A briga entre Correios e Mercado Livre ganhou mais um episódio. Desde a manhã desta segunda-feira (12), vendedores da plataforma relatam que não estão conseguindo postar suas encomendas nas agências da estatal. A informação de funcionários dos Correios é a de que o sistema de PLP (pré-lista de postagem), necessário para envios do Mercado Livre, está fora do ar.

As empresas se enfrentam na justiça desde que os Correios anunciaram um reajuste nos serviços postais, bem como uma cobrança extra de R$ 3 para entregas a clientes no Rio de Janeiro. O Mercado Livre organizou uma campanha contra o aumento e, na semana passada, obteve uma liminar que proibia o reajuste para fretes do Mercado Envios. Os Correios já haviam adiantado que trabalhariam para suspender a decisão.

Usuários do Twitter relatam dificuldades em postar, por meio dos Correios, produtos vendidos pelo Mercado Livre:

https://twitter.com/bcapu/status/973213019231653889

https://twitter.com/dmclaro/status/973181269659017216

O Tecnoblog entrou em contato com a assessoria de imprensa da estatal, que emitiu o comunicado: “Os Correios confirmam que o sistema de atendimento das agências apresentou indisponibilidade durante parte desta segunda-feira, inviabilizando algumas postagens. Contudo, o problema já foi resolvido e os serviços estão sendo prestados normalmente”. Questionada se o caso teria alguma ligação com a liminar obtida pelo Mercado Livre, a empresa não respondeu.

Funcionários de agências em São Paulo (SP) consultadas pelo Tecnoblog após o posicionamento oficial dos Correios negam que o caso esteja solucionado. Segundo uma delas, não é possível postar produtos do Mercado Livre desde o horário de abertura da agência, e não há previsão de normalização. Outros serviços, como carta registrada e Sedex, operam sem problemas.

Em nota, o Mercado Livre informa que “a geração de etiquetas, via Mercado Envios, está funcionando normalmente”, e que a empresa “aguarda a normalização do sistema dos Correios”.

Vale lembrar que a estatal opera com capacidade reduzida, já que funcionários em 22 estados e no Distrito Federal aderiram a uma greve na noite deste domingo (11). Eles reivindicam melhorias nos planos de carreira e lutam contra o fechamento de agências, a extinção de cargos e a cobrança de mensalidades nos planos de saúde. A paralisação, porém, não afetou os serviços de atendimento, segundo os Correios.

Atualizado às 17h33 com o posicionamento do Mercado Livre.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Armando Maia

Código de barras PLP do Mercado Livre não lê na agência dos Correios, solução abaixo:
https://www.youtube.com/wat...

Grazi Cosméticos

Olá, hoje dia 05/02/2019 - os problemas continuam, desde ontem o sistema estava intermitente e hoje não consegui postar nada que era PLP Mercado Livre e B2W. O cliente final que sofre com os atrasos. Grata.

John Walker Jr

Tem que mudar a gestão dos correios, a diretoria, presidência. Colocar gente profissional na gestão, melhorar os sistemas de forma que fique mais automatizado o que for possível. Parar de contratar pois já está inchado. Assim os que lá estão devem ser bem remunerados. Os correios tem que inovar. Entrega aos finais de semana para quem precisa. E cobrar por isto. Armarios para retirada em locais diversos. Mais locais de processamento de importados. Aceitar pagamento com cartão de crédito (algumas agencias aceitam outras não). Redirecionamento em caso de mudança. Muitas coisas podem ser feitas e algumas até já estão sendo feitas. Mas eles não podem ficar andando atrás, tem que ser pioneiro. Tem que ter meta de prazo de entrega para cada localidade e cumprir, sobre pena de o cliente não pagar pelo o frete caso tenha atraso.

Marcao

já pensou sua atividade ser substituída por robôs? é a tendência, não temos como escapar. Se não for bem planejado, gerará muitos bens que não serão consumidos porque a maioria da sociedade estará desempregada!

Marcao

também, tiram pernas da aranha (funcionários) e querem que a aranha ande do mesmo jeito?

Marcao

que monopólio??? o monopólio é de correspondências (cartas)

Rodrigo Castro

Fiz 3 compras pelo Mercado Livre em Abril. as 3 saindo do Estado de São Paulo (sendo uma da capital) com destino ao Rio de Janeiro capital em região de fácil acesso. Paguei a taxa de envio expresso. A primeira compra foi feita dia 16 de abril com previsão de entrega de dois a três dias úteis e até hoje (4 de maio - quase 20 dias depois) nada, e o rastreamento dos correios informam que o pacote não chegou na unidade de distribuição. As outras duas compras (uma feita no mesmo dia e outra dias depois) já entraram em atraso e já começou a dança dos prazos. Resumindo: Se tá tendo esse porte de problema pra remessas entre Rio e São Paulo , imagino em lugares mais remotos. Em suma, comprar pelo mercado envios se você tem data pra receber algo, atualmente é pedir pra se aborrecer. E acho um absurdo o ML manter as previsões de entrega nos anuncios sabendo que elas quase nunca serão cumpridas. Pelo menos comigo, três compras em sequencia estão atrasadas, e em duas das três parece que nem sabem onde os produtos estão.

Zanac_Compile

Pior que no momento não pensei, 1 minuto depois, qdo voltava para o AP me dei conta disso... que falha... kkkk

james antonio faria

Sei que e obrigaçao deles,mais saiu um breja gelada pro homi,da proxima ele agiliza?kkkkk

ins sss

Correio: pior serviço do país, e olha que a concorrência pra ser ruim é grande.

Jota Dela Libra

COBRAM A MAIS DAS EMPRESAS, ACIMA DO CORRETO, AUMENTAM OS PREÇOS PORQUE "CLARO QUE SABEMOS" O GOVERNO INIBE A AÇÃO DOS CONCORRENTES, AI POR UMA MERDA DE SERVIÇO QUE NÃO É OFERECIDO COMO COMERCIAIS DE TV MOSTRAM.

Forista Exegese

Milhares de compras, principalmente ebay-eua e china... e nunca, nunca uma mercadoria deixou de chegar no ES... Há algo de errado com quem?

Giovana Miessa

Privatização já!

Davi Islabão

Privatiza ja essa porcaria, os correios já eram, tem alguns poucos bons funcionários...mas já era!

Naum Tenho

Esse é 1 cara no meio de toda uma agencia! 1 só!! Tanto que vc mesmo relata que os problemas persistem..... Depois reclamam pq a automação toma os empregos! Robôs não te cobram nada a não ser manutenção! Quero viver para ver um sistema de entregas automatizado usando toda uma infra composta de veículos autônomos, drones e afins com IA sendo controlados por no máximo 20 pessoas em uma sala.

Exibir mais comentários