O Facebook oferece um serviço de VPN chamado Onavo Protect, que a rede social adquiriu em 2013. Ele promete mais segurança para suas informações, mas a política de privacidade diz que o app “analisa como você usa aplicativos” e “fornece análise de mercado e outros serviços para afiliados e terceiros”.

Basicamente, essa VPN permite ao Facebook coletar seus dados no smartphone. E uma análise do app para iOS mostra que ele obtém informações mesmo quando está inativo.

O desenvolvedor Will Strafach descobriu que o Onavo Protect envia periodicamente os seguintes dados para o Facebook (graph.facebook.com):

  • quando a tela do dispositivo está ligada ou desligada;
  • uso diário total de Wi-Fi em bytes (mesmo quando a VPN está desligada);
  • uso diário total de dados celulares em bytes (mesmo quando a VPN está desligada).

Strafach diz que o app coleta dados específicos do dispositivo, incluindo nome da operadora, código do país, idioma, versão do iOS e versão do app. É uma prática relativamente comum.

Para descobrir exatamente quais dados o aplicativo envia para seus servidores, é possível criar um proxy para interceptar o tráfego. No entanto, o Onavo Protect usa seu próprio túnel VPN para transmitir tudo de forma criptografada.

Não é segredo que o Onavo é usado pelo Facebook para analisar o comportamento dos usuários em outros apps. Por exemplo, Mark Zuckerberg decidiu aumentar o investimento no Instagram Stories após ver — através da VPN — que o Snapchat não estava mais crescendo tanto quanto antigamente.

Strafach reparou que sua análise deixou uma pergunta em aberto: “o Facebook usa o ID do dispositivo que o Onavo Protect envia para graph.facebook.com de forma a associar os hábitos de tráfego/navegação da VPN com sua conta do Facebook?”

O Facebook dá a entender que sim, mesmo sem responder diretamente. A Onavo diz em comunicado ao 9to5Google:

Quando as pessoas baixam o Onavo Protect para ajudar a proteger sua conexão, somos claros sobre as informações que coletamos e como elas são usadas. Assim como outras VPNs, o Protect atua como uma conexão segura, inclusive em redes Wi-Fi públicas. Como parte deste processo, o Onavo recebe o tráfego de dados móveis. Isso nos ajuda a melhorar e operar o serviço Onavo.

Como fazemos parte do Facebook, também usamos essas informações para melhorar os produtos e serviços do Facebook. Nós avisamos as pessoas sobre esta atividade e outras formas que o Onavo usa, analisa e compartilha dados antes mesmo do download. Também revisamos regularmente nossos aplicativos e fazemos atualizações com base em feedback.

De um jeito ou de outro, evite o Onavo Protect e confira alternativas como Private Internet Access ou AnonVPN. Se você quiser uma opção gratuita, experimente o ProtonVPN.

Com informações: Will Strafach, 9to5Google.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lobo Solitário

Será que o Mark paga tão bem assim o governo, a justiça, os hackers, para nunca ter nada contra eles acontecendo?

Everton

George Orwell pira!

CtbaBr©

Na verdade usam até a câmera, não só do celular, mas do laptop e do PC se você tiver!

Caleb Enyawbruce

#fato

Molinex

Saquei...
Privacidade em telemoveis, oferecidas por uma rede social, é golpe kkkk

E vai devagar aí no garotas russas sedentas por sexo. Algo me diz, que não são nem garotas, quanto mais russas kkkk

Cobalto

"Mas aí é que tá, tecnicamente, vamos admitir que essa VPN em si, funcione da maneira que deve..."
E pelo conjunto da obra a gente tem motivos pra duvidar :v

"Do que adianta passar por uma VPN, se o App que te conecta a ela, já espionou até sua alma?"
Então, aí que tá, não adianta :v
Eu prefiro instalar um app para falar com "garotas russas sedentas por sexo" (:v) do que essa VPN, as russas (sic) provavelmente são mais honestas e só querem roubar meu dinheiro.

MAS na prática se levar pra justiça eles vão se defender que você aceitou essa espionagem no contrato e que isso não compromete o serviço de "VPN", sacou?

Molinex

Mas aí é que tá, tecnicamente, vamos admitir que essa VPN em si, funcione da maneira que deve...

O App que te conecta a ela, não deveria coletar seus dados. não deveria nem te pedir esses tipos de permissões, quanto mais coletar dados mesmo desligado...

E tanto o App que te conecta a ela, quanto a VPN, fazem perte do mesmo produto. Você não pode usar só essa VPN, independente do App. Então o pacote todo esta com problemas. Porque mesmo que a VPN funcione da maneira que deve, o app é praticamente um spyware...

Do que adianta passar por uma VPN, se o App que te conecta a ela, já espionou até sua alma?

Cobalto

"Não, esse não é o conceito de uma VPN. Não esse app, não vai proteger os
dados que ele coleta localmente. E não. Não faz sentido que um app que
ofereça uma certa segurança adicional, e privacidade nos dados que você
trafega pela INTERNET, colete seus dados LOCALMENTE."

Por localmente eu não quis dizer que isso era parte do conceito VPN, o que eu quis dizer é que as coisas erradas que ele faz, faz porque pode por estar instalado em seu aparelho, não que isso afete o "correto" funcionamento da função VPN.

E o título trata por "VPN do Facebook", mas pode simplesmente ser lido como "A PLATAFORMA de VPN do Facebook coleta dados (...)" o que inclui nesse caso o aplicativo que te conecta nessa VPN.

Então o texto tá certo, o conceito não foi ferido, é só o FB sendo o FB como sempre :v

Molinex

"A VPN vai proteger seus dados de terceiros que queiram espiar o que você está fazendo, seja até mesmo seu provedor ou criminosos mesmo. E isso o APP faz."

Sim, esse é o conceito de uma VPN, é isso o que ela tem que fazer...

"Agora você deu poderes locais (instalou o app no seu celular) ele pode saber de tudo que acontece porque bem, você encarregou ele de pegar tudo que acontece e proteger."

Não, esse não é o conceito de uma VPN. Não esse app, não vai proteger os dados que ele coleta localmente. E não. Não faz sentido que um app que ofereça uma certa segurança adicional, e privacidade nos dados que você trafega pela INTERNET, colete seus dados LOCALMENTE.

"Você não contrata um assassino pra matar aquele seu inimigo de forma a parecer um acidente se você não confia no assassino."

Nisso eu concordo totalmente com você. E esse app, além de outras traquitanas do facebook, são assassinos em que eu não confio kkkk
Até porque, não tendo inimigos tão intimos que eu queira matar kkkkk

Cobalto

Não tem problema nenhum no conceito.
A VPN vai proteger seus dados de terceiros que queiram espiar o que você está fazendo, seja até mesmo seu provedor ou criminosos mesmo. E isso o APP faz.

Agora você deu poderes locais (instalou o app no seu celular) ele pode saber de tudo que acontece porque bem, você encarregou ele de pegar tudo que acontece e proteger.

Who watches the watchmen, right?

Você não contrata um assassino pra matar aquele seu inimigo de forma a parecer um acidente se você não confia no assassino.

Trovalds

Como meu uso de celular não envolve nada que me possa meter em encrenca seja legal, seja moral... então nem me preocupo. Mas se o governo americano não conseguiu migrar totalmente do BlackBerry até hoje então fica a pergunta: qual é a linha que separa o monitoramento da espionagem?

Molinex

Sim, mas tem produtos que pessoas pagam, e pagam caro, por uma licença, que coletam dados da mesma forma...
E tem sim, soluções gratuitas que fazem o que tem que fazer, sem segundas intenções...
Então isso não é totalmente verdade...

Mas concordo com você. Não tenho paranoia com privacidade, e não acho errado a google, ou facebook, ou afins, levantarem um dinheiro, com dados que eu forneço deliberadamente. O problema é quando esses dados são coletados na má fé...

Diego F. Duarte

Quer privacidade? Use sua propria VPN, ja ajuda bastante!

Diego F. Duarte

No contexto do Android em si eu entendo q isso e feito e faz um sentido minimo. O problema e quando um aplicativo externo q supostamente e uma rede social faz isso...

Bem, anyway, eu ja n tenho FB ha mto tempo, e usava so no browser qdo ainda tinha. Entao q se dane.

Trovalds

De um produto gratuito eu não esperava nada. Mas como sempre dados são valiosos, mesmo que sejam obtidos de maneira, digamos, imoral.

Exibir mais comentários