Início » Negócios » Mercado Livre consegue liminar contra aumento no frete dos Correios

Mercado Livre consegue liminar contra aumento no frete dos Correios

Paulo Higa Por

Uma liminar concedida ao Mercado Livre suspendeu, ao menos temporariamente, o aumento no frete de encomendas enviadas pelos Correios. O e-commerce chegou a organizar uma campanha contra o reajuste, afirmando que o aumento poderia chegar a 51% para compras e vendas realizadas pela internet.

A liminar vale apenas para o Mercado Livre, suspendendo tanto os reajustes nos serviços de PAC e Sedex quanto a cobrança extra de R$ 3 para entrega a clientes na cidade do Rio de Janeiro. A taxa adicional para a capital fluminense foi implantada pelos Correios porque “a situação de violência chegou a níveis extremos e o custo para entrega de mercadorias nessa localidade sofreu altíssimo impacto”.

O Mercado Livre defende que o aumento médio no frete seria de 29%. Uma encomenda de até 500 gramas enviada por PAC de São Paulo (SP) para Franca (SP) passaria de R$ 11,85 para R$ 12,79 (aumento de 7,93%), enquanto uma de Fortaleza (CE) para Joinville (SC) subiria 50,89%, de R$ 54,02 para R$ 81,51.

Os Correios contestaram os números do Mercado Livre, afirmando que o reajuste médio no frete seria de 8%, e que o aumento estava previsto em contrato, sendo baseado em custos como “gastos com transporte, pagamento de pessoal, aluguéis de imóveis, combustível, contratação de recursos para segurança, entre outros”.

Em nota, o Mercado Livre confirma que conseguiu a liminar, mas que vai “continuar com força total para que a decisão seja definitiva e que esse engajamento ajude outras empresas de e-commerce”. Ao G1, os Correios informam que estão cumprindo a decisão, mas que “foram notificados e estão trabalhando para obter a suspensão da liminar”.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Antonio Andrade

CORREIOS A EMPRESA QUE NÃO TEM PRESA DE ENTREGAR, SE ATRASAR JA SABE, CORREIOS A EMPRESA QUE NÃO TEM PRESA DE ENTREGAR E AINDA DE COBRA PELA DEMORA!

Antonio Andrade

POR ISSO QUE OS CORREIOS ESTÃO ATRASANDO TODAS AS ENCOMENDAS COMPRADAS NO MERCADO LIVRE, FIZ 3 COMPRAS AGORA POUCO E TODAS ESTÃO ATRASADAS, UMA CHEGOU COM MAIS DE 2 SEMANAS DE ATRASO, PENSEI QUE NEM IA CHEGAR MAIS, DEPOIS QUE FIZ UMA RECLAMAÇÃO NO MPF QUE A ENCOMENDA CHEGOU, AGORA TEM MAIS 2 QUE TA ATRASADA E UMA SUMIU DO RASTREAMENTO IGUAL A OUTRA E SO DIZ QUE OBJETO NÃO CHEGOU NO DESTINO E MANDA AGUARDAR ATÉ ELES SUMIR COM ELAS OU A PESSOA NÃO TER MAIS PACIÊNCIA E RECLAMAR! ALÉM DE TAMBÉM OS SINDICATOS QUE SÓ ATRAPALHAM O BRASIL, ORGANIZARAM OUTRA GREVE PRA PREJUDICAR MAIS AINDA QUEM USA OS SERVIÇOS PÉSSIMOS DOS CORREIOS!

Rafael Moreira

E para ajudar, os correios acaba de entrar em greve nesta segunda-feira 12/03. Uma duvida, o serviço Sedex funciona normalmente nesse período de greve ?

ʞǝʌǝɥs

uai, não ia melhorar tudo depois das "mudanças" ?

mas ainda bem que agora não temos mais uma das gasolinas mais caras do mundo né

Rafael Moreira

O lance é o Mercado Livre fechar contrato com outra transportadora, ai acaba esse problema. Só tem que verificar a questão da postagem do vendedor até a transportadora. A transfolha e a totalexpress são excelentes opções de entrega, nunca tive nenhum problema. A Netshoes já utiliza a transfolha como opção, e lojas de eletrodomésticos só envia pela total express, é raro os casos em que a mercadoria é entregue pelos correios. Precisamos de concorrência galera, estamos muito refém da estatal. Atualmente está ocorrendo um atraso absurdo na entrega de mercadorias internacionais pelos correios. A aduaneira está liberado produtos com até 15 dias, depois os correios tem até 40 dias para entregar na casa do comprador. O mesmo está demorando mais de 80 dias, conheço muitos amigos que acionaram a ouvidoria para resolução do problema.

