez tenhamos informações mais precisas sobre o LG Judy no Mobile World Congress (MWC), cuja edição 2018 está marcada para a próxima semana.

Com informações: VentureBeat.

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação