Início » Carros Ciência » Elon Musk diz que testes de foguete para Marte começam em 2019

Elon Musk diz que testes de foguete para Marte começam em 2019

Por
14 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Elon Musk teve um final de semana agitado e divulgou algumas novidades sobre seus principais projetos, incluindo túneis subterrâneos de transporte e futuras viagens para Marte.

Durante o evento SXSW, Musk disse que está fazendo “grandes progressos” rumo ao objetivo de chegar até Marte em 2022. Ele acredita que a espaçonave para fazer essa viagem estará pronta para testes ainda em 2019.

Foto pot James Duncan Davidson/TED Conference/Flickr

“Estamos construindo a primeira espaçonave interplanetária neste momento, e acho que poderemos fazer voos curtos, subindo e descendo, provavelmente em algum momento no primeiro semestre do próximo ano”, disse Musk.

Ele está falando sobre o BFR (Big Falcon Rocket). Ele promete transportar cerca de 150 toneladas graças a seus 37 motores Raptor — 31 no foguete auxiliar/booster, e 6 na nave espacial em si.

Além disso, ele é projetado para ser reutilizável, e poderia assumir várias finalidades: realizar viagens à Lua, fazer missões de reabastecimento da ISS, ou chegar até Marte.

BFR

Por que Musk está tão interessado em fazer viagens interplanetárias? Ele diz que tem medo do futuro que a inteligência artificial pode trazer. Colonizar Marte seria um passo importante e necessário para garantir a sobrevivência da humanidade. “Marque minhas palavras: a IA é muito mais perigosa do que armas nucleares.”

Starman

Além disso, o bilionário tem um interesse genuíno em viagens espaciais. Na SXSW, ele apareceu de surpresa em um painel sobre a série Westworld — em que robôs descobrem fazer parte de um parque temático para humanos. (A segunda temporada estreia na HBO em 22 de abril.)

Os cocriadores da série, Jonathan Nolan e Lisa Joy, prepararam um vídeo sobre a missão da SpaceX que levou um carro da Tesla ao espaço:

Este trailer “não é para TV ou um filme, é para a próxima parte da história humana”, disse Nolan.

Boring Company

Durante o final de semana, Musk também aproveitou para falar sobre a Boring Company. Ela pretende criar redes subterrâneas de túneis para transportar carros a até 200 km/h. Eles ficariam presos em trenós elétricos, e dessa forma evitariam congestionamentos.

Agora, ele diz que está ajustando os planos da Boring Company. “Todos os túneis e o Hyperloop vão priorizar pedestres e ciclistas, em vez de carros… É uma questão de cortesia e justiça. Se alguém não pode pagar por um carro, ela deve ir primeiro”, explica Musk no Twitter.

Para ilustrar essa mudança, ele divulgou um vídeo preliminar de vagões transparentes que levarão pessoas e bicicletas:

Qual é a diferença disso para um metrô, por exemplo? Musk explica que o sistema da Boring Company “teria milhares de pequenas estações do tamanho de um espaço de estacionamento, que levaria você muito perto do seu destino… em vez de um pequeno número de estações grandes como um metrô”.

Claro, o sistema ainda continuaria transportando carros, “mas somente depois que todas as necessidades de transporte público forem atendidas”.

Com informações: Mashable, Ars Technica, Engadget.