D' Carvalho

agora os correios terão que bancar o frete barato?

 david

Ahahahhahahah mano vc não entende, IMPOSTO o correis não pagam imposto, vc tá comparando laranja com maçã

 david

Eles tem mais é que falar em público mesmo

 david

Se lascou, se lascou o problema é seu...

Lili

Uau agora tem uma nova em Kingsman: The Golden Circle : BEEMOVIETV.BLOGSPOT.COM

yuri

ta tendo atraso mesmo nas entregas do mercadolivre! tou com minhas entregas de vendas todas paradas e uma compra via frete expresso (sedex) parado também (Objeto ainda não chegou à unidade). ¬¬

Cristina Nascimento

São Paulo quer nossas encomendas pra eles, só pode. A minha ficou uma semana até andar e vir pra minha cidade. E detalhe, ainda está a caminho da minha cidade, e só teve essa alteração depois q o remetente abriu uma reclamação no correios.

Cristina Nascimento

Fuja de Fedex. Me cobraram frete DUAS VEZES. A Shipito diz q eles que extipularam o valor pra entrega no Brasil e foi valor bem alto. Chegou aqui, mais um valor, alegando q foi a receita, mas pra mim isso tem cheiro de mutreta entre Fedex e Receita.

Cristina Nascimento

Fiz 2 compras no eBay e ambas demoraram 21 dias pra chegar. Mandei um brinquedo pra reparo em Sao Paulo. A fabricante não consertou e mandou de volta. Já tem 15 dias corridos esse retorno, encomenda PAC. Tou morrendo de ódio. Duas compras de fora chegaram antes de um produto pra conserto dentro do país. O engraçado é q todos foram correios.
Meu ódio maior é com a fabricante. Deveria ter dado um parecer com tudo que eu disse e com as fotos do brinquedo enviadas por email.. mas não, me fizeram perder foi tempo.

André Luiz

http://fortune.com/2015/03/... Texto de 2015... mas nos EUA são isentos sim:
"The Post Office is exempt from state and local property and real estate taxes, along with other burdens like tolls, vehicle registration fees, and parking tickets. These exemptions save the USPS $2.18 billion per year."

CtbaBr©

Não exatamente, eu comprei algo de SP e o prazo extrapolou também.
No rastreamento a encomenda ficou mais de uma semana retida em SP.

johndoe1981

O ecommerce brasileiro vai ter que buscar um jeito de se livrar dos Correios, porque daqui a pouco ninguém vai comprar mais na internet. Não basta o serviço ser caro e lento, a quantidade de extravios e de encomendas perdidas em incêndios já viraram rotina também. Importar da China hoje beira o masoquismo diante da demora e alto risco de extravio.

Claro que o maior culpado como sempre é o desgoverno que impõe carga tributária absurda no serviço de frete das transportadoras e não investe em infra-estrutura de transportes, mas a situação está ficando insustentável. O desserviço prestado pelos Correios está matando comércio eletrônico no Brasil, eu só compro no Mercado Livre produtos acima de 120 reais, pois tem frete grátis pra minha cidade.

Depois do fim do e-Sedex, muitos vendedores viram suas vendas caíram consideravelmente, pois consumidor nenhum está disposto a pagar absurdo de frete cobrado pelos Correios. Eu mesmo, após esse aumento, vou ter que praticamente desistir de comprar na internet, devido ao valor absurdo do frete pro Nordeste.

Gabriel Arruda

Não sei o quanto mudou nesses anos (e nem quanto era verdade), mas uma das motivações foi justamente a falta de interesse privado em fornecer esse serviço em determinadas regiões:

Lewandowski afirmou ter ficado convencido, após analisar melhor a questão, de que os Correios prestam um serviço público de natureza essencial e atua onde a iniciativa privada não tem interesse de atuar e, portanto, não há concorrência com fins lucrativos. Ele lembrou que as próprias empresas privadas responsáveis pela entrega de encomendas e pacotes se valem do serviço dos Correios porque do ponto de vista financeiro é desinteressante.

