O SwiftKey é meu teclado virtual favorito desde a época que eu usava um Nexus 4 — é sempre um dos primeiros aplicativos que eu instalo.

Agora, ele está recebendo sua maior atualização desde que foi adquirido pela Microsoft em 2016. Basicamente, o SwiftKey 7.0 organiza os principais recursos em uma “barra de tarefas” — em vez de um hub separado como antes.

Para abrir a nova barra, basta tocar no botão “+” no canto superior esquerdo. No Android, ela inclui as seguintes opções:

  • GIF: traz resultados do GIPHY, Tenor e outras fontes, com sugestões de categorias como “feliz”, “triste” e “envergonhado”;
  • adesivos: novidade no SwiftKey 7.0, há inicialmente 13 pacotes de stickers que você pode baixar — na prática, são conjuntos de imagens que dá para enviar via qualquer aplicativo, inclusive WhatsApp;
  • configurações rápidas: você pode ativar/desativar previsões de emoji, fileira de números no teclado, modo incógnito, entre outros;
  • temas: para personalizar o visual;
  • área de transferência: para acessar textos que você recortou ou copiou em outros apps;
  • coleção: reúne os stickers que você criou ou salvou como favoritos.

Nos EUA e Índia, também há um botão para o usuário compartilhar sua localização atual; e um botão de agenda para selecionar dias e horários.

Você pode inserir texto nos stickers e salvá-los na Coleção

Enquanto isso, no iOS, a barra de tarefas inclui apenas as opções GIFs, área de transferência, temas e emoji.

E, claro, o SwiftKey mantém os recursos que já tinha. Eu gosto dele porque consegue adivinhar o que quero dizer mesmo quando escrevo algo como “refnikigua” (=tecnologia); entende quando eu digito em português ou inglês; e é bem personalizável. O que você achou da atualização?

Com informações: SwiftKey.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cristina Nascimento

Chato é a vírgula bem do lado do espaço, toda hora incluo vírgula onde não deve..

Lobo Solitário

Swiftkey é muito melhor que o Gboard.

As previsões são mais acertadas e precisas. Ele sabe diferenciar quando colocar uma palavra começando com maiúsculo no meio da frase, diferente do Gboard. Ele lembra das palavras que já foram usadas anteriormente. Não fica auto-preenchendo a palavra errada nada a ver com o que gostaria de escrever.

Enfim, citando apenas alguns poucos exemplos da superioridade do Swiftkey.

Theuer

Não sei se foi só impressão minha, mas a primeira vez que tentei migrar do Swype para o Swiftkey eu senti exatamente isso. Fui migrar para tentar entender o "Hype" dos milhões de usuários do Swiftkey mas achei as predições meio "emperradas".
Um tempo depois eu ganhei o Swiftkey que na época era pago ainda e acabei ficando com ele sem querer querendo...
Um belo ponto este mesmo, ninguém deve possuir um Know-How em escrita BR como a microsoft. Podiam passar isso para a "IA" do Swifkey.

Rafael

Acho o melhor teclado para Android. Testei o Gboard e o nativo da Samsung, mas o Swiftkey parece ser sempre o mais produtivo e prático. Uso desde 2011.

@Sckillfer

Tinha SwiftKey pro Symbian? Só sabia do Swype, que eu usava e amava, melhor que qualquer teclado atual

Jhon

No teclado nativo você pode navegar livremente pelo texto e usar pra selecionar as palavras, no SwiftKey só da pra ir pra um lado ou pro outro.

Eduardo Papa

Como assim?

Adriano Garcez

Nunca consegui adaptar-me com teclados com previsão.
Estou há 2 anos com o Fleksy e não abro mão.

Sandro Soares

Gostava dele mais no início, era muito preciso e simples... Não tinha essa papagaiada toda

Gustave Dupré

Realmente, essa função é muito legal.
Qualquer coisa dá para alternar pelo teclado nativo usando o atalho.

paulo yan

A pergunta que não quer calar é: vai ficar bom no iOS?

paulo yan

Opa, então vou testar. Sempre achei a experiência péssima no iOS

Rod

Teclado Samsung :s

Marks Duarte

SwiftKey Ever!

Rodrigo Cerqueira

Pena que tinha um problema crônico de touch não responsivo. Vários aparelhos, após certo tempo, apresentavam uma faixa ou listra da tela em que o touch não funcionava. Alguns dizem que era problema de bateria, outros da própria tela. LG e Google nunca se pronunciaram.

O meu defeito veio exatamente no fim da garantia, bem no espaço onda era o teclado. Perdi um ótimo celular por um problema crônico idiota. Foda.

Exibir mais comentários