Início » Brasil Negócios » Amazon quer vender eletrônicos no Brasil com estoque próprio

Amazon quer vender eletrônicos no Brasil com estoque próprio

Por
14 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Amazon está se preparando para vender eletrônicos diretamente ao consumidor no mercado brasileiro, segundo a agência de notícias Reuters. É mais um passo na expansão da loja, que também planeja alugar um armazém de 50 mil metros quadrados no estado de São Paulo para estocar diversos tipos de produtos.

Atualmente, a Amazon vende eletrônicos, videogames, utensílios domésticos, ferramentas de construção e outros itens no Brasil, mas apenas no esquema de marketplace, em que o gerenciamento do estoque e do transporte fica a cargo de vendedores parceiros.

Com o novo armazém, a Amazon poderia negociar diretamente com as fabricantes, cuidando também da logística. Isso pode resultar em preços mais competitivos e, talvez, a chegada de serviços oferecidos em outros países, como o Amazon Prime, que promete entregas rápidas sem custo adicional e outros benefícios por meio de uma assinatura.

De acordo com a Reuters, executivos da Amazon no Brasil se encontraram com “diversos fabricantes para uma série de apresentações que reuniram dezenas de pessoas na semana de 26 de fevereiro a 2 de março no hotel Blue Tree Morumbi, na capital paulista”. O plano seria “comprar diretamente dos fabricantes para revender”, e os interessados teriam até 9 de março para se cadastrar no sistema da Amazon.

Oficialmente, a Amazon diz que não comenta planos futuros.

Mais sobre: ,