Para quem havia desistido de comprar um Mac por conta dos preços, um pequeno sinal de esperança desponta no horizonte, pelo menos para quem mora nos Estados Unidos: Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities que já fez várias previsões acertadas sobre o universo da Apple, comentou recentemente com investidores que a companhia deve lançar uma versão mais econômica do MacBook Air.

O objetivo, um tanto óbvio, seria o de aumentar a participação da Apple no mercado de laptops. Atualmente, a opção mais barata da linha é um MacBook Air de 13 polegadas que tem preço de US$ 999 nos Estados Unidos (ou R$ 7.499 no Brasil). Um modelo mais em conta pode fazer as vendas da linha MacBook aumentarem entre 10% e 15% em 2018.

MacBook Air

Não há detalhes sobre as especificações do suposto novo modelo, mas é de se esperar que ele tenha, no mínimo, tela de 13 polegadas, 8 GB de RAM e SSD de 128 GB, tal como o MacBook Air de entrada atual. A grande diferença seria o processador: uma possibilidade é a de que o equipamento venha com o Core i3-8130U, chip dual-core de oitava geração para portáteis que a Intel anunciou no mês passado.

Faz sentido que a Apple lance esse modelo. Nos Estados Unidos, o MacBook Air é bastante usado por estudantes, especialmente universitários. Com uma opção mais acessível, a companhia poderá, por exemplo, atrair parte dos usuários desse segmento que usam Chromebooks, portáteis também bastante populares por lá.

Ming-Chi Kuo comentou ainda que os AirPods estão tendo boa saída e, por isso, devem ganhar uma segunda geração no próximo semestre. Ele citou também um futuro iPhone com tela de 6,1 polegadas que, de acordo com previsões da Apple, terá vendas consideravelmente mais fortes.

Mas, por enquanto, tudo não passa de rumores.

Com informações: 9to5Mac.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zico

O Windows em si, na verdade é muito, mas muito superior ao MacOs. Talvez quisesse se referir aos computadores que são vendidos com o Windows. Mas, para o que se propõe, roda tudo que o Mac roda - devido inclusive ao amplo domínio de mercado, mesmo os Mac's custando menos em alguns cantos do mundo, e o inverso não acontece.

Vc pode até dizer que prefere o Mac, mas inferioridade do Windows em relação ao Mac, não consigo deduzir em quê, mesmo usando os dois simultaneamente aqui.

Edit: Se for comparar máquina por máquina, sistema por sistema, acredito que a análise mais justa é comparar o que cada fabricante cria.
Ex.: Surface, Studio Surface etc, etc

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Atualizando, a versão top de linha: https://uploads.disquscdn.c...

Jhon

Oq q tem?

Programador Front-End

E o custo benefício?

Rafael Moreira

Tela retina é artigo de luxo ainda no Brasil. O bom e velho monitor externo já está de bom tamanho. Se jogar tela retina no Air o preço vai la em cima.

Rafael Moreira

Realmente, para um usuário comum não é recomendável comprar um usado. Eu comprei pois tenho conhecimento técnico, trabalho na área de T.I, e analisei antes o equipamento para depois fechar a compra. A vendedora que vendeu o produto nem sabia que tinha como da um gás na maquina trocando HD mecânico por SSD, e memória por 16gb. Comprei com as configurações stock, core i5, 4gb de RAM e HD de 500gb, e dei uma turbinada no equipamento. Hoje os Mac atuais não permite realizar mais upgrade, sem contar a falta de conexões, obrigando as pessoas a usarem adaptadores. Para os amigos só costumo recomendar Lenovo ou Dell. Agora quem deseja comprar um Mac zero com garantia de 1 ano, a opção seria o ML. Enquanto na loja da Apple um Air custa 7mil, no ML custa 4mil com garantia global da fabricante. Computador pessoal vai do gosto de cada um, por exemplo, por 3.600 é possível adquirir um Dell 7460 metal, a qual permite fazer upgrade. Tem aqueles usuários que preferem comprar um Air, para realizar tarefas básicas e etc. Comprar produtos em loja da Apple no Brasil é caixão.

Diogo Mendes

dai vem com Core-i3 8geração versão O de otário com clock de 0,1 com turbo bost de 2.0

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Sim, é que brasileiro não sabe fazer cálculo básico imagina se vão saber fazer custo x benefício.

Muitas pessoas que eu conheço tem sempre iPhone e carro do ano apenas pq nas palavras deles: "são melhores e não estragam". Os burros gastam por ano só com depreciação 20k por ano, mas eu não falo nada o dinheiro é deles.

Jhon

Convenhamos que pagar quase 3000 reais num notebook usado é bem complicado, ainda mais pra um usuário comum. Você não tem garantia, a bateria já está desgastada, sem contar que nunca dá pra ter 100% de certeza sobre o estado de conservação.

Jhon

Dar pra fazer deve dar mesmo, mas a qualidade é totalmente diferente. Linux eu nem coloco na comparação porque não é sistema pro usuário final, já o Windows a qualidade é notavelmente inferior.

Jhon

Cara quem compra coisa por status é a maioria pobre, rico compra porque é bom mesmo.

brunocabral

Sim, isso é bem verdade. Há também a questão de que o Brasileiro visa mais o status que outros países.

Marco Pacheco

Cara, estou respondendo ao cara que disse que Apple era caro no mundo inteiro, mas possivelmente nunca morou fora rompais para ter um comparativo!

Relatei minha experiência!

Em Genebra, eu tinha Mac air por 800 chf ou acer por 1000 chf! A opção pela Apple era a mais econômica, além de ter garantia com cobertura global e valor de revenda ! Pode falar o que for, mas é a máquina mais economicamente viável ...

Agora a realidade do Brasil é diferente! Não só Apple, mas quase todas as empresas superfaturam seus preços e dizem ser culpa dos impostos! Além disso, todos os produtos premium são absurdamente caros para o padrão de um brasileiro médio! Mas... o brasileiro médio acha que é rico... no mais, cada qual gasta seu dinheiro onde lhe convém e lhe satisfaz!

brunocabral

Mesmo os que POSSÍVELMENTE vem pelo Paraguay via mercado negro, O preço não é barato. https://produto.mercadolivr...

brunocabral

Tem quem diga que é imposto, MAS, a Argentina tem uma carga tributário bem proxima da nossa, nem por isso chega a esses absurdos. Só posso pensar que é pq o Brasileiro está disposto a pagar.

Exibir mais comentários