Estamos vendo cada vez mais bancos adotando o blockchain, tecnologia por trás do bitcoin e outras criptomoedas. O Itaú saiu na frente ao usá-la com dados reais; e em breve, o BNDES fará o mesmo.

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) firmou parceria com o KfW, banco de desenvolvimento alemão, para testarem juntos essa tecnologia. Ela será usada no software TruBudget, criado "para aprimorar a transparência e a eficiência no uso de recursos públicos".

Foto por Agência Brasil

O teste-piloto será realizado até maio no Fundo Amazônia. Ele é gerido pelo BNDES, recebe doações do KfW, e realiza operações financeiras não-reembolsáveis.

No blockchain — uma rede de blocos encadeados — não é possível reverter uma transferência de dinheiro, pois não há como excluir uma informação depois que ela for inserida. Cada bloco possui seu próprio conteúdo mais uma impressão digital (hash) do bloco anterior.

É um dos motivos pelos quais os bancos estão interessados. Além disso, o blockchain impede fraudes porque as transações são verificadas pelos participantes. Existe um ledger distribuído, isto é, um sistema de registro das transações e blocos que é compartilhado por toda a rede.

O jornal O Globo disse que, como parte dos testes, o BNDES iria usar uma moeda virtual própria. O banco desmentiu isso: "o TruBudget não envolve o uso de uma moeda virtual: trata-se de uma ferramenta de fluxo de trabalho que utiliza uma blockchain privada, e não pública, como a do bitcoin".

Com informações: BNDES, Folha.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ʞǝʌǝɥs

o BNDES empresta apenas para empresas nacionais (que eventualmente conseguem contratos em outros países) que ficam devedoras do BNDES...se o pessoal de Cutitiba quebrou as empreiteiras nacionais aí já é outra história, e não é culpa do BNDES

aliás, precisa criticar sim os critérios de empréstimos, precisa ver como o Huck e o Dória conseguiram financiare seus jatinhos via BNDES

existe muita desinformação e fake news espalhados sobre o BNDES pelo pessoal que apoiou as recentes "mudanças" no Brasil

Henrique Dias

Claro que existem, quem garante que o registro dentro do sistemas de riscos do BNDES destas operações não foram alterados? Dificultando futuras investigações e a rastreabilidade, veja bem, recuperar dinheiro com risco de empréstimos fraudulentos é uma coisa, punir os culpados que fecharam estes empréstimos é outra tão importante quanto, e aí é que o blockchain entra, para garantir que não haja manipulação das informações uma vez que elas foram inseridas no sistema, as informações podem já ser inseridas com informações fraudadas? Podem, mas se entrar neste mérito, não tem controle no mundo que seja eficiente contra engenharia social. Me alonguei aqui, mas o meu ponto é, controles são sempre importantes, mas não dá para controlar tudo.

robsonc

Vou postar novamente o mesmo comentário que postei antes do itaú, não existe blockcahi privada:

"Esse é o ponto questionável desse blablabla de blockchain privado...
como pode ser uma "blockchain" se não é descentralizado? É só um banco
de dados privado como qualquer outro, que pode ser revertido a
bel-prazer do itaú. Colocar nome de "blockchain" é só propaganda, e os
veículos de tecnologia e jornalismo caem igual patinhos.
Isso tudo
só faria sentido caso o itaú esteja usando uma blockchain já
estabelecida, minerada (seja por PoW, PoS, etc) pra armazenar as
informações de forma imutável, mas o artigo não da a entender nada
disso."

Zé das Covi
Trovalds

Esses problemas basicamente não existem lá. O que existe é emprestar a fundo perdido mesmo como fizeram com Venezuela, Cuba, Bolívia, etc...

Basicamente usar dinheiro público pra financiar o país quebrado dos outros enquanto o nosso já está no buraco faz tempo.

ʞǝʌǝɥs

foi a Falha que escreveu isso aí

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Até hoje o Ministério Público Federal (MPF) está esperando documentos e dados de contratos de empréstimos que o BNDES concedeu e nada, alegam sigilo bancário.

Sério mesmo??? Sigilo bancário com dinheiro do POVO BRASILEIRO, só aqui que uma aberração dessas poderia acontecer mesmo!

Quanto a notícia é só pra criar uma cortina de fumaça e pararem de investigar a quantidade de merda que tem nesse banco.

Baio-kun

"O jornal O Globo disse que, como parte dos testes, o BNDES iria usar uma moeda virtual própria."
Jornalismo tão profissional que acha que blockchain e criptomoedas são a mesma coisa.

Henrique Dias

Mais do que garantir a veracidade da informação, o blockchain garante que o histórico das informações permaneçam inalterados e neste caso é muito importante garantir que nenhum funcionário mal intencionado( a mando de sabe se lá quem) consiga alterar histórico de transações para apagar o rastro do dinheiro...

Resumindo: Não resolverá todos os problemas do BNDES, mas evitará alguns.

Marsupial radical

O dobro de um número extremamente próximo de zero, continua sendo quase zero. Mas ainda assim, houve aumento de 100% XD

Cobalto

“para aprimorar a transparência e a eficiência no uso de recursos públicos”

A gente tá falando do mesmo BNDES?

Trovalds

“para aprimorar a transparência e a eficiência no uso de recursos públicos”.

É piada isso?

Blockchain é pra verificar veracidade de transação, não pra evitar que o banco tome calote ou seja roubado mesmo.