Na semana retrasada, o Google anunciou a decisão de proibir publicidade relacionada a criptomoedas na rede do AdWords. Agora é o Twitter que segue por esse caminho: o serviço está atualizando as suas políticas comerciais para evitar que anúncios sobre criptomoedas, ICOs, carteiras e afins apareçam na rede social.

O motivo é um tanto óbvio: empresas trabalhando com moedas digitais surgem aos montes em todas as partes do mundo, mas boa parte adota estratégias excessivamente especulativas para atrair clientes ou simplesmente promovem esquemas fraudulentos.

Foto via Pixabay

Na verdade, a caçada a conteúdo que promove criptomoedas ou casas de câmbios duvidosas começou há algum tempo. No final de fevereiro, por exemplo, o Twitter excluiu contas que disseminavam um golpe com criptomoedas na rede social. Um dos perfis tinha até selo de verificação, detalhe que pode ter feito usuários acreditarem no esquema.

A nova política começa a valer nesta segunda-feira (26) e pode levar até um mês para incluir todos os anunciantes. Haverá exceções, mas apenas para algumas das mais conhecidas plataformas de negociação de criptomoedas.

Resta saber se o banimento será eficiente. O Facebook também está barrando anúncios do tipo, mas oportunistas têm conseguido burlar o bloqueio usando algumas gambiarras, como mudar um caractere ou outro em palavras-chave.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcella

Sim, aquelas "pessoa X twittou tal coisa". twitter, o que tenho a ver?

Valdinei Ferreira

E mostrar notificação que não tenho nada a ver (não se é possível desativar, até hoje não consegui)

Marcella

Tinham que parar é de ficar colocando curtida dos outros na timeline, isso sim...

Daniel Ribeiro

Po, olha ai!... Então no mês passado eles divulgaram o primeiro trimestre no Azul, e agora eles podem escolher os anunciantes... Okay então...

Robson Sobral
Daniel Ribeiro

Engraçado isso, que todo mundo sabe que o problema não são as criptomoedas em si, mas sim os picaretas que usam ela como base do esquema "duvidoso", e que há usos legítimos para isso... Mas as empresas optam por simplesmente proibir tudo.

Mas mais engraçado ainda é o Twitter - que vai mal das pernas desde sempre - se dando ao luxo de recusar anunciantes.

Trovalds

"Criptomoeda é esquema pirâmide..."

Simples: negocie diretamente com outra pessoa interessada e dispense o intermediário. Corretoras, por exemplo.