Em janeiro, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) alertou sobre “um dos maiores incidentes de segurança registrados no Brasil”. Trata-se de uma lista com informações sobre 1.999.704 clientes da Netshoes, incluindo nome completo, e-mail, CPF, data de nascimento e mais.

O MPDFT ameaçou abrir uma ação civil pública contra a Netshoes caso os clientes não fossem avisados sobre o vazamento. A empresa decidiu, então, que vai contatá-los por telefone.

Em comunicado conjunto, o MPDFT e a Netshoes dizem que a empresa começará as ligações em 8 de março, e terá 30 dias úteis para contatar os 2 milhões de clientes afetados.

A Netshoes já havia entrado em contato com alguns usuários afetados, enviando um e-mail genérico sobre segurança, mas o MPDFT considerou a medida “insuficiente”.

Senhas, números de cartões de crédito e dados bancários não foram comprometidos. No entanto, os seguintes dados pessoais foram expostos:

  • nome do cliente;
  • CPF;
  • e-mail;
  • data de nascimento;
  • número do pedido;
  • valor do produto;
  • data de compra do produto;
  • forma de pagamento (cartão ou boleto; dados de cartão de crédito não foram expostos);
  • código de referência do produto.

A Netshoes disse anteriormente que “não há qualquer indício de invasão à sua estrutura tecnológica”, e que “adota todas as medidas e melhores práticas de segurança da informação”.

O MPDFT tem, desde novembro, uma Comissão de Proteção dos Dados Pessoais focada em privacidade. Segundo seu coordenador, Frederico Meinberg, o acordo com a Netshoes é um avanço importante porque abre as portas para mais colaborações entre empresas e o Ministério Público.

Caso você tenha mais dúvidas sobre o vazamento da Netshoes, pode entrar em contato com a empresa através do e-mail [email protected] E se você foi afetado, aguarde uma ligação nas próximas semanas.

Com informações: MPDFT, G1.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Schüng

Empresa lixo. Liguei algumas vezes pra resolver problemas em minhas encomendas que fiz por lá e o suporte é porco. Nada mais que esperado de uma empresa péssima como essa.

R0gério

Vai adiantar horrores... :/

Krosna Terrestre

Eu não vou atender

André G

Nossa, pode vazar meus dados, blz, mas ligar pra mim? Aí já é sacanagem...

raphaela1

E para economizar na ligação a velocidade da gravação vai ser igual aos comerciais de remedio falando das contra-indicações

grande_dino_2

E por telefone vai ser uma gravação pra também não ter como o cliente fazer perguntas.

Bruno Aveiro

A primeira coisa que pensei foi; "Essa conta telefônica vai ficar alta."

Márcio Mendonça

Vão mandar um e-mail para o cliente: "- Seus dados foram roubados por falha nossa. Sentimos muito. Tchau"