“Não se pode equiparar os Correios a empresas comuns em termos de concorrência porque não concorre de forma igualitária com estas. Primeiro porque precisa contratar seus bens e serviços mediante a Lei 8.666/93, que engessa sobremaneira a administração pública”, afirmou o ministro ao destacar que “não há nenhuma disparidade de armas no que tange ao reconhecimento dessa imunidade fiscal relativamente aos Correios”.

Considerando que em São Paulo temos opções com preços similares, mesmo com as desvantagens competitivas, acho improvável que entregas no Brasil inteiro seja um negócio comercialmente interessante.

CtbaBr©

Sem contar que o Correios tem toda uma estrutura criada pelo Estado,
ou seja, construída com o dinheiro do contribuinte!

Alem disso, o monopólio sobre as correspondência e documentos faz das encomendas apenas uma atividade complementar, se as outras empresas pudessem entregar correspondência e documentos, haveria mais motivos para investirem na ampliação de suas logísticas.

CtbaBr©

Pelo visto o objetivo deles é "estacionar encomendas"!

CtbaBr©

Merecido destaque, muito esclarecedor o comentário!

Carlos Taylor

como você conseguiu isso?

Carlos Taylor

Moro na região nordeste, quando vou comprar algo no mercado livre, nem olho as opções do sul do país. São as mais baratas mas o frete "lasca" a gente!

Fabiano

Mas e quanto aos benefícios/isenções de impostos dos Correios?

Kaio

O mercado livre dependende dos seus milhares de vendedores, logo ele precisa escolher o que for mais conveniente para estes em geral.
Para atender tantos clientes em diferentes localidades é necessário uma grande logística, que no momento apenas os correios podem oferecer, infelizmente.
Talvez o ML já esteja pensando numa solução a longo prazo, mas enquanto isso a dependência dos correios é um fato.

Uriel Dos Santos Souza

Os correios só tem monopólio para cartas.
Assim como em todos os países do mundo.

Encomendas são livres para quem quiser entrar.

Cobalto

É só tirar o ) que ficou sobrando na url porque o disqus comeu na hora que encurtou o link.

Vitor Hugo
Uriel Dos Santos Souza

Já fizeram. Minha encomenda ta lá parada :(

Uriel Dos Santos Souza

Usa sim. Comprei uma roçadeira e eles usaram a Transfolha

Uriel Dos Santos Souza

Isso explica o atraso no que comprei. Ta parado em CWB a uns 12 dias.

Fabiano

Mesma coisa acontece para qualquer serviço e nem por isso tudo tem que ser estatal. Na minha opinião, tirando saúde, educação e segurança, tem que privatizar tudo.

raphaela1

Infelizmente não dá para privatizar os correios, já que atender todo o Brasil, principalmente as áreas mais remotas é prejuízo na certa

Vitor Luis

Mas se o frete dos Correios está caro, utilize a JadLog, TransFolha e muitos outros serviços de frete.

Se estes outros players sairem mais caros que os Correios, vamos ser sinceros que os Correios só estão se ajustando ao mercado.

A padaria aumentou o preço do pão de forma abusiva? Compre na outra padaria!

Marco Antonio
Corvo

Como tudo no Brasil quem é grande e tem dinheiro comanda a situação, bem capas de o ML conseguir na justiça que essa decisão seja definitiva para eles, e adivinhem de quem os Correios vai cobrar essa diferença??
Isso vai é enfraquecer mais o E-commerce pois só favorece o MercadoLivre...

Fabrício Kaitou

Quem disse que não utiliza? eu já tive encomenda do ML que recebi pela jadlog, tudo rastreado no ML, conforme a imagem

http://prntscr.com/inn3u1

Mickão

Se o Mercado Livre for macho mesmo, busca uma forma de começar a quebrar a dominância dos Correios. Desenvolver parcerias com transportadoras, buscar alternativas. O incomodado maior é quem precisa se mexer, não o contrário.

Drax

Não pode porque são imunes a vários impostos. Em outras palavras, não pagam IPTU, não pagam ISS nos serviços de transporte e etc.
Inclusive o STF já decidiu isso (http://www.stf.jus.br/porta...

