O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou uma resolução que facilita a transferência automática de salários para contas digitais de serviços financeiros que não são oferecidos por instituições bancárias. Na prática, isso significa que o trabalhador terá a opção de receber o seu salário em serviços como NuConta e PagSeguro.

Hoje, boa parte das empresas abre contas salário ao contratar funcionários. O empregado não paga nada por essa conta e pode usá-la para fazer saques ou pagamentos via cartão de débito, por exemplo, mas não consegue receber depósitos de terceiros ou movimentá-la com cheques.

No entanto, a pessoa não é obrigada a ficar com a conta salário. Ela pode solicitar gratuitamente a portabilidade para uma conta corrente no banco da sua preferência. Com a nova resolução do CMN, a portabilidade também poderá ser solicitada para contas digitais ou de pagamento, incluindo aquelas movimentadas com cartões pré-pagos.

NuConta

Isso significa que, além dos já mencionados serviços NuConta (Nubank) e PagSeguro, a portabilidade poderá ser feita para contas no PayPal, Superdigital e outras fintechs, sejam elas ligadas a bancos ou não. Só é necessário ter um pouco de paciência: o novo regulamento passa a valer somente em 1º de julho.

De todo modo, o procedimento de portabilidade deverá ficar um pouco mais fácil. Atualmente, o trabalhador tem que solicitar a transferência no banco que mantém a conta salário. Com o novo regulamento, o usuário poderá fazer o pedido de portabilidade na instituição que controla a conta de destino.

Com informações: Agência Brasil, O Globo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sebastian Shaw

eu tenho uma dúvida: com o cartão do banco do brasil eu consigo parcelar todos as minhas contas, boletos e outros cartões... isso é possível no cartão nubank ou em outro cartão digital?

Renato K.

Você repete esse assunto do FGC inclusive em outros artigos sobre fintech, até parece funcionário de banco torcendo pra elas darem errado. E ainda fala como se o terceiro Unicório brasileiro fosse quebrar da noite pro dia, assim do nada o app iria parar de funcionar, o site ia sumir, e estariamos todos chorando pro papa.

Cada um assume o risco que quer, se você prefere manter seu dinheiro no sistema atual por causa da garantia, que ótimo. Ser conservador nos dias de hoje é bom e é um bom conselho que você dá, eu também mantenho uma boa parte lá. Mas não de forma jocosa que isso não acrescenta em nada.

Sidney

Mas como isso será feito?
Como o Nubank, por exemplo, irá pedir ao Itaú esta portabilidade?
Pela norma, diz que pode ser por meio escrito ou eletronico.
Entendo que o Nubank, por exemplo, não vai ficar mandando email pra todo banco....
Não haveria mensagens via Sistema de Pagamento Brasileiro entre as Instituições pra isso?

Sidney

Alguém sabe o seguinte?
Se eu quero receber meu salário em uma Fintech, somo será o pedido de portabilidade entre a Fintech e o Banco que inicialmente recebeu o crédito?
Via mensagem pelo Sistema de Pagamento Brasileiro?
Exemplo: Recebo o salário no Itaú, mas quero transferir para uma conta no Nubank, como o Nubank vai pedir ao Itaú que comece a transferir este valor?
Sei que pela legislação, eu posso ir no Itaú diretamente e pedir esta portabilidade. Mas e se eu não vou lá e peço para o Nubank? Ele vai pedir como ao Itáu? Por escrito, por uma mensagem do SPB?

Gilberto Lima

Uma das opções que eu acredito que o Nubank poderá adotar é agir que nem o Banco Inter e liberar débito nos caixas "Banco 24 Horas". Pra mim é perfeito.

BloucV

Pensamento antigo e acomodação. No futuro eles vão se arrepender amargamente de estar perdendo esse público jovem pra eles. O Bradesco tá se movendo um pouco com o next, mas nem se compara ao Nubank

CtbaBr©

"Só criar um cartão virtual pelo internet banking."...
Ok,"crie" ai o seu cartão então, eu continuarei usando o PayPal!

johndoe1981

"corro o risco de ficar colocando meus dados do cartão de credito em todo loja virtual que compro"

Só criar um cartão virtual pelo internet banking. O único trabalho é personalizar os limites do cartão, de transações e o valor por transação.

Jonas Rafael Rossatto

boa dica! @eduardo_hoffmann:disqus

Jefferson Rodrigues

Tem gente que não sabe disso, porque não lê as notícias diárias.

Douglas B

Isso mesmo. Dá pra pagar a fatura do cartão instantaneamente, o que seria tipo um débito.
Vc compra tudo no crédito, deixa o dinheiro rendendo e quando acabar o limite paga a fatura na hora e compra mais.
Vc só fica refém do limite do crédito, né? Eu por exemplo coloquei 5 mil na NuConta, mas meu cartão só tem R$ 1500 de limite e eles não aumentam nem por decreto.

Babby

assista Escape Room on-line rapidamente e todas as legendas em idiomas completos: POPCORNNETFLIX.BLOGSPOT.COM

JOSE HAROLDO SENA DE O. FILHO

Isto é um avanço e um incentivo às fintehcs. Que é servidor público não tem muita dificuldade em portabilidade de pagamento de salário. Vai no RH pede orientações procede e pronto. Mas já vi casos em que a empresa privada não tá nem aí pra portabilidade. Algumas abrem contas salário para o pagamento do empregado, sem custo para o trabalhador, mas com ônus para a empresa. E o caso mais esdrúxulo foi de uma faculdade particular da minha cidade que um dos pré requisitos para admitir professores (caso que eu vi) obrigava os mesmos a terem uma conta corrente no banco Santander. [email protected] a portabilidade e os avanços tecnológicos e de cultura. Mas não tem jeito, a nova geração de usuários de serviços financeiros não vão querer "marcar passo" em modelos tradicionais hoje vigente. O que as fintehcs, e os bancos 100% digitais oferecem são um serviço simples, de fácil aquisição é super diferente daqueles que hoje são dominantes.

CtbaBr©

Rapaz, já faz algum tempo que não uso, mas já usei muito o PayPal e o PagSeguro para recebimentos, e nunca paguei nada para transferir (saque) do PayPal para minha conta bancaria, só havia uma taxa simbólica na primeira transferência, depois nada mais.

Mas vi que agora o PagSeguro melhorou e também disponibiliza uma opção para saque (transferência) em 24 horas, antes era só em 30 dias.

Alem disso, parece que agora (pelo que acabei de ver no site deles) as taxas do PagSeguro estão parecidas com as do PayPal, antes eram maiores (ou do PayPal eram menores).

Resumindo, parecem estar no mesmo nível.

Jonas S. Marques

Pagseguro só cobra taxas uma vez. Paypal cobra no recebimento e no momento do saque.

Exibir mais comentários