Se alguém te disser que determinada unidade de armazenamento transfere dados sequencialmente à taxa de 480 MB/s (megabytes por segundo), você pensaria que a pessoa está falando de um SSD, certo? Bom, pode ser sobre um HD também: o Exos X14 é um disco rígido da Seagate que atinge justamente essa velocidade.

Exos X14

Para você ter ideia, os HDs de 7.200 RPM mais rápidos da marca alcançam taxas que não costumam passar de 235 MB/s. Qual a mágica da Seagate para praticamente dobrar essa velocidade? Uma tecnologia comercialmente batizada como Mach.2 (até então, a Seagate a chamava de Multi Actuator).

Já falamos do Mach.2 ou Multi Actuator aqui no Tecnoblog, mas eis um resumo: normalmente, os HDs têm apenas um atuador com braço que, por sua vez, movimenta cabeçotes de leitura e gravação sobre os discos; o que a tecnologia faz é acrescentar mais um atuador, assim, ambos podem trabalhar de modo independente e permitir que o HD lide com dois comandos de acesso a dados simultaneamente.

É improvável, porém, que tecnologia chegue aos usuários domésticos, pelo menos no curto prazo. O Exos X14 é um HD de 7.200 RPM voltado a aplicações corporativas que exigem bastante desempenho. A velocidade de 480 MB/s de transferência sequencial é a máxima, o que indica que, na prática, a taxa deve ser menor na maior parte do tempo.

Mesmo assim, a promessa é a de que o Exos X14 alcance mais desempenho que os HDs para servidores e afins existentes hoje. SSDs continuam sendo mais ágeis, é claro, mas o HD traz o benefício do menor custo por gigabyte: o Exos X14 é um modelo com 14 TB de capacidade (a linha Exos também tem versões com 12 TB e 10 TB, mas com velocidades convencionais).

Outra característica notável do Exos X14 é a tecnologia HAMR (Heat Assisted Magnetic Recording). Essencialmente, ela se baseia em feixes de laser para ampliar a densidade do disco, levando à expansão da capacidade de armazenamento sem que as dimensões físicas do componente tenham que ser aumentadas.

Ainda não há informações sobre preço e data oficial de lançamento, mas a Seagate afirma que o Exos X14 já está sendo testado por clientes que lidam com grandes volumes de dados, entre eles, a Baidu.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Kenshiro Strong

o melhor HD é o da samsung 5400 rpm 320gb, ele é um pouco lento mas faz 8 anos que tenho ele e nunca deu problema, mesmo instalando games piratas e outras porcarias

Euds

A grande vantagem dos HDs rígidos é a vantagem deles darem problema na placa lógica e ainda assim, terem a possibilidade de recuperação de dados. Visto nisso, o SSD por terem memórias e não discos magnéticos, uma vez queimados, 100% de chances da não recuperação de dados importantes para uma empresa.

Um hd destes com 480mb/s é a vantagem de velocidade total do disco e não apenas uma fração dele.

Hoje, por se tratar de uma possibilidade ainda inacessível para muitos, o SSD está apenas sendo usado de forma fracionado ao sistema operativo e não a um todo, visto que o usuário ainda se mantem refém do HD convencional para armazenagem dos seus dados.

Este é o meu ponto de vista. Mesmo assim, essa nova tecnologia nos distancia da possibilidade de compra, visto que os preços ainda são altos. Ou seja, não resolve nada a grande maioria entre ele e o SSD.

jacob

Foi o contrário. A Seagate comprou a divisão de HDs da Samsung.

LekyChan

em outras palavras, o HDD ta virando a nova fita magnética.

André Figueiredo

Velho! Pode ser. Mas a verdade é é que tenho HD da Samsung e da Seagate, funcionando até hoje

César

Não tinha sido comottad pela Samsung? Soube q vieram uns Samsungs transvestidos de Seagate dando muito problema para nós consumirores

Natthan Fruche Terzi

Mudar todas as fábricas e linhas de produção é difícil, e a tecnologia do SSD até que está bem desenvolvida, o problema é conseguirem produzir em quantidade suficiente, os chips de memória, vão tanto pra SSD, Placas de vídeo e Memória Ram. praticamente são os mesmos chips.

André Figueiredo

Seagate é o aço!

Suedl

concordo

Suedl

E eu aqui com meu hd de 250gb, o record dele é de 11 mb/s ksks

Danilio Costa Silva

O primeiro ponto é valido, o segundo não, pois vai depender de que tipo de desempenho a empresa necessita, se for acesso aleatório o SSD ganha de lavada, e o terceiro ponto é o fator mais importante.

Islan Oliveira

Bobagem pra você, não para as empresas que são o mercado desse tipo de produto.

Marsupial radical

You missed the point...

"(...) clientes que lidam com grandes volumes de dados (...)"
"(...) voltado a aplicações corporativas que exigem bastante desempenho (...)"
"(...) traz o benefício do menor custo por gigabyte (...)"

Gustavo Luizon

Parem de querer colocar turbina e ABS em carroça, invistam em SSDs maiores e mais baratos...poxa

jacob

Aqui foi o oposto. Sempre usei Seagate, mas atraído pela promessa de alto desempenho (que eu nem precisava, pois já usava SSD desde então), comprei um WD Black, que em menos de 2 anos deu problema. Aprendi minha lição e comprei um Seagate de 4TB que tá firme e forte.

Exibir mais comentários