Drax

Não pode porque são imunes a vários impostos. Em outras palavras, não pagam IPTU, não pagam ISS nos serviços de transporte e etc.
Inclusive o STF já decidiu isso (http://www.stf.jus.br/porta...

Kaio

Nao sei onde ele vive pra querer tratar isso como teatro, mas quem mora nas regioes norte e nordeste sao aqueles que mais sofrerao com o aumento do frete.

Aiman Jalil Sarraf

não é teatro, o frete mais caro desmotiva a compra online, simples assim.

Toalhinha

Mas na onde é que o Mercado Livre escolhe quem vai fazer a entrega? Ele até tem parcerias com algumas lojas de boa reputação que o frete sai grátis, mas a maior parte do vendedores do site tem que se virar e mandar pelo Correios.

Drax

Encontrei a decisão, caso o Tecnoblog tenha interesse pode disponibilizar na matéria.
É o processo nº 5004786-83.2018.4.03.6100 proposto na 2ª Vara Cível Federal de São Paulo.

Em síntese, alegaram que o Correios alterou o contrato unilateralmente e isso o tornou muito oneroso ao Mercado Livre e requereu a suspensão de várias cláusulas que considera abusivas.

A juíza entendeu que essas alterações unilaterais do contrato realizadas pelo Correios, em um primeiro momento, resultam em prejuízos ao Mercado Livre e a milhares de pequenos comerciantes e aos consumidores, assim concedeu liminar para que as novas cláusulas fossem suspensa.

Marcaram audiência de conciliação para o dia 08.05.2018.

Importante ressaltar que é uma decisão liminar, ou seja, ela é provisória e a juíza pode mudar sua decisão até o fim do processo, caso entenda que as alterações contratuais sejam legais.

Vitor Luis

Mas aí o Mercado Livre e o vendedor estão pagando por esta facilidade não?

Os Correios são mais baratos, abrangem mais localidades, tem mais comodidade, e não pode equiparar o preço a concorrência? Meio louco!

Como comentaram lá no Giz, isso está cheirando a teatrinho.

Marcus Araújo

Eu acho que a maior resistência do MercadoLivre seria em relação às agências, já que são os próprios vendedores que costumam postar as encomendas. Como os Correios ainda possuem o maior número de agências, facilita a postagem para o vendedor do MercadoLivre.

Agora se o MercadoLivre, em acordo com uma transportadora, se comprometesse a buscar na casa do vendedor e entregar na cada do comprador, aí seria matador.

Theus

Os Correios vão separar um galpão para as compras do Mercado Livre lá em Curitiba.

lucas.lop

O problema é a injustiça com outras transportadoras. Cobram-se impostos absurdos destes, pros correios não. Aí não tem como ter concorrência. E ficamos na mão com essa estatal ridícula. Tem que privatizar tudo logo.

Vitor Luis

O que eu acho louco é que o Mercado Livre tá malhando os Correios em público, mas não utiliza outras transportadoras.

Juro que não é trocadilho, mas para o Mercado Livre, é Livre Mercado, ele pode escolher a transportadora que quiser: Transfolha, Jadlog, Correios, cada um cobrando a sua tarifa e tendo suas deficiências, se o Correio é o mais barato e com melhor cobertura, o Mercado Livre que pague e fique de boa.

Complicado é pra nós, meros mortais importadores de quinquilharias, que fica na mão da Receita Federal pra executar liberação e dos Correios pra fazer o desembaraço e entrega (isso pq nunca pesquisei sobre UPS e FEDEX, pois acho que eles fazem o desembaraço aduaneiro).

Felipe Xavier

Passou da hora do Mercado Livre fazer contratos com outras transportadoras e lançar um serviço matador dos Correios.
Pelo contrato deles, PAC dentro do estado, tem demorado quase 15 dias, é um absurdo.

Drax

Primeiramente, a justiça pode tudo (felizmente ou infelizmente). Em segundo lugar, não sabemos a fundamentação da decisão, pode ser em contrato entre as partes ou qualquer outra coisa, nunca se sabe o que se passa na cabeça de um juiz.
Estou tentando encontrar essa decisão para análise e até explicar melhor a situação aqui, mas está difícil.

Júlio Vasel

era contrato entre eles

obitow

Uai. Pode isso? Justiça obrigar a manter o preço antigo só pra um cliente?